Zetra inicia plantio de árvores na Região de Mata Atlântica, em Minas Gerais

Uma das primeiras fintechs a funcionar no Brasil – foi inaugurada em 2000 – a Zetra informa que está plantando 200 árvores, em área onde fica a sede da empresa, e também em terras desmatadas  da Mata Atlântica. Na verdade, duas centenas de  árvores não significam quase nada em território tão extenso, porém já representam um bom começo. E se todas as empresas instaladas no país, somadas, tomassem providências como esta, o Brasil seria muito mais verde e teria garantias maiores à sobrevivência de biomas tão sofridos como a Mata Atlântica, o Cerrado e a Caatinga.

A iniciativa representa o início da execução de projetos sustentáveis da Zetra, que são desenvolvidos em parceria com organizações não governamentais como a Iniciativa Verde e a Brigada Carcará. A primeira é especializada na regeneração de florestas e possui o programa “Amigo da Floresta”, através do qual faz plantio de árvores nativas de Mata Atlântica, com foco em São Paulo e Sul de Minas Gerais. Já segunda atua na região de Nova Lima (onde fica a sede da Zetra) e Brumadinho, também em Minas, porém no combate a incêndios florestais e em projetos em defesa do meio ambiente.

Projeto de plantio de árvores da Zetra é feito em parceria com duas organizações não governamentais

Após o impacto ambiental provocado pelo rompimento da barragem em Brumadinho, a Zetra incentivou a criação de projeto ambiental, que contempla não só o plantio de árvores, como também educação ambiental em escolas públicas, para colaboradores e filhos. Também passou a prestar apoio  ao combate a incêndios nas florestas. A Zetra comemora o resultado da parceria com as duas ongs, pois acaba de ser oficialmente reconhecida como empresa ESG ( sigla em inglês para Environmental, Social and Corporate Governance). O conceito ESG aplica-se a empresas  que seguem os princípios da sustentabilidade ambiental, social e governança corporativa.

“A Zetra sempre teve a responsabilidade social no seu DNA, por meio de ações sociais, incentivo ao esporte, à cultura, educação financeira, doações aos mais necessitados, entre outras atividades. Nós queremos ir além e contribuir para o bem-estar socioambiental. Mapeamos iniciativas de plantio e preservação de árvores relevantes, tanto para o Brasil quanto para a região de Nova Lima (MG), onde a empresa está sediada”, explica Eloi Rezende, diretor de Governança, Risco e Compliance da Zetra.

Leia também
Corra para reflorestar: Edital prevê R$ 1,8 milhão para quem quiser plantar
Caatinga ganha 312 mil árvores nativas
Semana do Meio Ambiente: Petrolina ganha 7 mil mudas nativas
Semana do Meio Ambiente tem plantio de 3 mil mudas
Vamos deixar a caatinga em pé?
Ação recupera nascentes na Biodiversa Cordilheira do Espinhaço
Reflorestamento com recursos de compensação ambiental em Pernambuco
Mata Atlântica ganha 300 mil árvores na Paraíba
Ação Refloresta já plantou 6 mil mudas em PE
Degradado, Sertão do Araripe vai ganhar ação de reflorestamento
Uma árvore por cada par de sapato
Das 100 milhões de prometidas, MST planta 2 milhões de árvores no país
Juntos pelo Araguaia: Plantio de mudas
Uma árvore para cada livro
Movida planta um milhão de árvores
Mata Atlântica ganha viveiro para produção anual de 100.000 mudas
Mata Atlântica ganha 300 mil árvores na Paraíba
Mata Atlântica ganha 1 milhão de árvores nativas
Mata Atlântica ganha 30 mil árvores no Rio Pinheiros. E no Capibaribe?
Mata Atlântica vai ganhar 1 milhão de árvores. Promessa da Nestlé
Em uma semana, Mata Atlântica ganha 14 mil  árvores da Levi´s e da Farm
No Dia da Árvore, o Recife ganha quatro. Mas quantas a cidade já perdeu?
No Dia da Árvore, o Recife ganha seis. Mas… quantas a cidade já perdeu?
MST: Da ocupação de terras ao plantio de 100 milhões de árvores
Reflorestamento: Paudalho e Carpina ganham 2 mil mudas
Reflorestamento com recursos de compensação ambiental
Carpina ganha árvores de Mata Atlântica
Semana do Meio Ambiente: Petrolina ganha 7mil árvores nativas
Caatinga ganha 312 mil árvores nativas
Esforço pela preservação da caatinga
Degradado, Sertão do Capibaribe ganha ação de reflorestamento
Cabo ganha 7.450 árvores até 2022
Coca-Cola planta 600 mil árvores
Coca-Cola planta 100 mil árvores em São Paulo. Promessa era 600 mil até 2020
Cerrado ganha corredor ecológico
Esso decide plantar 20 mil árvores para proteger mico-leão-dourado
Ambientalistas preocupados: só restam 1.300 muriquis
Recife ficará mais verde até 2021
Parem de derrubar árvores (171)
Por um milhão de árvores na Amazônia 

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação / Zetra

Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.