Recife 487 anos: “Elefante branco” do Pina vira biblioteca digital. E Parque das Graças é ampliado

 Recife 487 anos: “Elefante branco” do Pina vira biblioteca digital. E Parque das Graças é ampliado

Compartilhe nas redes sociais…

Nessa terça-feira (12), data em que o Recife celebra os 487 anos, a Prefeitura promove uma série de ações para comemorar o aniversário da cidade. Entre elas, a inauguração da Biblioteca Digital Dr. Joaquim Suassuna, que reutiliza a passarela “rolante” do Pina, que nos últimos anos virou um verdadeiro elefante branco, pois não rolava mais. Sinceramente, achei interessante se reaproveitar um equipamento que se degradava a cada dia e que não cumpria mais a sua verdadeira finalidade. Que estava sem justificativa para existir, apesar de ter custado uma fortuna.

E que, agora, servirá a fins educativos e culturais, pois a leitura – seja em livro de papel ou digital – é um dos caminhos para se atingir a cidadania. A entrega será às 11h dessa terça-feira (12/3), na antiga “passarela do Pina”, na Av. Herculano Bandeira. Confesso que estou curiosa e, infelizmente, não poderei ir para ver de perto a novidade. A unidade fará parte da Rede Compaz e oferecerá atividades com foco em cultura digital e formação de leitores. Como se sabe, o Compaz é tido como um “laboratório de cidadania”, por dar assistência a crianças e jovens, e prevenir a violência em comunidades em situação de vulnerabilidade social.

E o bolo? Este não pode faltar em nenhuma festa de aniversário de pessoas (e até de totós). E e muito menos no de uma cidade. Às 12h30m, haverá o corte do bolo no Restaurante Popular do Recife Naíde Teodósio, que fica em Santo Amaro. Por fim, às 16h, será realizada a entrega da quarta e última etapa do Parque das Graças, uma das iniciativas que reforça o Projeto Parque Capibaribe, que pretende mudar a paisagem do Recife e os hábitos da população, e que deve transformar o Recife em cidade jardim, quando ela completa 500 anos como capital .

O que destoa, no Parque das Graças é ver o Rio Capibaribe tão sujo, às vezes fedendo, por conta do excesso de esgoto doméstico e outros poluentes que recebe.  Permaneço sonhando com o Rio Capibaribe dos tempos dos meus avós, que veraneavam às suas margens, no bairro da Várzea. Sim, o sonho de ver o rio despoluído, com muitos peixes, e o Recife cem por cento saneado, como o foi nos anos 30 do século passado.  Jamais vou deixar de alimentá-lo.  Hoje, temos uma situação imcompatível com as necessidades do século 21.  Portanto, cadê o saneamento, governantes?

Poluição do Capibaribe à parte, o Parque das Graças virou um case de sucesso. Aos finais de semana, as partes que foram concluídas ficam lotadas de adultos e crianças. Mesmo assim, acho que ele precisa de mais verde, com plantas nem que estejam em jarros grandes (existem alguns com bougavile, mas poucos). E fazem a diferença.  O novo trecho tem 260m de extensão, entre as imediações da Rua das Pernambucanas e a Rua Joaquim Nabuco. O prefeito João Campos (PSB) comandará a festa.

Abaixo, outras informações relativas ao aniversário da cidade.

Leia também
Recife 487 anos: Festejos atraem multidões e visitação ao maior navio de guerra da América Latina
Começam as comemorações dos 487 anos do Recife
Recife, 486 anos: programação inclui “Boi Voador”, Viva Guararapes e Bloco das Flores
Recife, 483 anos: bolo gigante, boi voador, mangbeat e carnaval
Recife 482 anos. Vamos de Boi Voador?
Boi Voador, do Recife, pode ganhar segundo prêmio nacional
“Boi Voador vira bloco e faz prévia
Sessão Recife Nostalgia: Boi Voador e Marisstad 
Turista, placa apagada e Boi Voador
Recife tem cortejo de bois e Boi Voador
Olha! Recife: Rio, ponte e Boi Voador
Silenciosa relíquia do tempo de Nassau
O Recife através dos tempos
Aos 483 anos o Recife é lindo?
O Recife por elas
Hans Von Manteuffel dedica um fotopoema ao Recife
O Recife virado que te quero ver
Nota dez para Recife que te quero ver
Livro Eu, Capibaribe
Aos 483 anos, o Recife é lindo?
 Recife, 482 anos. Vamos de boi voador?
Livro mostra o Recife “que se esconde”
Arruando pelo Recife tem nova edição
Faculdade de Direito: O Recife através dos cartões postais
Conheça o Recife através dos tempos
O Recife através dos tempos está de volta
Gisele Carvallo e o Recife de Van Gogh

Dê o Recife de presente ao seu papai
O diário do lockdown da pandemia pelo olhar dos confinados
O Recife pelas lentes de Fred Jordão
Sessão Recife Nostalgia: “Como era lindo o bairro da Boa Vista”
Sessão Recife Nostalgia: Praça Maciel Pinheiro de Henry Ford e de Tia Teté
O Sertão que virou mar no Cais
São José e Santo Antônio ganham livro: viagem por quatro séculos de história
Arte Déco: Miami ou Recife

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Andrea Rego Barros / PCR / Acervo #OxeRecife

 

Serviço
Programação dos eventos de 12 de março, dia do aniversário de 587 anos do Recife.
11h – Entrega da Biblioteca Digital Dr. Joaquim Suassuna, na antiga Passarela do Pina
Endereço: Avenida Herculano Bandeira, Pina
12h30 – Corte do bolo em comemoração ao aniversário do Recife
Endereço: Restaurante Popular do Recife Naíde Teodósio. Rua Afonso da Costa, 212, Santo Amaro
16h – Entrega da última etapa do Parque das Graças
Endereço: Rua das Pernambucanas, 543, Graças.

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.