R$ 15 mil para pesquisa científica

Nesses tempos de pandemia, nada como incentivar a pesquisa em saúde.  O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) acaba de abrir inscrições para a décima edição do Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar. Para comemorar o número redondo, o IESS ampliou a recompensa para os trabalhos classificados em primeiro e segundo lugares, assim como passará a premiar os orientadores dos estudos. Os valores saltaram de R$ 10 mil para R$ 15 mil para os primeiros colocados. E de R$ 5 mil para R$ 10 mil para os segundos colocados.  Os orientadores destes trabalhos receberão R$ 3 mil.

Já no décimo ano, a premiação conta com mais de 50 trabalhos laureados e algumas centenas de estudos avaliados, consolidando-se como uma das principais premiações de trabalhos acadêmicos com foco em saúde suplementar no Brasil. O IESS considera 2020 particularmente “frutífero” para a pesquisa cientifica. “O desafio atual, imposto pela pandemia do Coronavírus, reforça a necessidade de trabalhos de excelência acadêmica e capacidade potencial para aprimorar a gestão do setor, efetivamente influenciando a elaboração de protocolos de atendimento e a mudança de práticas administrativas”, destaca José Cechin, Superintendente Executivo do IESS.

O Prêmio IESS permite a inscrição de trabalhos de conclusão de curso de pós-graduação (especialização, MBA, mestrado ou doutorado) nas áreas de Economia, Direito e Promoção de Saúde, Qualidade de Vida e Gestão em Saúde. Além dos trabalhos de pós-graduação, podem ser inscritos artigos científicos (de nível universitário). A exposição de pôsteres conta com ISSN (International Standard Serial Number). Número que pode ser incluído ao currículo Lattes de pesquisadores para comprovação de apresentação de estudos em espaços acreditados. As inscrições para o X Prêmio IESS e para exibição de pôster são gratuitas e vão até 15 de setembro. Cada candidato pode inscrever apenas um trabalho ao prêmio, mas múltiplos pôsteres. Veja o regulamento completo em http://www.iess.org.br/premio.

Leia também:
Coronavírus: Cuidado com o pão nosso

Coronavírus: ronda policial fiscaliza parques
Noronha entra em quarentena
Coronavírus: praias e parques fechados no final de semana
Coronavírus e a rede de solidariedade
Corona: Vem álcool 70 por cento por aí
Prorrogado pagamento de ISS no Recife
Pandemia: Prefeitura revê contratos
Pandemia: Lar do Nenen precisa de ajuda
Pandemia: Plaza Shopping muda marca
Fecham a partir de sábado: shopping centers, 
Pandemia: Conselho Regional de Química produz álcool
Aglomerações só com dez pessoas? Decreto não vale para a CEF 
Pandemia: máscaras ecológicas
Coronavírus e o espírito solidário
Grupo Moura: das baterias à fabricação de máscaras contra o coronavírus
Coronavírus já matou três em PE
Bia: Remédio contra o confinamento
Cientistas contestam Bolsonaro
Voltar à normalidade, como? “Gripezinha”, resfriadinho ou genocídio?
Pandemia mexe até com os bichinhos
Magiluth busca estratégia de sobrevivência
Após reclamações, cestas básicas para 90 mil alunos
Pandemia: pensar no coletivo é preciso
Novos leitos, 35 casos e repartições com atendimento remoto
PE, coronavírus: 33 casos e três curados
Sem festa, mas com cachê garantido
Pernambuco tem a primeira cura do coronavírus
Comércio, serviço e construção vão parar
Governo de Pernambuco inicia embarque de turistas de navio retido
Fecham a partir de sábado: shopping centers, bares, salões de beleza, etc
Cultura roída pelo coronavírus
Câmara quer suspender cortes de água e luz
Questionada a merenda do coronavírus
Coronavírus traz fantasma da fome
Pandemia: Igreja em quarentena
Aulas suspensas a partir de 18/3
Coronavírus: sete casos em Pernambuco e povo sem direito a futebol em campo
Recife quase parando devido ao corona
Brasil, Recife, pandemia e eventos
Corona vírus, fantasia e polícia
Colabore com o Fazendo Acontecer
Nóis sofre mais… nóis goza
Nóis sofre mais nóis goza é só folia
Ciclofaixa de lazer está suspensa

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto(ilustrativa): Cedida pela Ufpe

Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.