Poço da Panela ganha a briga, Atacado dos Presentes sai de cena e terreno vira Jardim do Poço

 Poço da Panela ganha a briga, Atacado dos Presentes sai de cena e terreno vira Jardim do Poço

Compartilhe nas redes sociais…

Sabe aquele slogan manjado, que todo mundo gritava durante a ditadura, “o povo unido jamais será vencido”? E aquele ditado clássico, muito utilizado para simbolizar o resultado de ações coletivas, “a união faz a força”? Pois continuam valendo, e muito. Foi a união dos moradores do Poço da Panela que possibilitou mais uma vitória contra  pretensões da gestão pública e da iniciativa privada. É que o lojão do Atacado dos Presentes, cujo licenciamento para construção estava praticamente  consumado na gestão anterior, não vai mais ser implantado. O Prefeito João Campos (PSB) acaba de divulgar em suas redes sociais que o local será destinado ao Jardim do Poço, um novo complexo de lazer, esporte e saúde que ocupará os 12 mil metros quadrados onde funcionava antigamente a Casa de Saúde São José, uma belíssima edificação que foi destruída no passado para implantação de um supermercado do Grupo Carrefour.

Porém, a pretensão não deu certo, por conta de ações judiciais contra o empreendimento. Depois, foi anunciada a construção do Atacado dos Presentes no mesmo local, o que rendeu outra mobilização dos moradores. Foi uma espera de treze anos, tempo gasto na briga pela transformação do terreno em área verde, para uso coletivo.  O terreno fica de frente para a Avenida Dezessete de Agosto, porém a circulação de veículos pesados para transporte e descarregamento de mercadorias seria pela Rua Luiz Guimarães(foto acima) e Avenida Dr Seixas (que só tem de avenida o nome, foto abaixo). Ambas são bem estreitas e de circulação já normalmente complicada. O Jardim do Poço será voltado principalmente para a população idosa, com informação de que 69 por cento da área verde do local será preservada. Arquitetos do bairro, no entanto, já andaram observando o projeto para o local e afirmam que ele tem concreto demais e que poderia ser mais verde. Conforme afirmava  o Atacado dos Presentes em sua propaganda a favor do próprio empreendimento, as “80 árvores do local” seriam preservadas.

Avenida Dr Seixas (que só tem de Avenida o nome) e o muro do terreno onde será construído o Jardim do Poço

Caso a Prefeitura confirme que vai preservar aquele percentual  de árvores do terreno, permanecerão 55 e 25 serão degoladas, como é comum acontecer em todas as obras públicas municipais. E estão aí o Parque das Graças, a creche em construção em Casa Amarela, e uma upinha também no Poço, que não nos deixam mentir. Em alguns cards divulgados nas redes sociais, no entanto, fala-se na preservação de “cem árvores” e não de 80, que o Atacado dos Presentes dizia existir no local, embora tenha passado a motosserra em muitas que estavam de pé no local. Vamos torcer para que as árvores sejam preservadas. A degola realizada anteriormente chegou a ser noticiada aqui no #OxeRecife.

Terreno na Dezessete de Agosto não terá mais lojão do Atacado dos Presentes. Será o Jardim do Poço.

De acordo com as redes sociais da PCR,  o Jardim do Poço terá quadras esportivas,estrutura para atividades de saúde física e mental, pista de cooper, mobiliário infantil para a primeira infância, parcão, espaço para idosos e uma Academia da Cidade. O Jardim do Poço, conforme ainda a PCR se conectará com o Jardim Secreto “e dialoga com o Parque Capibaribe, nosso grande projeto às margens do nosso rio, que vai transformar o Recife em uma cidade parque até 2037”. Bom lembrar que o Jardim Secreto surgiu não por iniciativa da gestão pública, mas dos próprios moradores do Poço, que ocuparam um terreno baldio de 3 mil metros quadrados à margem do Capibaribe o transformaram em um jardim, hora e pomar. A área era antes ocupada por lixo, metralhas, animais mortos. Após a ocupação, o poder público chegou para ajudar.

Leia também
Fundaj X Atacado dos Presentes: Guerra longe do fim
Processo de tombamento atrapalha planos de Atacado dos Presentes
Tombamento da Fundaj esquenta briga 
Atacado dos Presentes: Indeferimento ambiental
Poço da Panela e Atacado dos Presentes: Polêmica só faz crescer
Abaixo assinado contra Atacado dos Presentes mobiliza Poço da Panela
Poço da Panela quer barrar Atacado dos Presentes. Até Fundaj é contra
A polêmica do Atacado dos Presentes
Poço da Panela e a briga de gigantes
Poço da Panela quer barrar Atacado dos Presentes
Poço da Panela: Plantio de árvores contra Atacado dos Presentes
O Poço da Panela resiste e faz protesto contra loja de materiais construção
Lojão e colégio: Confusão na Zona Norte
Moradores rejeitam lojão no Poço da Panela
Parem de derrubar árvores (198)
Parem de derrubar árvores  (241). Verde ameaçado no Poço da Panela
Jardim Secreto se amplia: exemplo de cidadania e trabalho coletivo

Semana do Meio Ambiente: Jardim Secreto, cidadania e respeito à natureza
Botaram fogo no Jardim Secreto, mas bombeiros apagaram as chamas
Jardim Secreto completa três anos: esforço coletivo, mudança e resultado
Jardim Secreto faz vaquinha para ajudar Caiara
Jardim Secreto: união, força e resultado
História do Jardim Secreto para crianças 
Sementes que brotam na Zona Norte
Mutirão dá início ao Jardim Secreto
Jardim Secreto faz um ano com festa
Primeiro transplante urbano do Recife é no Jardim Secreto
Mutirão dá início ao Jardim Secreto
Gentilezas urbanas do outro lado do rio
A felicidade coletiva do Jardim Secreto
Jardim Secreto faz festa no Poço
Luminárias de PET com Energia eólica
Jardim Secreto faz festa no Poço
Sessão Recife Nostalgia: os banhos noturnos de rio no Poço da Panela
Sessão Recife Nostalgia: Sítio Donino, e seu antigo casarão ameaçado
Sessão Recife Nostalgia: pastoril, Villa Lobos e piano no Sítio Donino

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos

 

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.