Pilhagem de peças de bronze toma conta do Parque Treze de Maio, maior área verde do centro do Recife

Depois de perder suas luminárias em ferro fundido – foram substituídas por material mais moderno e também mais ordinário, pela própria Prefeitura – o Parque Treze de Maio volta a ser pilhado, segundo relatam seus frequentadores. Como ocorre em vários pontos da cidade, onde bustos, estátuas e placas de bronze, ferro ou cobre vêm sendo roubadas,  aconteceu o mesmo naquele que é a maior área verde do centro do Recife. Dessa vez, levaram até a escultura de um livro esculpido em bronze (foto abaixo).

Habituado a caminhar diariamente no Treze de Maio, o fotógrafo Genival Paparazzi deu por falta do um livro  que ficava na parte superior de um dos suportes espalhados pelo Parque. A princípio, ele julgou tratar-se de uma Bíblia. Porém, a inscrição na placa que foi deixada pelos marginais dá outra indicação. “Sabino de Lima Pinho – 1842-1902 – Unitas Remedii”.  Não achei informações sobre essa figura na Internet, mas de acordo com o turismólogo Bráulio Moura, o alvo da pilhagem é o monumento à homeopatia, que existia no local. “Sabino Pinho inclusive é o nome daquela farmácia da Rua das Águas Verdes, que tem quase 200 anos”, lembra o meu amigo, a quem sempre consulto nesses momentos de dúvidas sobre a cidade do Recife. Responsável pela administração do Treze de Maio, a Autarquia de Manutenção e Limpeza do Recife (Emlurb) informou que o livro roubado era de bronze, e que foi feito boletim de ocorrência no último dia 2 de junho. Conforme Paparazzi, também desapareceu um busto. “Dos dois bustos de homens carecas, um desapareceu”, assinala. Junto à Emlurb, o #OxeRecife conseguiu identificar que o busto furtado foi o do jornalista, folclorista e Pereira da Costa (1851-1923). A estátua era em bronze, material muito visado por marginais, devido ao alto preço no mercado . Inventário Recife Arte Pública, realizado em 2017, traz a relação de monumentos presentes no Treze de Maio.

 

De acordo com o levantamento, o Parque possui os seguintes monumentos com e as épocas que foram implantados: cinco esculturas das quimeras (1939), logo na entrada;  Bustos do Governador Dantas  Barreto (1916), do poeta Farias Neves Sobrinho (1951) e de Pereira da Costa (sem data); monumentos à Homeopatia (livro de bronze, 1973) e à Bíblia (1979); monumento aos pracinhas (1971). Há, ainda, os violeiros de Abelardo da Hora (1958) e os escorregos com design criado pelo mesmo artista. E, ainda em 2017, o Parque ganhou uma estátua do Circuito da Poesia (Alberto Cunha Melo).

Abaixo, você confere outras informações sobre vandalismo e áreas públicas do Recife.

Leia também
Vândalos voltam a agir e desfalcam três três estátuas no centro
Estátua de Ariano Suassuna no chão.Vandalismo dá prejuízo anual de R$ 2 milhões
Estátua de Reginaldo Rossi, Rei do Brega, vira tamborete para boêmios na Boa Vista
Xô,  almas sebosas. Vandalismo na estátua de Manuel Bandeira 
Placas de bronze do Arquivo Público de Pernambuco são roubados
Mais uma estátua roubada do centro do Recife: o Mascate sumiu da Avenida Dantas Barreto
Centro volta a ser pilhado no Recife
Mais uma ponte pilhada no Recife. Agora é a Maurício de Nassau
Placa em homenagem a vítima da ditadura volta à Ponte da Torre: “herói”
Atenção, Grupo Tortura Nunca Mais: Sumiu a homenagem a Cândido Pinto
Ponte Velha: caso do sumiço das luminárias já está na Ouvidoria
Pilhagem mal explicada na Ponte Velha
Cadê os lampiões da Ponte Velha?
Ponte Velha: População  reclama do “vandalismo oficial”
Três pontes em obras. E a da da Boa Vista?
Ponte da Boa Vista pede socorro
Ponte da Boa Vista ganha abraço
Ponte da Boa Vista ganha reparos
Ponte do Limoeiro sofre mudança de gosto duvidoso
Ponte da Boa Vista tem trechos no breu
Ponte da Boa Vista ganha reparos
Ponte do Limoeiro sofre mudança de gosto duvidoso
Decadência no Cais do Imperador
Pronto projeto de recuperação do Parque das Esculturas  no Marco Zero
Pátio de São Pedro está sendo pilhado
Que horror, Pátio de São Pedro
Decadência no Cais do Imperador
Pronto projeto para recuperação do Parque de Esculturas no Marco Zero
Torre de Cristal sai do breu, mas peças ainda estão sem reposição
Que breu é esse na Torre de Cristal?
Torre de Cristal não pode apagar: Trevas onde devia haver luzes
Depois de pilhado à exaustão, Parque das Esculturas terá segurança 24 horas
O drama do Parque de Esculturas: Proteger o patrimônio não é caro
Instituto Oficina Francisco Brennand: O Recife não merece tamanho desrespeito
Parque das Esculturas pilhado. Cadê a serpente que estava aqui?
Parque das Esculturas e indignação: “Esse post é um pedido de socorro”
Marginais roubam tudo, de escultura de uma tonelada a trator. Punição…

Centro volta a ser pilhado no Recife: roubos da estátua de Frei Caneca e na Praça da Restauração
Fundarpe ainda não tem ideia do que vai fazer com o prédio histórico do Diário de Pernambuco
Torre da Faculdade de Direito tomba e aulas são suspensas
Torre da Faculdade de Direito vai ser removida para não cair
Depois de quase desabar, Torre da Faculdade de Direito volta ao seu lugar
Monumento Nacional, Faculdade de Direito cercada de lixo e matagal
Kleber Mendonça: “Cinema São Luiz completou 70 anos de portas fechadas”
Mais uma estátua roubada do centro do Recife: o Mascate sumiu da Avenida Dantas Barreto
Outra obra de Francisco Brennand sofre degradação no Centro. Veja qual é
Pilhado à exaustção, o Parque das Esculturas será restaurado
Recentro é criado para cuidar do degradado centro do Recife. Agora vai?
Novas luminárias viraram alvo de marginais. Estão sumindo do centro
Ponte do Limoeiro sofre mudança de gosto duvidoso
Comunidade que a volta do Caranguejo da Aurora
Cais José Estelita e as luminárias que restam. Será que esta paisagem vai mudar?
Ilumina Recife  sacrifica luminárias tradicionais e descaracterizam cidade
Ponte Duarte Coelho sofre atentado estético durante o dia
Vamos salvar o centro do Recife?

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos:
Genival Pparazzi (com vídeo) / G.F.V Paparazzi / ZAP (81)995218132)/ gfvpaparazzi@gmail.com

Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.