Parem de derrubar árvores (em Olinda) 4

“Olha o que vi, em Casa Caiada, Olinda,  próximo ao Conjunto Vaticano”. O autor, Ciro Rocha, é colega de profissão, jornalista. Ele sabe do amor que tenho às árvores e acompanha, aqui no #OxeRecife, as denúncias que fazemos das ações da motosserra insana em nossa capital, que está se transformando em cenário de arboricídio.

Em Olinda, onde não tenho circulado muito, as perdas são constantes. “As fotos foram feitas na Rua Marly Figueiredo”, conta Ciro. E reclama da degola: “Foram três na sequência”. Realmente as fotos mostram três toquinhos que, no entanto, não parecem ter sido cortados com motosserra, mas com instrumento menor e particular. “Será que estariam todas com problemas, que precisariam ser cortadas?”, indaga.

Degola em Casa Caiada, Olinda: “três em sequência”, na Rua Marly Figueiredo. De quem é a responsabilidade?

Ele está certo de reclamar. Como no Recife,  árvores em áreas públicas são de responsabilidade da prefeitura, cabendo a esta a manutenção, poda e fiscalização.  Se o corte foi feito por particular, o responsável precisa ser punido. Pela grossura do tronco, as vítimas não parecem ser árvores de grande porte.

Mas, dependendo da idade e da espécie, podem crescer, criar uma copa grande e terminar dando conforto térmico para moradores e pedestres.  Vamos torcer para que as vítimas do corte voltem a brotar. Pois Olinda vem sofrendo muitas perdas no patrimônio verde, a exemplo do que ocorre no Recife. Até mesmo o belíssimo fícus que ficava em frente ao prédio da Prefeitura, antigo Palácio dos Governadores, “dançou”.

Leia também
Parem de derrubar árvores. Motosserra destrói os véus de noiva em Olinda

Parem de derrubar  árvores em Olinda tem final feliz: o véu de noiva
Parem de derrubar árvores em Olinda (3). Cinco palmeiras substituem o fícus
Parem de matar árvores (em Olinda)
Parem de derrubar árvores (em Olinda) 1
Parem de derrubar árvores, em Olinda 2
Desabrochar musical da flor do baobá
Parem de derrubar árvores (45)
Lembram do fícus da Rua da Aurora?
Parem de derrubar árvores (56)
O Recife da paisagem mutilada
Parem de derrubar  árvores (313), na Estrada do Encanamento
Parem de derrubar árvores. Arboricídio em massa no Parque das Graças
Bom exemplo de amor ao verde
Exemplos de amor ao verde no Recife

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Ciro Rocha / Cortesia

 

Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.