Parem de derrubar árvores (438). Requalificação de calçada mata jambeiro

Já aconteceu durante a requalificação de calçadas da Estrada do Encanamento, que exigiu um arboricídio coletivo, quando várias árvores foram sacrificadas na mudança de revestimento dos passeios públicos, naquela movimentada via da Zona Norte. É comum, infelizmente, que obras públicas não poupem o nosso patrimônio verde da ação da motosserra insana.

Neste final de semana, recebi o desabafo do engenheiro Denaldo Coelho, companheiro de caminhadas e coordenador dos Grupos Preservar Pernambuco e Bora Preservar (braço recreativo da instituição).  Ele reside no Edifício Príncipe de Gales (Avenida Dezessete de Agosto, 175), e ficou arrasado ao chegar em casa, na última sexta-feira e se defrontar com mais massacre contra uma árvore sadia. Pelo Zap, desabafou:

“Agora à noite, por volta de 21 horas, obras da Prefeitura para requalificação de calçadas. Ao removerem a calçada antiga do nosso prédio, derrubaram o jambeiro que existia antes mesmo do prédio ser construído. O edifício é de 1991. Pense numa tristeza. Dessa vez foi um arboricídio, como você diz. E por negligência.

Será que foi por negligência? Ou passaram a máquina para derrubar mesmo a árvore e deixar a calçada sem nenhuma?  O morador do edifício,que fica em Casa Forte, está arrasado. Ele havia saído para curtir a sexta-feira e a chegar em casa defrontou-se com a triste cena, cujas imagens tinham sido captadas pelo vizinho Garibaldi Perrusi, também indignado com o que via. Denaldo lembra:

“Quando chegamos no prédio nos anos 1990, o jambeiro já estava lá. Bonito, vigoroso, dando frutos.  Era uma referência afetiva e ambiental, não só para o nosso condomínio, como também para todos que passavam por aqui. Um absurdo!….

Cinquentenário, jambeiro foi derrubado por uma máquina da Prefeitura, em obra de requalificação de calçada (GP)

Sim. É um absurdo, nesse tempo de aquecimento global e de mudanças climáticas.  O #OxeRecife tem mostrado aqui nesse espaço, árvores degoladas, erradicadas e sacrificadas sem sentido. Segundo Denaldo, o jambeiro estava sadio. Não tinha pragas, cupins, nem ameaçava cair. Hoje, passei no local para conferir o que restou. Nada. Só um tronco degolado.

Revoltado, Denaldo gravou esse vídeo da destruição do jambeiro que, segundo a vizinhança, é cinquentenário. Mesmo que se plante uma muda no alegrete vazio, pensem em um prolongado período para que a nova árvore desempenhe o papel da que foi eliminada. Sei não, onde é que nossos gestores estão com a cabeça não, quando o assunto é o nosso verde urbano. Meu Deus, rogai por nós….

Nos links abaixo, você confere outros arboricídios em obras públicas ou coletivos.

Leia também
Parem de derrubar árvores (387). Arboricídio em série em obra da Prefeitura na Zona Norte
Parem de derrubar árvores (437). Perdas no canteiro de obras do Monteiro
Parem de derrubar árvores (426). Em obras, Praça do Monteiro perde três de uma só vez
Parem de derrubar árvores (429). Obras públicas eliminam árvores na Zona Norte
Parem de derrubar árvores (431). Construção da Ponte Jaime Gusmão sacrifica mais uma
Parem de derrubar árvores (436). Menos uma no Jardim do Poço, em implantação
Parem de derrubar árvores (417): Degola de 32 na implantação do Parque Jardim do Poço
Parem de derrubar árvores(418). Aena transforma imbiribeira em cemitério de árvores
Parem de derrubar árvores (313). Na Estrada do Encanamento
Parem de derrubar árvores (324).Degola atinge 80 no Poço da Panela
Parem de derrubar árvores (389). Degola no Centro de Saúde Ermírio de Moraes
Parem de derrubar árvores: Arboricídio em massa no Parque das Graças
Parem de derrubar árvores (260). Treze degolas no Museu do Estado

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Letícia Lins (#OxeRecife) e Garibaldi Perrusi (foto e vídeo)

Continue lendo

One comment

  1. Parabéns e obrigado Letícia pelo seu trabalho incansável em prol do nosso verde e da nossa humanização! Você merece todas as nossas reverências pela sua luta, que vem dando resultado! Porque sem você já teríamos perdido muito mais verde! Eu agradeço e natureza agradece o seu trabalho! 👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.