Parem de derrubar árvores (390). Moradores do Poço da Panela temem novos arboricídios

 Parem de derrubar árvores (390). Moradores do Poço da Panela temem novos arboricídios

Compartilhe nas redes sociais…

Moradores do Poço da Panela temem pelo destino de árvores centenárias que ficam na Rua Joaquim Xavier de Andrade, que foi incluída no programa “Rua Tinindo”, e que é alvo de obras de pavimentação por parte da Prefeitura.  A via possui cerca de vinte árvores, das quais onze são de grande porte, sendo que algumas destas ficam realmente no meio da rua e não sobre as calçadas.

Elas estão bem pertinho do Sítio dos Donino, onde um casarão histórico e secular encontra-se em ruínas. No passado, a rua parecia realmente um sítio e, por esse motivo, há árvores em locais inconcebíveis para os padrões urbanos do século 21. Porém elas não atrapalham o trânsito, até porque este é de pequeno movimento naquela área. De acordo com os moradores, funcionários da Emlurb que estiveram no local supervisionando os serviços informaram que as árvores serão preservadas. Mas será que a promessa é para valer? Seculares, as plantas garantem conforto térmico para moradores e pedestres, sombreando boa parte da via,conforme pode ser observado na foto abaixo. Até motoristas aproveitam as sombras para estacionar.

Moradores do Poço da Panela temem que essas árvores sejam vítimas de arboricídio, com obras do “Rua Tinindo”.

A população tem que permanecer mobilizada, pois a Prefeitura do Recife infelizmente tem mania de “erradicar” quando pretende fazer alguma obra. O caso mais recente foi o da creche que vem sendo implantada na Estrada do Arraial, em Casa Amarela, onde praticamente todo o verde do terreno onde o prédio está sendo construído terminou sendo eliminado,conforme o #OxeRecife já denunciou nesse espaço. Custava nada harmonizar concreto e verde? Perpendicular à  Joaquim Xavier de Andrade fica a Engenheiro Jair Furtado Meireles, onde três árvores já foram eliminadas, segundo denúncia de moradores do Poço.

É arboricídio demais, para uma cidade como o Recife, que vive em estado já declarado de emergência climática. A Furtado Meireles é aquela localizada à margem do Rio Capibaribe, onde foi construída uma Upinha. Realmente é uma via  carroçável, ainda no barro, cheia de buracos e de difícil mobilidade, principalmente durante o inverno. Ela também foi incluída no “Rua Tinindo”, que consta de pavimentação e implantação de meio fio, porém três árvores já foram arrancadas para as obras, a exemplo do já que ocorreu durante a requalificação de calçadas, na Estrada do Encanamento, no bairro do Parnamirim. Será que precisava desse descalabro ambiental?

Ruas assim tão sombreadas, cada dia mais raras no Recife, precisam ser preservadas. Moradores temem arboricídios.

Após denúncias, o #OxeRecife esteve no local, mas só encontrou vestígios das “defuntas”, que já haviam sido destocadas. Não conseguimos nem identificar os locais de onde duas das três foram retiradas. Porém moradores do Poço asseguram que foram  três mesmo as vítimas de arboricídio. “Duas na calçada e uma na rua”, informou uma moradora do Condomínio Pasárgada, que fica na Rua Luiz Guimarães, bem pertinho do local de onde as árvores foram arrancadas. Agora pergunto:  Por que em toda obra oficial, a Prefeitura não dá prioridade à manutenção das árvores adultas, que tanto contribuem para melhorar o conforto térmico ao invés de sacrificá-las? Que coisa feia….

Upinha à margem do Capibaribe destruiu mata ciliar, e na mesma rua três árvores foram agora vítimas de arboricídio.

Abaixo, você confere outras perdas, informações sobre o Poço da Panela e links sobre arborização e perdas de patrimônio verde no Recife. E no vídeo, você vê as vítimas de arboricídio sendo trituradas para virar adubo.

Leia também
Poço da Panela ganha briga , Atacado dos Presentes sai de cena e terreno vira Jardim do Poço
Parem de derrubar árvores (372)
Parem de derrubar árvores (370)
Parem de derrubar árvores (367). Nova degola no Poço da Panela
Dinheiro público vira areia: Upinha é destruída para fazer outra
Parem de derrubar árvores (362)
Parem de derrubar árvores (324) Degola atinge 80 no Poço da Panela
Parem de derrubar  árvores (320)
Parem de derrubar árvores (314)
Parem de derrubar árvores (290). Forca a guilhotina no Poço da Panela
Parem de derrubar árvores em 2021
Parem de derrubar árvores (268)
Parem de derrubar árvores (266)
Parem de derrubar árvores 258  (motosserra já degolou  46 no Poço)
Parem de derrubar árvores (200) Degola no Poço da Panela
Parem de derrubar árvores (198)
Parem de derrubar árvores  (23)
Parem de derrubar árvores (40)
Parem de derrubar árvores (51)
Parem de derrubar árvores (52)
Parem de derrubar árvores (53)
Parem de derrubar  árvores (54)
Parem de derrubar árvores (57)
Parem de derrubar árvores (58)
Parem de derrubar árvores (89)
Parem de derrubar árvores (91)
Parem de derrubar árvores (110)
Parem de derrubar árvores (116)
Parem de derrubar  árvores (140)
Parem de derrubar árvores (141)
Parem de derrubar árvores (155)
Parem de derrubar árvores (163)
Parem de derrubar árvores (183)
Parem de derrubar árvores (202)
Parem de derrubar  árvores (229)
O Recife tem quantas árvores?
Recife mais verde é balela
Parem de derrubar árvores (198)
Parem de derrubar árvores  (241). Verde ameaçado no Poço da Panela
Jardim Secreto se amplia: Exemplo de cidadania e trabalho coletivo
Semana do Meio Ambiente: Jardim Secreto, cidadania e respeito à natureza
Jardim Secreto completa três anos
Burle Marx Open Mall: “Homenagem absurda e descabida ao paisagista”
Sessão Recife Nostalgia: os banhos de rio noturnos no Poço da Panela
Sessão Recife Nostalgia: Sítio Donino e seu antigo e ameaçado casarão
Sessão Recife Nostalgia: pastoril, Villa Lobos e piano na casa do Sitio Donino
Parem de derrubar árvores (389). Degola no Centro de Saúde Ermírio de Moraes, em Casa Forte
Parem de derrubar árvores (387) Arboricídios em série acabam com esse verde na Zona Norte
Parem de derrubar árvores. Arboricídio em massa no Parque das Graças
Parem de derrubar árvores (313). Na Estrada do Encanamento
Parem de derrubar árvores. Acreditem, o Recife recebe título de “Cidade Árvore do Mundo”
Recife: 4.000 novas árvores em 2018?
No Dia da Árvore, o Recife ganha quatro. Mas quantas a cidade já perdeu?
No dia da árvore, o Recife ganha seis. Mas quantas já perdeu?
Parem de derrubar árvores (351)
#RecifeEmergênciaClimática: Depois do arboricídio, os jardins de plástico
O Recife tem quantas árvores?
O Recife é uma cidade verde?
Emergência climática: Recife mais verde é balela
Parem de derrubar árvores. Nova lei de arborização no Recife
Nova tecnologia para evitar perdas de mudas plantadas no Recife

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Letícia Lins

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.