Parem de derrubar árvores (359 e 391).Golpes de misericórdia no Poço da Panela e Apipucos

 Parem de derrubar árvores (359 e 391).Golpes de misericórdia no Poço da Panela e Apipucos

Compartilhe nas redes sociais…

Em junho do ano passado, o #OxeRecife fez o registro de uma guilhotina provavelmente realizada por particulares, à altura do número 435, na Avenida Dezessete de Agosto, no Bairro de Apipucos, Zona Norte do Recife (Parem de derrubar árvores 359). Na ocasião, afirmei ser “vocação de mártir a vida dessa árvore”, porque – a cada dia – se torava um pedaço dela. A “poda” foi tão radical, mas tão radical, que alertei aqui que dificilmente ela sobreviveria. E a guilhotina não foi realizada por órgãos oficiais – como seria legalmente permitido –  mas sim por comerciantes, que provavelmente pretendem deixar mais visível o seu negócio. Por um tempo, ela serviu de “cabide” para anúncios da mesma loja. No Natal, o tronco nu foi enfeitado com bolinhas. Pois acabaram com tudo. Foi totalmente eliminada no final de semana, e o canteiro na calçada onde ela vivia já está até revestido com cimento.

Na Rua Luiz Guimarães, no Poço, a árvore começou a ser “podada” e terminou desse jeito que vocês estão vendo.

A gente sabe que a natureza tem muita resiliência e que anos depois, um tronco jogado no meio do mato ou em um parque, às vezes pode voltar a brotar, como vem acontecendo com uma escultura em madeira, que fica no Parque da Jaqueira. Mas quando a árvore é degolada, mal tratada, agredida para morrer, dificilmente sobrevive. No caso daquela de Apipucos, na foto superior, os responsáveis pela mutilação não esperaram a planta brotar. Na sexta-feira, passei em frente à loja e vi a montanha de pó de serra no chão. Não parei para fotografar porque havia esquecido o celular em casa. Ou seja, a planta foi totalmente sacrificada. No sábado, quando passei de novo, o alegrete já havia sido cimentado, o que mostra a intenção zero de repor a planta por parte dos arboricidas que a mataram.

Assim, com o alegrete cimentado, fica mais fácil burlar a fiscalização, porque quem assassinou a planta sabe que corte descabido em árvore em área pública dá multa. Aliás, essa é a lei. Porém nem sempre a punição se aplica e por esse motivo, o assunto árvore está virando casa da mãe joana na nossa cidade. Aqui noticiamos sempre a ação da motosserra insana da Prefeitura, mas tem muita degola feita por particular. O outro péssimo exemplo vem da Rua Luiz Guimarães, de onde moradores do Poço da Panela reclamaram da poda exagerada de uma árvore adulta.. Agora, terminaram por acabar de vez com ela.  Como vocês observam na foto acima. Abaixo, a foto publicada, por ocasião da denúncia de arboricídio feita por moradores do Poço da Panela e publicada no #OxeRecife, no dia 13 de abril.

Os arboricídios são praticados de forma sutil. Primeiro, fala-se que é uma poda, depois, se acaba com o resto.

É sempre assim. Primeiro corta-se os galhos das árvores. Depois, se faz uma poda radical, e o que era uma copa exuberante desaparece, sobrando apenas um pedaço do tronco. E aí tem até quem injete veneno ou óleo queimado na planta, para que ela morra. No entanto, tem o poder de podar ou erradicar as árvores em áreas públicas é a Prefeitura que, teoricamente, teria a obrigação de fazer a reposição que, todo mundo sabe, nem sempre acontece. Porém a motosserra insana tem agido à solta não só em obras oficiais,  mas também por conta de particulares, em áreas públicas, sem que nenhum órgão fiscalizador faça nada. O resultado é o descalabro que se vê em todo canto. Cadê a Emlurb? Cadê a fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente do Recife?

Nos links abaixo, você confere perdas no Poço da Panela, Apipucos e áreas vizinhas

Leia também
Parem de derrubar árvores (359)
Parem de derrubar árvores (391). Novo arboricídio no Poço da Panela revolta moradores
Parem de derrubar árvores (290). Moradores do Poço da Panela tem novos arboricídios
Poço da Panela ganha briga , Atacado dos Presentes sai de cena e terreno vira Jardim do Poço
Parem de derrubar árvores (372)
Parem de derrubar árvores (370)
Parem de derrubar árvores (367). Nova degola no Poço da Panela
Parem de derrubar árvores (362)
Parem de derrubar árvores (324) Degola atinge 80 no Poço da Panela
Parem de derrubar  árvores (320)
Parem de derrubar árvores (314)
Parem de derrubar árvores (290). Forca a guilhotina no Poço da Panela
Parem de derrubar árvores em 2021
Parem de derrubar árvores (268)
Parem de derrubar árvores (266)
Parem de derrubar árvores 258  (motosserra já degolou  46 no Poço)
Parem de derrubar árvores (200) Degola no Poço da Panela
Parem de derrubar árvores (198)
Parem de derrubar árvores  (23)
Parem de derrubar árvores (40)
Parem de derrubar árvores (51)
Parem de derrubar árvores (52)
Parem de derrubar árvores (53)
Parem de derrubar  árvores (54)
Parem de derrubar árvores (57)
Parem de derrubar árvores (58)
Parem de derrubar árvores (89)
Parem de derrubar árvores (91)
Parem de derrubar árvores (110)
Parem de derrubar árvores (116)
Parem de derrubar  árvores (140)
Parem de derrubar árvores (141)
Parem de derrubar árvores (155)
Parem de derrubar árvores (163)
Parem de derrubar árvores (183)
Parem de derrubar árvores (202)
Parem de derrubar  árvores (229)
O Recife tem quantas árvores?
Recife mais verde é balela
Parem de derrubar árvores (198)
Parem de derrubar árvores  (241). Verde ameaçado no Poço da Panela
Resiliência da natureza no Parque da Jaqueira: “escultura” começa a brotar
Em Apipucos e áreas vizinhas:
Parem de derrubar árvores (317)
Parem de derrubar árvores (313)
Parem de derrubar árvores (311)
Parem de derrubar árvores (300)
Parem de derrubar árvores (298)
Parem de derrubar árvores (282)
Parem de derrubar  árvores (164)
Parem de derrubar árvores (242)
Parem de derrubar árvores (254)
Parem de derrubar árvores (263)
 
Parem de derrubar árvores (11)
Parem de derrubar árvores (12)
Parem de derrubar árvores (19)
Parem de derrubar árvores (33)
Parem de derrubar árvores (60)
Parem de derrubar  árvores (65)
Parem de derrubar árvores (119)
Parem de derrubar árvores (130)
Parem de derrubar árvores (250)
Parem de derrubar árvores (7)
Parem de derrubar árvores (28)
Parem de derrubar árvores (46)
Parem de derrubar árvores (63)

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Letícia Lins / #OxeRecife e Comunidade do Poço da Panela

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.