Parem de derrubar árvores (324). Degola atinge 80 no Poço da Panela

 Parem de derrubar árvores (324). Degola atinge 80 no Poço da Panela

Compartilhe nas redes sociais…

Árvores – de várias idades e espécies – foram derrubadas em área pública, localizada à margem do Rio Capibaribe, no Poço da Panela, segundo constatou o #OxeRecife. Entre as vítimas de arboricídio encontram-se imbaúbas, cajazeiras e bananeiras. Foram-se as árvores e os pássaros, com a destruição dos ninhos (foto acima). Sem as imbaúbas, espécies como o bicho-preguiça não têm como sobreviver. Também sucumbiram as bananeiras, algumas carregadas, que faziam a festa dos saguis, ainda muito comuns na Zona Norte do Recife, em bairros como o próprio Poço, Casa Forte, Monteiro e Apipucos.

As árvores não foram degoladas pela motosserra insana, mas aparentemente a golpes desferidos  com instrumentos manuais, “na calada da noite”, segundo os moradores.  O ato provavelmente foi praticado por particulares. De acordo com o empresário e engenheiro químico Fábio Carvalho,  pelo menos 80 foram sacrificadas, entre indivíduos jovens e adultos. A área pública devastada tem cerca de 2000 metros quadrados, segundo estimam integrantes do Coletivo Jardim Secreto, que na manhã de hoje estiveram no local.

A legislação determina como área não edificável a faixa de 30 metros de largura às margens do Rio Capibaribe. Nessa terça-feira, eram observados troncos derrubados, bananeiras com cachos de banana caídos, imbaúbas degoladas e grande quantidade de cajazeiras, incluindo indivíduos “adultos” e “jovens”. No meio da devastação, era possível se perceber ninhos de pássaros que caíram quando as árvores tombaram. O terreno onde o arboricídio aconteceu fica na Rua Luiz Guimarães, vizinho a uma obra da Construtora Haut. Esta foi notificada pela Prefeitura por invadir a área proibida a qualquer tipo de construção, e obrigada a recuar os seus tapumes.

O Coletivo já implantou o JS,  em uma  área devoluta, à margem do Capibaribe, com 3 mil metros quadrados, e que vivia com lixo e entulhos. A partir de 2017 foi transformada em área verde, que hoje serve de lazer para a coletividade. Com a retirada dos tapumes da Haut, o grupo de moradores resolveu  ocupar o  terreno irregularmente invadido pela construtora para implantação de nova área de lazer, o Jardim da Travessia. Mas descobriram que, na área vizinha à obra – à qual se tem acesso pela beira do rio – 80 árvores haviam sido degoladas, inclusive na parte não edificável, onde a vegetação não pode ser suprimida.

“Infelizmente é o que está acontecendo não só no Poço da Panela como em muitas áreas do Recife, devido à especulação imobiliária”, afirma Bárbara Kreuzig, integrante do Coletivo Jardim Secreto, e que também está  trabalhando na implantação do Jardim da Travessia. “As incorporadoras destroem a vegetação, começam a edificar e depois alegam que não precisam fazer a compensação ambiental porque encontraram os terrenos  vazios, sem vegetação”, reclama ela, que é arquiteta, urbanista e “jardineira”. Na tarde da quarta-feira, há uma reunião marcada com representantes da Haut, do Coletivo Jardim Secreto e também da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife. Vamos ver no que é que dá! #Parem de derrubar árvores!

Nos links abaixo, você confere outras perdas no Poço da Panela, informações sobre a Haut e também sobre o Jardim Secreto. Veja, também, o estado em que ficou a beira do Rio Capibaribe.

 

Leia também:
Parem de derrubar  árvores (320)
Parem de derrubar árvores (314)
Parem de derrubar árvores (290). Forca a guilhotina no Poço da Panela
Parem de derrubar árvores em 2021
Parem de derrubar árvores (268)
Parem de derrubar árvores (266)
Parem de derrubar árvores 258  (motosserra já degolou  46 no Poço)
Parem de derrubar árvores (200) Degola no Poço da Panela
Parem de derrubar árvores (198)
Parem de derrubar árvores  (23)
Parem de derrubar árvores (40)
Parem de derrubar árvores (51)
Parem de derrubar árvores (52)
Parem de derrubar árvores (53)
Parem de derrubar  árvores (54)
Parem de derrubar árvores (57)
Parem de derrubar árvores (58)
Parem de derrubar árvores (89)
Parem de derrubar árvores (91)
Parem de derrubar árvores (110)
Parem de derrubar árvores (116)
Parem de derrubar  árvores (140)
Parem de derrubar árvores (141)
Parem de derrubar árvores (155)
Parem de derrubar árvores (163)
Parem de derrubar árvores (183)
Parem de derrubar árvores (202)
Parem de derrubar  árvores (229)
O Recife tem quantas árvores?
Recife mais verde é balela
Processo de tombamento atrapalha planos de Atacado dos Presentes
Atacado dos Presentes: Indeferimento ambiental
Poço da Panela e Atacado dos Presentes: Polêmica só faz crescer
Abaixo assinado contra Atacado dos Presentes mobiliza Poço da Panela
Poço da Panela quer barrar Atacado dos Presentes. Até Fundaj é contra
A polêmica do Atacado dos Presentes
Poço da Panela quer barrar Atacado dos Presentes
Poço da Panela: Plantio de árvores contra Atacado dos Presentes
O Poço da Panela resiste e faz protesto contra loja de materiais construção
Moradores rejeitam lojão no Poço da Panela
Parem de derrubar árvores (198)
Parem de derrubar árvores  (241). Verde ameaçado no Poço da Panela
Protesto mobiliza Zona Norte
Lojão e colégio: Confusão na Zona Norte
Jardim Secreto se amplia: Exemplo de cidadania e trabalho coletivo
Semana do Meio Ambiente: Jardim Secreto, cidadania e respeito à natureza
Jardim Secreto completa três anos
Charme: Calçada para andar e sentar

Texto, fotos e vídeo: Letícia Lins / #OxeRecife

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.