Parem de derrubar árvores (28)

É muito triste ver uma árvore morrendo. Sabemos quanto tempo elas levam para chegar à idade adulta, desempenhar por completo sua função na natureza. Mas hoje, não teve jeito. Desabou uma na Avenida 17 de Agosto, em frente ao Posto Shell. E foi esquartejada em pedacinhos. O trânsito ficou caótico, terminei deixando o carro em casa e indo a pé ao meu destino. Pelo menos, esta não foi vítima de motosserra insana e estava em área privada, no caso naquele estabelecimento comercial.

Ela caiu por volta de duas da manhã, segundo os moradores. Felizmente não havia nenhuma pessoa por perto. Mas o fato dela cair, já começou a despertar preocupação em parte da população, que teme que outras desabem. É bom ter cuidado, para que o poder público não as sacrifique indevidamente. Às vezes, uma poda bem feita resolve. De outras, uma muito radical mata a planta sem precisar. A poda necessária parece ser o caso relatado pelo leitor e internauta Rômulo Lopes Gama, um atento “fiscal” de nossas calçadas. Ele diz que na Rua Francisco da Cunha em frente ao número 507, que faz esquina com a Rua Benvinda de Farias, em Boa Viagem, há uma árvore correndo risco.

“Já cansei de avisar à Celpe, à Prefeitura e até hoje nada de podação”. Afirma que a árvore pode cair, e causar danos não só materiais. “É um absurdo brincar com a vida das pessoas”. Já João André Pegado escreve ao Blog #OxeRecife, afirmando que “a luta pela vegetação é justa”,  e ressalta que, “como cidadão” é contra “derrubar árvores simplesmente por derrubar”.  Mas lembra que há casos em que a erradicação é necessária, principalmente quando há risco de queda, ou atrapalho à mobilidade que “tanto reclamamos”. Até o início da noite, o TRT não explicou ao #OxeRecife o motivo pelo qual dez árvores foram derrubadas em seu pátio essa semana, conforme o relatado aqui na segunda-feira, Dia Internacional do Meio Ambiente

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.