Paço do Frevo está oferecendo cinco cursos com passo, percussão, capoeira, xilogravura

 Paço do Frevo está oferecendo cinco cursos com passo, percussão, capoeira, xilogravura

Compartilhe nas redes sociais…

A cultura é dinâmica. E o Paço do Frevo, também. O mais queridinho equipamento cultural do Recife está cheio de novidades para setembro, já que no próximo dia 14 se comemora o Dia Nacional do Frevo. Para assinalar a data, há uma programação que inclui cursos e oficinas sobre o nosso ritmo com os bambambãs daquele que já foi reconhecido como patrimônio imaterial pelo Iphan e pela Unesco. Entre os convidados, está o Maestro Duda, Patrimônio Vivo de Pernambuco. Ele vai ministrar a oficina “Desvendando Maestro Duda” . Regente, compositor, arranjador e instrumentista  José Ursicino da Silva, o Maestro Duda, estará à frente da oficina que ocorre no dia 16, das 15h às 18h, que tem inscrição gratuita. Ele vai compartilhar sua trajetória pessoal e suas proposições práticas, mostrando seus saberes e modos de fazer e pensar o Frevo.

Maestro Duda nasceu em Goiana, na Mata Norte do Estado, em 1935, foi eleito Patrimônio Vivo de Pernambuco em 2010 e homenageado do Carnaval recifense em 2011. Começou a estudar música aos oito anos. Aos dez, já era integrante da banda Saboeira e logo escreveria sua primeira composição, o frevo “Furacão”. Dali podia-se prever o que tornaria Duda um gênio da composição e do arranjo e uma das grandes referências do Frevo. Com ampla formação, seu múltiplo talento o levou a formar várias bandas de Frevo eleitas as melhores do ano nos Carnavais do Recife. Fez música para teatro, trabalhou em TVs, tocou oboé na Orquestra Sinfônica do Recife, foi professor-arranjador do Conservatório Pernambucano de Música. Compôs choros e sambas gravados por nomes como Jamelão e recebeu o prêmio de melhor arranjo de música popular brasileira em 1980.

Allison Lima dará uma oficina gratuita sobre capoeira no Paço do Frevo. Foi com a capoeira que tudo começou

Outra opção é o curso livre de frevo, o “Corpo e cultura em movimento“,  ministrado pelo passista Wanderley Aires. O curso mescla aspectos da história do Frevo com dança e música, construindo, através do corpo em movimento, as dramaturgias que envolvem essas expressões.  As aulas, para iniciantes e iniciados a partir de 16 anos, acontecem entre 12 de setembro e 9 de novembro, sempre às terças e quintas, das 19h às 20h30. O investimento é R$ 150 via Sympla. É possível solicitar bolsa através deste link. O terceiro curso é “Percussão pernambucana”, com  Júnior Telles. O curso será quatro módulos, ao longo dos quais, os participantes irão explorar diferentes ritmos da música popular pernambucana, como Coco, Ciranda, Maracatu, Frevo, Afoxé e Forró. Cada módulo abordará ritmos específicos, apresentando os instrumentos de percussão correspondentes e ensinando suas técnicas básicas de execução. O curso culmina com uma apresentação final dos participantes. Será de 19 de setembro a 5 de dezembro, sempre às terças-feiras, das 19h às 21h. As inscrições custam R$ 150 e podem ser feitas no Sympla

Também está sendo ofertado o curso de xilogravura  “Memórias e Imagens afetivas do frevo”. Com dois encontros e carga horária total de oito horas, a oficina gratuita pretende trazer ao público as memórias que cada um tem do Frevo, através de sentimentos, valores e comportamentos, colocando essas referências para o papel e depois para a matriz em MDF. A facilitadora será Ilê Pessoa, natural do Recife e criada em Olinda, que tem formação em técnicas diversas.  Será nos dias 19 e 22 de setembro, das 14h às 18h. As imagens trabalhadas como xilogravuras depois serão expostas coletivamente em uma culminância da oficina. Podem participar pessoas a partir de 12 anos – inscrições através deste formulário. Por fim, a Oficina Chão de Capoeira,  nos dias 25, 26 e 27 de setembro, das 19h às 21h.  O bailarino, professor de dança e músico Alisson Lima vai ministrar a oficina gratuita que propõe colocar em prática os movimentos da capoeira que conversam intensamente com o chão, unindo capoeira e técnicas da dança contemporânea.  Como se sabe, foi com a Capoeira que o Frevo começou. Com exercícios de improviso, ele irá trabalhar, por exemplo, posições invertidas, movimentações rasteiras e contorções no plano baixo, evidenciando a dança-capoeira. As inscrições estão disponíveis neste formulário, para pessoas a partir de 18 anos. No Serviço, você pode decidir o que escolher.

Leia também
Paço do Frevo tem show, Criptofesta e criptofrevo
Paço do Frevo tem eventos gratuitos no fim de semana
Encontro de patrimônios culturais pernambucanos no Paço do Frevo com a Capa Bode 
Orquestra Criança Cidadã antecipa, no Paço do Frevo, concerto que fará em Israel
Dia de mergulhar no passo com Maestro Forró no Paço do Frevo
New Orleans e Recife: jazz e frevo
Elefante no Paço do Frevo em janeiro
Eclético, o Paço do Frevo junto a passo com o passinho
Paço do Frevo tem desconto para quem tem Passaporte Recife Vacina
Paço do Frevo tem nova escola
Um “passeio” pela cultura popular no Paço do Frevo
Museus do Recife – incluindo o Paço do Frevo- voltam a receber o público
Paço do Frevo comemora o Dia do Frevo de Bloco
Paço do Frevo tem passo e carimbó
Paço do Frevo tem Carnaval do Bita
Paço do Frevo mobiliza “Fêmeas”
Forró: o incansável maestro popular
Maestro Spok mobiliza Paço do Frevo
Semana do frevo: Spok e arrastão
Paço do Frevo tem nova troça no domingo
Óleo chega ao Paço do Frevo 
Paço do Frevo vai a Olinda
Paço do Frevo: 500 mil visitantes
“O frevo mexe com tudo” no Paço
Paço do Frevo e o Homem da Meia Noite animam o Bairro do Recife no domingo
Elefante no Paço do Frevo em janeiro
Paço do Frevo gratuito no fim do ano
Paço do frevo debate presente e futuro
Paço do Frevo: Cem por cento mulher
Paço do Frevo debate passado e futuro
Vovó Cici no Paço do Frevo
Frevo de Bloco no Bairro do Recife
Paço tem Arrastão de Frevo com Zé Puluca
Paço: frevo, forró e música psicodélica
Guerreiros do Passo “rendem” 5 mil foliões e ampliam trincheira do frevo
New Orleans e Recife: Jazz e frevo

SERVIÇO
Curso livre de Frevo “Corpo e Cultura em Movimento”
Com Wanderley Aires
De 12 de setembro a 9 de novembro
Terças e quintas, das 19h às 20h30
Público: adulto iniciante
Inscrições: R$ 150 via Sympla

Oficina Desvendando Maestro Duda
Com Maestro Duda
16 de setembro, às 15h
Acesso gratuito com inscrições neste link

Curso Livre de Ritmos Pernambucanos “Percussão Pernambucana”
Com Júnior Teles
De 19 de setembro a 5 de dezembro
Às terças-feiras, das 19h às 21h
Inscrições: R$ 150 via Sympla

Oficina de xilogravura “Memórias e imagens afetivas do Frevo”
Com Ilê Pessoa
Dias 19 e 22 de setembro, das 14h às 18h
Acesso gratuito com inscrições neste link

Oficina Chão de Capoeira
Com Alisson Lima
Dias 25, 26 e 27 de setembro, das 19h às 21h
Acesso gratuito com inscrições neste link

Paço do Frevo – Praça do Arsenal da Marinha, s/n, Bairro do Recife, Recife
Horários: Terça a sexta, 10h às 17h | Sábado e domingo, 11h às 18h
Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia) – entrada gratuita às terças-feiras
*Confira aqui a política de gratuidade do museu

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Paço do Frevo / Divulgação

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.