Orla da Zona Sul do Recife vai passar por mudança radical. E o comércio da areia, como é que fica?

Boa Viagem, Pina e Brasília Teimosa vão mudar. Pelo menos, é o que promete o Prefeito João Campos (PSB), que hoje anunciou que os onze quilômetros de beira-mar da cidade serão alvo do Projeto Orla Parque, que prevê uma série de intervenções, que vão consumir R$ 112 milhões em recursos próprios. De acordo com a Prefeitura  toda a extensão será requalificada, com equipamentos que vão do aumento da área verde à ampliação do calçadão, que ficará dois metros mais largo.  Também haverá iluminação mais potente e implantação de novo sistema de segurança. Toda a reforma deve ser concluída até 2025, segundo cronograma apresentado nessa quinta-feira.

“Quase 70% dos recifenses afirmam que a orla do Recife é a principal área de lazer da cidade. Isso significa que, se fizermos uma requalificação, estamos contemplando quase toda a população. Estudamos muito, priorizamos esse projeto e vamos construir um espaço democrático, conectando Pina, Brasília Teimosa e Boa Viagem com um novo padrão de qualidade construtiva e muita qualidade para os nossos recifenses”, afirmou o socialista. O Projeto Orla Parque tem como objetivo requalificar toda a orla da capital pernambucana, integrando Boa Viagem e Pina a Brasília Teimosa, com implantação de grande parque linear e um novo espaço de convivência da população na cidade. Essa integração entre a área mais aristocrática e a popular é muito saudável.

Agora, não adianta tanta pedra e cal se, na areia, a bagaceira do comércio ambulante permanece. É preciso que seja organizado e que os ambulantes sejam os guardiões da areia. No entanto, há muitos que não estão nem aí e acumulam o lixo perto de suas barracas, na areia. No final do dia, o aspecto é deprimente. O pior é que o poder público faz vista grossa. Um horror!

As mudanças anunciadas incluem a criação de novos espaços, chamados centralidades, que ficarão em diferentes pontos da orla, voltados para contemplação, comércio, gastronomia, etc. Os espaços de dividem em:  1-Estação Porto Terra Nova: Localizada em Brasília Teimosa, nas imediações do Buraco da Véia, esta será a primeira centralidade. Será um local voltado para a contemplação do pôr-do-sol, com um centro de artesanato voltado para comercialização de obras de artistas da região. 2-Estação Mercado do Peixe (Estação Alvorada) será a segunda centralidade e vai funcionar como um polo gastronômico. Marca a interligação entre as orlas de Brasília Teimosa e Pina, e para isso, o Mercado já existente vai passar por requalificação. 3- Estação Esportes: Voltada especialmente para a prática de exercícios físicos, essa centralidade será instalada no início da orla do Pina, no local das atuais quadras de tênis. O espaço terá quadras de tênis e poliesportivas, além de espaço para jogos de tabuleiro. 4 – Praia Sem Barreiras: O objetivo desta centralidade é oferecer um local seguro e acessível para que as pessoas com deficiência possam tomar banho de mar, contemplar a orla e fazer outras atividades. Para isso, será criado um espaço sanitário totalmente adaptado, além de quadra esportiva inclusiva. O local ficará próximo ao Posto 7, em Boa Viagem.

Os demais espaços são: 5- Estação Pracinha: Esta centralidade vai funcionar na Pracinha de Boa Viagem, um local de grande interesse histórico. O objetivo é aumentar a ocupação cultural e social do local, promovendo a continuidade e ampliação das atividades já existentes. Além disso, haverá um espaço para contemplação do mar. 6- Estação Lindu: Esta centralidade vai funcionar em frente ao Parque Dona Lindu. Será um espaço para contemplar a natureza e aproveitar o sol. Além disso, haverá fontes de água para que a população possa se refrescar. Também terá dois pontos de platores elevados, priorizando os pedestres e oferecendo mais segurança. 7- Estação Clube da Vara: Localizada em frente ao antigo Clube da Vara, na divisa entre Recife e Jaboatão dos Guararapes, no local será implantado um polo gastronômico com vista para o mar, parque infantil e um polo esportivo.

Mudança não deve ser só de pedra e cal em Boa Viagem: é preciso disciplina o comércio e poupar a areia do lixo

O Projeto prevê a requalificação do calçadão, com a substituição do pavimento atual, melhoria da acessibilidade e aumento na largura do passeio, passando de 2,75 m para 4,80 m. Com isso, haverá maior permanência na utilização da ciclovia, pista de cooper e de caminhada. Também promete implantação de 510 postes, o que representa 400 por cento a mais do que o número atual.  Isso significa que a cada 14 metros haverá um aparelho de iluminação, conforme a PCR, que promete – ainda – remodelagem na ciclovia, ampliação de área verde ( com plantio de mais 730 árvores ao longo de toda extensão da orla que, somadas ás 582 já existentes, serão 1.320 árvores no total,  um incremento de 126% de área verde, conforme a PCR.  Bom lembrar que árvores só não resolvem, que é preciso preservar ou aumentar a vegetação rasteira, que evita erosão. Também foram anunciadas medidas de segurança, onze novos sanitários, e conclusão dos novos quiosques. E ainda reforma dos dez banheiros existentes e construção de dez novos. As obras de reforma começam em 2023.

Trecho da praia onde fica o Parque Dona Lindu será urbanizado e ganhará até jatos d´água jorrando do chão

Leia também
Concluída requalificação de 60 quiosques de Boa Viagem e Pina Banheiros serão reformados
Boa Viagem: Banheiros públicos fechados e fedentina à beira mar em área turística
Prefeitura  corre com exército de garis e praias amanhecem limpas após a virada do ano
Banhistas reclamam de banheiros públicos fechados em feriados na praia de Boa Viagem
Boa Viagem recebe novos quiosques e ganha programa Praia Lima. Está limpa mesmo?
Quiosques pouco criativos mas necessários para disciplinar comércio de rua na Zona Sul
Parecem ataúdes mas são quiosques da Avenida Conde da Boa Vista requalificada
Boa Viagem: A polêmica dos quiosques
Boa Viagem: Primeiros quiosques serão entregues em julho
Boa Viagem: Novos bancos, novos quiosques
Banhistas reclamam de banheiros públicos fechados
Quiosques demolidos em Boa Viagem
Orla da Zona Sul tem 1345 bancos novos. Mas os quiosques…
Boa Viagem é abandonada e quiosques são pilhados na pandemia
Quiosques de Boa Viagem tiveram 25 arrombamentos na pandemia
Banho de mar e comércio de quiosques são liberados
Boa Viagem: Relíquias da década de 1940 à beira-mar são repaginadas
Boa Viagem:novos bancos, novos quiosques, sujeira e poluição sonora
Boa Viagem: Faltam bombeiros salva-vidas,policiais militares na orla e sobra exploração na areia
Boa Viagem vai virar um mar de lixo?
Boa Viagem: areia e poucas máscaras
Cadê a fiscalização em Boa Viagem?
Boa Viagem: Distanciamento só cedinho
Foi preciso uma pandemia para controlar poluição sonora na praia
Pandemia: Governo proíbe festas e praias podem fechar de novo
Atentado estético no Primeiro Jardim em Boa Viagem
Sessão Recife Nostalgia: Boa Viagem, Casa Navio,  Papa-Fila, picolé D´aqui
Boa Viagem em “trapos” para o verão
Quiosques de Boa Viagem tiveram 25 arrombamentos na pandemia
Abandonada na pandemia, Boa Viagem corre atrás do tempo perdido
Boa Viagem ao Deus dará
Boa Viagem é abandonada e quiosques são pilhados
Boa Viagem e nova normalidade: limpeza, silêncio e “paz”
Banho de mar e comércio nos quiosques são liberados
Isolamento deixa areia limpa e sem poluição
Liberadas atividades esportivas
Boa Viagem ainda deserta e sem direito a banho de mar
Boa Viagem abre amanhã mas sem direito a cadeira nem banho de mar 
Cachoeira diverte em Boa Viagem
Boa Viagem tem “Xodó”
Boa Viagem: Asfalto agora tem “dono”
Boa Viagem ganha exposição de fotos
Boa Viagem tem língua negra
Boa Viagem tem esgoto na areia
“Me chama de lagartixa”
O medo do “tubarão” da areia
No feriadão, cuidado com o tubarão
Água no umbigo, sinal de perigo
Boa Viagem ou Bocagrande?
Sessão Recife Nostalgia: Boa Viagem, Casa Navio, Papa-Fila e picolé D´Aqui
Sessão Recife Nostalgia: Nos tempos do Veleiro
Comer lagosta ovada é não ter coração
Praia do Porto da Barra paraíso urbano
Viaje pelo Brasil Selvagem, Costa Brasileira sem sair de casa

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: PCr /Divulgação e Letícia Lins / Acervo #OxeRecife

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.