O Recife está mais colorido

O bairro do Pina, as comunidades do Bode e do Cabanga estão mais alegres, desde o final de semana. É que, como faz todos os anos, o Coletivo Pão e Tinta realizou o Sexto Encontro Internacional de Artes Pão e Tinta, evento que reuniu artistas brasileiros e do exterior, para dar mais alegria às ruas de nossa cidade. Dessa vez, o Coletivo contou com o apoio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, através do Colorindo o Recife, projeto de incentivo à arte urbana da Prefeitura. A intervenção maior aconteceu no domingo, nos muros do Cabanga Iate Clube e da Compesa, ambos no Pina.

Ao todo, 60 artistas participaram da obra de criação coletiva, sendo 30 do Recife e 30 vindos de outros estados brasileiros e de quatro países (China, Argentina, Itália e França). Todos os artistas foram selecionados por curadoria.  As pinturas começaram na última quarta-feira. Foi um trabalhão, das 9h às 21h, no domingo. A grafitagem contou, também, com participação popular, sem a qual não teria sentido, em se tratando de iniciativa que pretende maior integração social entre as comunidades periféricas. Moradores do Bode, por exemplo, participaram de oficinas sobre grafite, apresentação de danças de rua, atividades em bibliotecas e até cortes de cabelo.

Artistas grafiteiros contribuem para deixar o  Recife mas alegre e colorido, e contam com a participação da população.

Na programação constou, ainda, exibição de filmes criados por coletivos de arte do Recife, com rodas de conversa sobre resistência cultural (cine debate). Em anos anteriores, o Coletivo Pão e Tinta contou com apoio da Secretaria de Combate às Drogas e ao Crack do Recife, já que a cultura é tida como eficiente meio de resgate social. Em 2017, teve apoio da Secretaria de Turismo, dentro do Projeto Colorindo o Recife, colocado em prática pela Prefeitura desde 2014, e sempre valorizando o grafite. O Colorindo o Recife  já estampou 16 muros, em parceria com a Organização não governamental Cores do Amanhã.

A segunda etapa do projeto ocorreu em 2015, em parceria com a Nuvem Produções, quando foram realizadas intervenções em postos de salva-vidas na orla de Boa Viagem. Os postos são em concreto, datam do século passado e estão desativados (há outros, maiores e mais recentes, na areia da praia. A intervenção deixou a beira-mar mais alegre e colorida, depois de traços e pincéis de Glauber Arbos, JotaZerOff, Galo de Souza, Adelson Boris, Bozó Bacamarte e Nando Zevê. Este ano, muros do Parque da Macaxeira e do Compaz Ariano Suassuna também ganharam cores novas. E neste final de semana, foi a vez do Coletivo Pão e Tinta fazer intervenções na Zona Sul do Recife.

Leia também:
A paisagem colorida do Córrego do Jenipapo
Novas cores dão vida à Mangabeira
Verão chega ao Jardim das Estações

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Inaldo Lins / Divulgação / PCR

Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.