Noronha: Fortaleza dos Remédios começa a agendar festas e casamentos

 Noronha: Fortaleza dos Remédios começa a agendar festas e casamentos

Compartilhe nas redes sociais…

Se casar à beira-mar – como ocorre na Praia dos Carneiros, Litoral Sul de Pernambuco – tem se tornado uma das opções mais procuradas por noivos e noivas, que tal selar o amor no paraíso, em uma capelinha encravada em uma fortaleza do século 18? Pois quem estiver interessado em celebrar as bodas ou fazer qualquer outro evento no Forte de Nossa Senhora dos Remédios, no Arquipélago de Fernando de Noronha, já pode agendar a festa.  O Forte deve ser reaberto no mês de outubro, totalmente restaurado e deve se transformar no mais novo atrativo turístico da Ilha. E o Consórcio Forte – responsável pela restauração e posterior gestão do monumento – anuncia que abre este mês sua agenda de eventos, iniciando negociações e reservas de datas.

Até outubro, o Forte, que é tombado, deverá funcionar como um novo equipamento de cultura e entretenimento. Ele se destaca pela paisagem exuberante do entorno, em especial para a vista espetacular e privilegiada do pôr-do-sol. Para o Consórcio,  o “equipamento é cenário naturalmente perfeito para momentos marcantes e ocasiões religiosas”.  Com a reforma, obedecendo a todos os critérios ditados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Forte está sendo totalmente requalificado. Entre os destaques, está justamente a capelinha , com capacidade para 18 pessoas sentadas. A estrutura conta com a gerência da Arquidiocese de Olinda e do Recife, possibilitando celebração de cerimônias religiosas.

Restaurado pela iniciativa privada, porém com aval do Iphan, Fortaleza dos Remédios começa a agendar festas

A capacidade ofertada no pequeno templo não é para muita gente, mas ninguém vai levar um Boeing cheio de convidados para a Ilha, não é? Além da capelinha, há espaço climatizado para até 80 pessoas, que pode ser modulado para formato de sala ou auditório.  Há, ainda, um deck com vista para o Morro do Pico e o Morro dos Dois Irmão, cartões postais da ilha. No deck, pode ser possível a instalação de altar para os noivos que desejarem se casar ao ar livre, caso os nubentes tenham um grande número de convidados. O equipamento irá dispor de opções em serviços próprios e personalizados de buffet, possibilitando também que chefs convidados assinem menus exclusivos para execução pelo time da cozinha do empreendimento.

Toda a reforma conta com o aval Iphan, que concedeu parecer técnico favorável para o início das obras do Forte. Elas foram iniciadas em 1º de julho, com programação de conclusão em até 120 dias. Com propostas assinadas pelos escritórios Meireles Pavan e Ilumination, os projetos apresentam abordagens que valorizam os atributos culturais e a sustentabilidade ambiental do negócio. O Forte Noronha contará com áreas expositivas, museu interativo com dados históricos e ambientais da Ilha, mirantes, arquibancada, espaço de entretenimento infantil, palco para apresentação de artistas locais, auditório, restaurante com capacidade para 500 pessoas sentadas, espaço para eventos privados com capacidade para 1200 pessoas, mesas compartilhadas, gazebos exclusivos.

Leia também
Noronha: Grupo privado vai restaurar e explorar Fortaleza dos Remédios
Sessão Nostalgia: Saudade dos cinemas de rua é revivida em Noronha
Governo de Pernambuco reage à tentativa de invasão em Noronha
Sessão Nostalgia: Saudade dos cinemas de rua em Noronha
Fernando de Noronha: Perigo! Governo federal quer tomar de Pernambuco
Noronha: Política ambiental às avessas
Noronha tem trilha verde
Viva! Noronha movida a carbono zero
Taxa de Noronha não é roubo mas recurso para proteger a natureza
Noronha entra em quarentena
Noronha tem porto para enfrentar o swell
Noronha reforça o plástico zero
Golfinho atrai turista a Noronha
Deixem que vivam as baleias
Viaje pelo Brasil Selvagem Costa Brasileira
O balé noturno das raias em Noronha
Acordo na Justiça para algozes do Marlin Azul, peixe em extinção
Ministro manda oceanógrafo trabalhar na caatinga. E o Sertão já virou mar?
Peixe- leão é uma praga que chegou a Noronha
Viaje pelo Brasil Costa Brasileira sem sair de casa

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Imagens: Consórcio Forte / Divulgação 

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.