Mamulengo Risadinha é o primeiro grupo infantil do teatro de bonecos

 Mamulengo Risadinha é o primeiro grupo infantil do teatro de bonecos

Compartilhe nas redes sociais…

Olhem aí a meninada fazendo e acontecendo.  Esses garotos da foto abaixo são protagonistas de uma bela história. Acabam de formar o Mamulengo Risadinha, com certeza o primeiro grupo desse tipo de espetáculo popular em Pernambuco formado por crianças. E, provavelmente, o primeiro do Brasil. E como era de se esperar, a turminha não poderia ser de outro município.

Os integrantes do grupo moram de Glória do Goitá, conhecido como a “capital estadual do mamulengo”. Os meninos constituem um belo exemplo de tradição mantida de geração em geração. Alguns, no entanto, não têm histórico familiar na área. É o caso de Tiago (foto acima) que,  aos doze anos, já chama atenção com a destreza com que manipula os bonecos. E até já se apresentou com os adultos, como ocorreu recentemente em Limoeiro, ao acompanhar o Teatro Arte da Alegria, do Mestre Bel,  em  sua primeira  apresentação,  nesses tempos de pandemia.

Igor, Eric, Vinícius, Vítor e Tiago formaram o primeiro teatro infantil de bonecos, o Mamulengo Risadinha.

Soube dessa façanha dos meninos no mês de agosto, quando estive em Limoeiro, para receber uma homenagem do Centro de Criação Galpão das Artes, no exato dia em que o Galpão fez uma parceria com o Museu do Mamulengo de Glória do Goitá, ao instalar o “terreiro do mamulengo”, com espaço para montagem de tenda para apresentações dos divertidos fantoches. Foi lá, naquele dia, que soube que o grupo infantil estava formado, e com estreia marcada para outubro. O primeiro espetáculo será na próxima terça-feira (12/10), Dia da Criança. A apresentação ocorre no Museu do Mamulengo de Glória do Goitá, que fica no centro da cidade, localizada a 63 quilômetros do Recife. Tenho certeza que o grupo, de tão inédito, fará o maior sucesso.

Os meninos são: Tiago (com boneca na foto superior) , Vinícius (de azul), Eric (de vermelho), Victor (de preto) e Igor (sentado, camisa branca). Este último é neto do Mestre Zé Lopes. É, também, filho da Mestra Titinha e do Mestre Bel, e é ele que coordena o grupo internamente. Eric, filho da bonequeira Jacilene Félix, e Igor são herdeiros de detentores da manifestação cultural. Já os outros integrantes não possuem familiares ligados ao Mamulengo, o que é muito bom. O Mamulengo Risadinha surgiu através das oficinas ofertadas pelo projeto Inventariando o Patrimônio, coordenado por Givanildo. Foram oferecidas oficinas de montagem e manipulação do boneco de mamulengo durante o mês de julho de 2021. E os efeitos foram maiores do que os esperados.

“Nesse período, algumas crianças que participaram das oficinas tiveram interesse em frequentar o Museu do Mamulengo para aprender mais sobre os ofícios”, afirma Givanildo Ferreira, responsável técnico do Museu do Mamulengo de Glória do Goitá. “A partir daí, esse grupo foi composto com o objetivo de construir um grupo de Mamulengo infantil”, conta o museólogo, que é mestre e doutorando em Antropologia, e também especialista em museus comunitários.

Composto pelos cinco adolescentes, o grupo recebe aulas e orientação dos mestres brincantes da Associação Cultural dos Mamulengueiros de Glória do Goitá, que gere o Museu do Mamulengo. A preparação acontece há cerca de três meses, todos os sábados no Museu. “Por ser um grupo recente, de jovens e muitos sem contato anterior com o Mamulengo, o improviso ainda precisa ser mais desenvolvido. Há uma mistura entre textos criados por eles e influências dos mestres que os guiam”, explica Givanildo. Em Limoeiro, os meninos já deram uma demonstração do que vem por aí. Thiago manipulava uma boneca com perfeição, conforme vocês podem ver no vídeo abaixo.

Ela dançava e rodopiava , enquanto Tiago exibia o seu discernimento na frente do palco do Teatro de Mamulengo Arte da Alegria, que é comandado pelo Mestre Bel. Na rabeca, Igor dava o tom da “dança” da boneca animada por Tiago, sob a batuta dos mestres. O #OxeRecife parabeniza a Associação e o Museu pela iniciativa. E também se congratula com a meninada, pelo interesse em preservar uma tradição tão linda e divertida.

No vídeo, Tiago pode ser visto com a boneca, enquanto Igor anima a “festa”.

Leia também
“Vaquinha” para presépio de mamulengo em Glória do Goitá
Mais mamulengo menos Barbie
Cultura popular: Galpão das Artes e Museu do Mamulengo firmam parceria
O adeus de Zé de Vina
Em meio a tanta tristeza só mesmo um mamulengo para nos fazer sorrir
Zé de Vina, mestre mamulengueiro ganha homenagem em Glória do Goitá
Mamulengueiros tradicionais se rendem ao mundo virtual
Bonecos fazem a festa em Casa Forte
 Dia do Artesão: Viva Miro dos Bonecos
Resgate do mamulengo pernambucano
Fotógrafos documentam mamulengos
“Para tocar o coração das pessoas”
A festa mágica dos bonecos
Poço das Artes: Música e Mamulengos
Zona Norte tem  Bossa Nova, samba, jazz e mamulengo
Mamulengo, fado, choro e economia criativa
Tacaruna: Exposição de “bonecos gigantes de Olinda” que, no entanto, são do Recife
Bonecos gigantes: Não confunda alhos com bugalhos
Bonecos gigantes: Crise de identidade
A festa do trio de bonecos gigantes
Bora Pernambucar chega ao fim com encontro de bonecos gigantes
Zé Pereira festeja cem anos no Recife
A Zé Pereira, com festa e com afeto
Mão Molenga no Ricardo Brennand
Sesc prorroga expô do Mão Molenga
Mão Molenga é um sucesso
O Mané Gostoso de Saúba
Galpão das Artes e brinquedo popular
Galpão das Artes faz a festa em Limoeiro

Olinda entra na festa dos bonecos
Aos 62, boneca Barbie vira verde e é feita com plástico reciclado

Serviço
O quê: Mamulengo Risadinha (o primeiro teatro de mamulengo formado por crianças)
Quando: Terça-feira, 12 de outubro
Horário: 14h
Local: Museu do Mamulengo de Glória do Goitá
Endereço:
Quanto: Gratuito

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos e vídeo:  Letícia Lins e Divulgação/ Museu do Mamulengo de Glória do Goitá

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.