Livro “Herói de Sete Cores” vira vídeo

Sem condições de festejarmos ao vivo data tão importante para lembrarmos os cuidados que devemos ter com a natureza, a Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco e a Agência Estadual do Meio Ambiente (Cprh) programaram uma série de lives sobre o Mês do Meio Ambiente. Nesse sábado, elas começam a partir das 15h, com discussões que enfocam a importância de usar  a arte para a educação ambiental, com informações que interessam a adultos e crianças.

Haverá, também, apresentação de vídeo e audiobook, ambos destinados à educação ambiental da meninada e, quem sabe, um motivo a mais para os pais pensarem no assunto. O vídeo conta a história Herói de sete Cores, livro escrito pela jornalista e escritora Franci Palhano, que foi lançado no ano passado pela Cprh. E cujo personagem  principal é uma ave real: o pintor verdadeiro. Trata-se de pássaro muito visado pelo tráfico de animais silvestres, devido à bela plumagem, marcada exatamente por sete cores. O pintor verdadeiro é uma das aves ameaçadas do Nordeste, região onde é uma espécie endêmica da Mata Atlântica.

O pintor verdadeiro tem muita importância na regeneração da natureza, por ser um grande dispersor de sementes. O Herói de Sete Cores – o livro – possui belas ilustrações, que chamam logo a atenção dos pequenos. A história se passa em um lugar fictício (mas cada dia mais real em nossas vidas), chamado Pedra do Suspiro, que virou um local sem vida devido a um incêndio em uma área real, a Mata Atlântica (um dos biomas mais ameaçados no Brasil). Quando os animais de outra área da Mata Atlântica sabem do incêndio, ficam horrorizados, e percebem logo que, para regenerar a vegetação, alguém teria que levar sementes para a Pedra do Suspiro. Apenas um pássaro se prontificou para a tarefa.

Dia após dia, ele levava sementes para a área devastada, recompondo a natureza. Assim, o pintor verdadeiro  – tão colorido quanto as sementes que levara – devolveu vida à área devastada pelo fogo. Lindo, não é? O texto do vídeo, como no livro,  é de Franci Palhano, com narração de Paulo André Viana, que responde pela música, juntamente com Daivson Wescley. A edição de vídeo é de Ricardo Wanderley Gomes. Já o audiobook Versos para o Reverso é um poema sugestivo sobre várias maneiras para aproveitar materiais que normalmente seriam jogados no lixo: garrafas, tecidos, papel, latas, papelão. No poema, cada estrofe representa uma proposta para se reverter o reciclável, que não precisa virar lixo. Assim, uns versos podem dar sugestão do que se fazer com tampas de garrafas. Outros, ensinam a aproveitar sobras de tecido, ou a criar flores de papel ou papelão que estão sobrando em casa. Uma diversão para a criançada, nesses tempos de pandemia e isolamento social. Franci Palhano também assina o texto de Versos para o Reverso. Ela é especializada em livros infantis, sobre educação ambiental. A narração é de Érica Montenegro, com ilustração e diagramação de Ricardo Wanderley Gomes. A edição é de Álvaro Filho.

Leia, ainda hoje, aqui no #OxeRecife, mas duas postagens sobre a natureza: A Serra Pelada de Sinha é só riqueza.  A postagem relata  a saga de Sinha, que construiu uma vida feliz reciclando o que acha no lixo. Uma lição em defesa do meio ambiente. E mais uma ação da motosserra insana, em Parem de derrubar árvores (244), às 14h e 18h respectivamente.

Leia também:
A “fauna livre” e o pintor verdadeiro
Cativeiro: o estresse do pintor-verdadeiro
Pintor verdadeiro volta à natureza
Pintor ameaçado salvo por Edivânia
“Herói de Sete Cores” é tema de livro
Aves são alvo do tráfico
Natureza em discussão a partir de hoje
Pássaros não merecem prisões
Operação salva o tuturuatu, ave marinha mais ameaçada de extinção no mundo
Pandemia mexe até com os bichos
Pandemia e natureza: animais ocupam áreas urbanas vazias
Pandemia e natureza: animais silvestres ocupam áreas urbanas vazias
Entre a pandemia e o desmatamento
Capivara assustada e ferida no mar
Capivara resgatada volta à natureza
Confinamento para os homens, liberdade para os animais
A festa da Maria Mulata
O tempo bom do joão- de- barro
A volta do jacu
A visita do sabiá-ferreiro
Legado das Águas, a festa da natureza
As riquezas da Mata Atlântica
Pintor verdadeiro volta à natureza
Cativeiro: o estresse do pintor verdadeiro
Arara tem estresse em cativeiro
Projeto Papagaio da Caatinga ganha reconhecimento
Papagaio cativo: multa chega a R$ 5 mil
PM evita venda de papagaio bebê
Policial militar devolve papagaios
Papagaio passa 25 anos na gaiola
352 papagaios voltam à vida selvagem 
Temendo gavião, aposentada entrega papagaio de estimação à Cprh

Serviço
O quê: Pernambuco promove debates sobre futuro, ciência e natureza para marcar Dia Mundial do Meio Ambiente
Quando: 1 a 12 de junho de 2020
Onde: facebook.com/semaspe, facebook.com/cprhpe, youtube.com/semaspernambuco,  youtube.com/cprh_comunicacao ou instagram.com/oficialsemaspe

Programação restante da Semana do Meio Ambiente
06/06 – SÁBADO
15h – live – A arte como instrumento para a disseminação da informação ambiental
Participantes: Erica Montenegro – Brinquedista e Contadora de histórias, Paulo André Viana – Ator, Janaina Macedo – Gerente de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco – Semas/PE, Cirlene Maia – artista-educadora
Lançamento do livro virtual Versos para o Reverso, do projeto da CPRH Comunicação e Sustentabilidade
Apresentação do vídeo com a contação de histórias Herói de Sete Cores 

08/06 – SEGUNDA-FEIRA
16h – live – As vantagens de ser um criador legalizado, de acordo com o Sistema de Gestão de Criadores de passeriformes silvestres (SISPASS).
Participantes:  Iran Vasconcelos – Gerente da Unidade de Gestão de Fauna Silvestre da CPRH, Joice Brito – Chefe da Fiscalização de Fauna da CPRH.

09/06 – TERÇA-FEIRA
16h – live 8 – Conciliando o Desenvolvimento Econômico e a Proteção Ambiental
Participantes: Walber Santana – professor e coordenador de sustentabilidade da UFRPEAlberto Belo Esteves Filho – professor e coordenador do Curso de Agronomia do Instituto Federal de Pernambuco – IFPE
Carlos André Cavalcanti – Diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Eduardo Elvino – diretor de controle de fontes poluidoras da Agência Estadual de Meio Ambiente – CPRH

10/06 – QUARTA-FEIRA
16h – Live – Conservação Ambiental de rios urbanos
Luís Cometti – Analista em Gestão Ambiental da CPRH, Thiago Soares – Técnico em Saneamento Ambiental da CPRH

12/06 – SEXTA-FEIRA
14h – Live – A importância dos Zoológicos e Centros de Triagem na conservação da biodiversidade.
Participantes: Yuri Marinho Valença – coordenador do Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco – Cetas Tangara/CPRH, Paloma Bosso , Fernanda Justino – bióloga do Parque de Dois Irmãos, Paula Falbo – Gerente do Parque de Dois Irmãos
16h – Live – Desafio para gestão de Unidades de Conservação em tempos de crise P
Participantes: Cinthia Lima – gestora da APA Aldeia Beberibe, Elaine Brás – gestora do RVS de Gurjau, Joany Deodato – gestora da APA de Guadalupe

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Cprh / Divulgação

Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.