Jacarés “urbanos” liberados na Mata Sul

Não faz muito tempo – uns três meses talvez –  um cidadão chamado Luiz Araújo escreveu uma carta a um jornal do Recife, informando ter visto um jacaré à altura da Praça Fleming, no bairro da Jaqueira. “Alertei minha irmã, que mora nas redondezas e passeia sempre com sua Chia, uma cadela inocente que pode virar jantar de crocodilo”. A cena que ele assistiu não é, assim, tão incomum. Vez por outra, o Corpo de Bombeiros é acionado para resgatar animais da espécie em vias públicas. Já apareceram até mesmo em quintais.

E eles já são tão frequentes em áreas urbanas que, em alguns bairros, já viraram até animais de “estimação”, como ocorre em Apipucos, em cujo açude há um jacaré que tornou-se velho conhecido da comunidade. Durante o lockdown devido à pandemia, eles também se tornaram mais assíduos ao asfalto.  Aparecem às margens de canais ou fazem percursos por tubulações e terminam chegando onde não deviam. Nesta semana, quatro jacarés machos de espécie popularmente conhecida como jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris) foram reintroduzidos à natureza pela Agência Estadual do Meio Ambiente (Cprh). Os animais encontram-se agora em área de preservação localizada na Mata Sul de Pernambuco, onde ainda há “retalhos” de Mata Atlântica.

Antes, os jcarés ficaram no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas Tangara), da Cprh, que fica na Guabiraba, Zona Norte do Recife. Ali, passaram por processo de monitoramento, reabilitação e preparação para o retorno à vida selvagem. A ação de soltura contou com a participação de alunos integrantes do Projeto Jacaré, subordinado ao Laboratório Interdisciplinar de Anfíbios e Répteis (Liar), da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). O Projeto é coordenado pela professora Jozélia Correia, e já produziu vários trabalhos sobre esses animais.

Leia também:
Fauna urbana: Dona Noêmia e o jacaré “amigo” do Açude de Apipucos
Fauna silvestre cada vez mais urbana
A peleja de Princesa com o jacaré
Chuvas: Jacarés ganham as ruas do Recife mas Cprh os devolve à natureza
Jacarés liberados em Dois Irmãos
Chuvas levam jacarés às ruas
Resgate de jacaré desorientado no mar
Jacarés urbanos voltam à natureza
Em meio à pandemia, capivaras voltam à natureza. E outros animais também
Pandemia e natureza: Animais ocupam áreas urbanas vazias

Texto: Letícia Lins/ #OxeRecife
Fotos: Cprh / Divulgação

Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.