Festival de Teatro Rosa dos Ventres termina no Armazém do Campo com Lumiar e Palestina Livre

Noite de festa e celebração, esta sexta-feira, 22/03. Tudo para comemorar o encerramento do Festival de Teatro Rosa dos Ventres, que teve início no dia  1º de março com sucesso de público nos debates, oficinas, encenações e exibições de filmes. Depois de passar por vários palcos da cidade, o Festival se encerra no Armazém do Campo com dois espetáculos: “Lumiar” e “Sarau dos Ventres – Palestina Livre”. A apresentação começa às 19h, e o Armazém do Campo fica na Av.Martins de Barros, 387, Santo Antônio.

O acesso ao evento acontecerá através de uma contribuição voluntária (pix solidário). A noite também tem presença confirmada da DJ Cigana Cósmica e microfone aberto para mulheres que quiserem participar do sarau, que já conta com artistas (e não artistas) confirmadas: Aroanti, Alê Maria, Camila Martins, Chell Morim, Lua, Mari Longman, Mariolla, Maria L, Mayra Clara, Nathalia Queiroz e Polly Ferreira.  Lumiar é um espetáculo que busca resgatar a essência humana estimulando o acesso a memórias ancestrais através do movimento do corpo, da interação com o elemento fogo e de estímulos sonoros que dançam junto.

O ambiente criado vai, aos poucos, convidando o público a imergir em suas realidades internas, instintos e intuições, materializando e transmitindo sensações a partir da alquimia desenvolvida pela intérprete.  A dançarina Marina Mahmood utiliza materiais como bambolê, ferros e pó de serra para criar a relação com o fogo, em uma performance que inspira a potência que há dentro de todos nós, o amor, o autoamor, a magia de viver.   Com a missão de reafirmar que lugar de mulher é onde ela quiser, a 4ª edição do Festival de Teatro Rosa dos Ventres teve como tema central “Mulher, Corpo, Território: Julieta presente!”, em homenagem a Julieta Inês Hernández Martinez, conhecida como a palhaça “Miss Jujuba”, que viajava pelo Brasil em uma bicicleta quando foi brutalmente assassinada no estado do Amazonas.

Em combate a todas as formas de violência e reforçando a luta pela equidade de gênero, o Festival de Teatro Rosa dos Ventres é um marco no calendário pernambucano e nesta edição se iniciou no dia 1° de março, com as últimas apresentações e encerramento nesta sexta-feira (22). O período contou com ampla programação descentralizada de performances artísticas, sessões audiovisual, espetáculos teatrais, debates e oficinas em cidades da Região Metropolitana do Recife (RMR) e interior do Estado. O festival tem idealização da atriz, diretora de teatro e psicóloga Hilda Torres, com realização do Grupo Cria do Palco, o qual é fundadora e tem o músico e produtor cultural Márcio Santos como sócio e cofundador, contando ainda com a parceria de Áurea Luna, Anny Rafaella Ferli e Tiago Melo. Rosa dos Ventres tem o propósito de alertar e de acolher as mulheres diversas (trans, cis, plurais, de todas as formas e idades), jogando luz no protagonismo das artistas e reconhecendo a arte como um importante instrumento de disseminação de mensagens, conhecimento, educação, libertação e fortalecimento do ser mulher em sociedade.

SERVIÇO:
Celebração da 4ª edição do Festival de Teatro Rosa dos Ventres
Data: 22/03/2024

Horário: A partir das 19h
Local: Armazém do Campo (Av. Martins de Barros, 387 – Santo Antônio, Recife/PE)
Ingressos: Contribuição voluntária (pix solidário)
Atrações Especiais:
– Espetáculo Lumiar, com Marina Mahmood
– DJ Cigana Cósmica
Microfone aberto pra quem quiser chegar/Participações já confirmadas:

– Aroanti, Alê Maria, Camila Martins, Chell Morim, Lua, Mari Longman, Mariolla, Maria L, Mayra Clara, Nathalia Queiroz e Polly Ferreira.

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.