Festival de Teatro dá exemplo fazendo compensação ambiental com plantio de árvores em BH

 Festival de Teatro dá exemplo fazendo compensação ambiental com plantio de árvores em BH

Compartilhe nas redes sociais…

Gostei muito da ideia. Ainda mais porque o #OxeRecife faz campanha permanente contra o arboricídio, não só em matas e áreas de preservação, mas também no perímetro urbano das cidades, principalmente no Recife, onde a motosserra insana parece não cansar de operar a degola de nossas árvores. Vejam que exemplo bonito: o 15º FIT BH 2022 (Festival Internacional de Teatro, Palco e Rua de Belo Horizonte) reforça sua responsabilidade ambiental com o plantio, nessa quarta-feira (23/11) de nada menos de 300 mudas de árvores na capital mineira.

O plantio começou às 9h da manhã, em espaço de aproximadamente 4.500 metros quadrados, no talude do Córrego do Capão,  pertinho do Centro Cultural Venda Nova. Pelo menos, é o que os organizadores do Festival acabam de informar ao #OxeRecife. Aplausos, portanto, para  a iniciativa, pois são poucos os eventos que mostram essa preocupação. Vamos torcer para que a moda pegue, e que todos os organizadores de festas, produções culturais, de trilhas, de blocos carnavalescos etc, desenvolvam esforços para deixar nossas cidades mais verdes. O Córrego do Capão nasce no Bairro Céu Azul, percorrendo outras localidades de BH como Lagoa, Piratininga e Lagoinha, vindo a desaguar no Córrego Vilarinho.

A iniciativa do plantio “vem de acordo com o compromisso dos organizadores de neutralizar a emissão de carbono gerada na produção o festival. Conforme o FIT, isso significa que “todas as emissões de gases de efeito estufa foram quantificadas e a organização se comprometeu a fazer a compensação ambiental”. E explica:  “As principais fontes de emissões de carbono (CO2) do FIT BH estão no consumo de combustíveis fósseis utilizados em geradores de energia, preparo de alimentos, consumo de energia elétrica e, principalmente, no transporte de materiais e das pessoas”.  Após gerados os cálculos de carbono, será realizada a compensação na mesma proporção. “Trata-se de uma forma prática e simples de tornar o FIT BH mais sustentável”. Bonito, não é?

O #OxeRecife a-do-ra mostrar plantio de árvores que acontecem em várias partes do Brasil, no Interior ou nas capitais.

Os organizadores adquiriram o Selo Evento Neutro Azul pela Eccaplan Consultoria em Sustentabilidade. A escolha pela região que irá receber o plantio de árvores se deve à necessidade de cobertura vegetal no talude de área  tão castigada por  inúmeras enchentes. “O plantio as árvores no talude deve contribuir muito para infiltração da água, estabilizando o solo e evitando processos erosivos. As árvores nativas poderão ser habitat das aves na região e o reflorestamento provocará a melhora do microclima da região”, explica Sérgio Neres, gerente de Comunicação do Instituto Espinhaço.

O Córrego do Vilarinho (onde deságua o do Capão) foi transformado em avenida na década de 1970. Na Avenida Cristiano Machado, nas proximidades do Cristo Rei, o Córrego Vilarinho encontra com o Córrego Floresta, formando o Ribeirão do Izidora. Assim, o Córrego Capão é cabeceira do Ribeirão Izidora. Diante da importância da região para a bacia hidrográfica do Ribeirão Onça, localizada na região mais populosa da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, nos munícipios de Belo Horizonte, Contagem e Sabará, o plantio das mudas irá contribuir de forma significativa para ampliar as áreas de drenagem natural.  Após hiato de dois anos  – devido à crise sanitária – o FIT ocorreu entre os dias 5 e 11 de novembro ,em BH, reunindo mais de 30 espetáculos. Mas a compensação, com o plantio, está sendo feita hoje. Que a iniciativa sirva de exemplo para todo o Brasil, incluindo Pernambuco. E o Recife, principalmente!

Abaixo, você confere outras ações de plantio de árvores em vários locais não só de Pernambuco, mas do Brasil.

Leia também
Uma árvore por cada par de sapato
Das 100 milhões de prometidas, MST planta 2 milhões de árvores no país
Juntos pelo Araguaia: Plantio de mudas
Uma árvore para cada livro
Movida planta um milhão de árvores
Mata Atlântica ganha viveiro para produção anual de 100.000 mudas
Mata Atlântica ganha 300 mil árvores na Paraíba
Mata Atlântica ganha 1 milhão de árvores nativas
Mata Atlântica ganha 30 mil árvores no Rio Pinheiros. E no Capibaribe?
Mata Atlântica vai ganhar 1 milhão de árvores. Promessa da Nestlé
Em uma semana, Mata Atlântica ganha 14 mil  árvores da Levi´s e da Farm
Movida planta 1 milhão de árvores
No Dia da Árvore, o Recife ganha quatro. Mas quantas a cidade já perdeu?
No Dia da Árvore, o Recife ganha seis. Mas… quantas a cidade já perdeu?
MST: Da ocupação de terras ao plantio de 100 milhões de árvores
Reflorestamento: Paudalho e Carpina ganham 2 mil mudas
Reflorestamento com recursos de compensação ambiental
Carpina ganha árvores de Mata Atlântica
Semana do Meio Ambiente: Petrolina ganha 7 mil árvores nativas
Caatinga ganha 312 mil árvores nativas
Esforço pela preservação da caatinga
Degradado, Sertão do Capibaribe ganha ação de reflorestamento
Cabo ganha 7.450 árvores até 2022
Coca-Cola planta 600 mil árvores
Coca-Cola planta 100 mil árvores em São Paulo. Promessa era 600 mil até 2020
Cerrado ganha corredor ecológico
Esso decide plantar 20 mil árvores para proteger mico-leão-dourado
Ambientalistas preocupados: só restam 1.300 muriquis
Recife ficará mais verde até 2021
Parem de derrubar árvores (171)
Por um milhão de árvores na Amazônia
Baderna inaugura delivery de mudas, para  recompor a floresta amazônica
Baderna tem carnaval ecológico

Serviço: 15º FIT BH 2022
Compensação ambiental devido à relalização do evento, com  plantio de 300 árvores
Data: 23/11 (quarta-feira)
Local: Córrego do Capão, ao lado do Centro Cultural Venda Nova(R. José Ferreira dos Santos, 184 – Jardim dos Comerciários)
Horário: 9h

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação / FIT BH e Acervo #OxeRecife

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.