Exonerações geram críticas e xingamentos: Raquel Lyra chamada de “ovo da serpente do fascismo”

 Exonerações geram críticas e xingamentos: Raquel Lyra chamada de “ovo da serpente do fascismo”

Compartilhe nas redes sociais…

Polêmica foi o que não faltou, com a publicação do o Decreto nº 54.393 da Governadora Raquel Lyra (PSDB) que, entre outras medidas, determina exonerações de cerca de 2.700 servidores que exercem cargos comissionados na gestão estadual. Além dos protestos de entidades classistas – como Sindicato de Policiais Civis e Sindicato dos Médicos – a governadora ainda foi chamada, com claro exagero,  de “ovo da serpente do fascismo” pela sua adversária de campanha, Marília Arraes (Solidariedade). Já o Senador Humberto Costa (PT-PE) classificou a medida de “gravosa”.

O petista disse que a iniciativa “precisa ser revista”. Afirmou que Raquel teve dois meses – período de transição entre a eleição e a posse – para anunciá-las. “Os relatos que me chegam são de assombro e paralisia de diversas áreas no serviço público estadual”. A prática, no entanto, é comum nas mudanças de governo, porém não era percebida em Pernambuco, por conta dos 16 anos que o PSB passou no poder. Quando os governantes assumiam o Palácio do Campo das Princesas, mantinham ou remanejavam os que ocupavam cargos comissionados, os chamados cargos de confiança.

Marília chama Raquel Lyra de “ovo da serpente do fascismo” devido a decreto com exonerações no serviço estadual

O Diário Oficial do Estado de Pernambuco republicou, na sua edição desta quarta-feira o mesmo Decreto, porém incluindo as equipes gestoras das escolas regulares, técnicas e de referência da rede estadual de ensino na lista “de exceções às dispensas de funções gratificadas”. Com isso, segundo o Palácio do Campo das Princesas, está garantida “a normalidade dos trabalhos de matrícula e volta às aulas”. Conforme a matéria, “estão mantidas as funções gratificadas de todos os servidores elencados no Decreto nº 45.507, de 28 de dezembro de 2017: diretor, diretor adjunto, secretário escolar, educador de apoio e analista educacional”.

O governo de Pernambuco ratificou, em nota, conforme o texto da norma, que “as áreas essenciais estão resguardadas e todos os serviços que envolvem o atendimento ao público estão sendo priorizados”. E justifica: “O decreto reflete a necessidade de adoção de medidas administrativas de início de mandato, típicas de um processo real de transição, no sentido de garantir as mudanças necessárias para o Estado”. A prática é comum nas mudanças de governo, porém não era percebida em Pernambuco, por conta dos 16 anos que o PSB passou no poder.

Leia também
Governadora de Pernambuco, Raquel Lyra  exonera servidores de cargos comissionados
Raquel Lyra empossa novos secretários
Mulheres comandarão pastas estratégicas no combate à violência no governo Raquel Lyra
Eleição histórica e últimas cartas: Marília Arraes reza e Raquel Lyra faz festa no interior
Palácio do Campo das Princesas anuncia equipe de transição
Raquel e Priscila pedem intercessão a Nossa Senhora
Pernambuco tem primeira governadora eleita
Eleição histórica e últimas cartadas: Marilia Arraes reza e Raquel Lyra faz festa
Túlio Gadelha, da Rede: É Raquel cá e Lula lá
Marília: “Só existem dois lados nessa eleição. Ou a pessoa está com Lula ou Bolsonaro”
Chamar candidata de “picolé de menstruação” é misoginia
Após morte do marido e cirurgia do filho Raquel Lyra volta às ruas
Raquel retoma campanha após missa de sétimo dia 
Expectativa, recomeço do horário eleitoral gratuito e a difícil decisão de Raquel Lyra: Lula ou Bolsonaro?
Institutos de Pesquisas falharam muito acima da chamada margem de erro
Marido de Raquel  Lyra tem ataque fulminante e morre no dia da eleição

Mulheres lideram corrida sucessória
Mulheres lideram corrida sucessória para o governo e para o senado em Pernambuco
Eleições: Teatrinho em feira chega à Várzea
Eleições municipais, 2020: Pernambuco tem 1.140 fichas sujas

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Acervo #OxeRecife 

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.