Entre o forró e o direito ao pão

 Entre o forró e o direito ao pão

Compartilhe nas redes sociais…

Depois de tanta notícia ruim nos nossos trens urbanos (até assalto com morte aconteceu na semana passada),  uma coisa boa. Os passageiros em trânsito pela Estação Recife do metrô serão brindados nesta terça-feira com forró pé-de-serra dos bons. A festa começa às 16h, e  é a última edição do ano das Terças de Paz, que são atos preparatórios e convocatórios para o Ato Ecumênico de Oração pela Paz, que a Ação de Cidadania Pernambuco solidário realiza, no próximo domingo, no Parque Treze de Maio, no Centro do Recife. Na Estação, haverá um estande para receber doações.

No Parque Treze de Maio, no próximo domingo, será montada uma mesa gigante com pães e frutas, simbolizando fartura, e votos para que não faltem alimentos em nenhuma mesa nem no Natal nem em dia nenhum do ano. Lideranças religiosas de todos os credos e voluntários da campanha prometem fazer uma grande festa no dia 11. Hoje, na Estação,  vai ter o cantor e compositor Antônio Paulino, que cantará músicas de sua autoria e também grandes clássicos do Rei do Baião, Luiz Gonzaga. O cantor do Forró Pé de Serra Ari de Arimateia também estará na Estação Recife hoje.   Para  agitar o público que gosta do forró estilizado, a  banda Scooby do Forró,  marcará presença no local. E promete convocar todo o fã clube do grupo para comparecer e fazer doações.

A campanha Natal Sem Fome começou em 1993, por iniciativa nacional do sociólogo Herbert de Souza, o Betinho. Em Pernambuco teve adesão imediata do arcebispo Dom Helder Câmara que já havia criado, anos antes, a campanha Ano 2000 Sem Miséria. Nestes 23 anos de mobilizações de voluntários, milhares de famílias pobres foram beneficiadas, numa grande corrente solidária. Atualmente, a Ação da Cidadania Pernambuco Solidário é uma ONG, com sede no Parque de Exposições do Cordeiro e atua o ano inteiro em mobilizações de solidariedade, educação cidadã, cultura de paz, ética na política, valorização da mulher e apoio a crianças em risco de desnutrição. Além da Estação Recife, as doações podem ser feitas na sede da entidade, no Parque do Cordeiro, e, nos finais de semana, no Parque da Jaqueira, diante da capela da Jaqueira. Até o momento as doações ainda estão muito abaixo de anos anteriores. Doações em dinheiro poderão ser depositadas nas contas da entidade: no Bradesco, agência 1055-3, conta 9640-7, ou no Banco do Brasil, agência 3234-4, conta 5633-2.

 

 

 

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.