Encontro de patrimônios culturais pernambucanos no Paço do Frevo, com a “Capa Bode”

 Encontro de patrimônios culturais pernambucanos no Paço do Frevo, com a “Capa Bode”

Compartilhe nas redes sociais…

O carnaval ainda está longe, mas o Frevo é para sempre. E uma prova disso é o fato de que o Paço do Frevo tornou-se um dos equipamentos culturais mais queridos do Recife. E nesta semana em que é celebrado o Dia Nacional do Patrimônio Histórico (na quinta-feira, 17 de agosto), o Paço do Frevo vai movimentar o próximo  “Sábado no Paço” (19/8) com a centenária Sociedade Musical Euterpina Juvenil Nazarena, mais conhecida como Capa Bode, e que foi eleita Patrimônio Vivo de Pernambuco em 2010. E,como vocês sabem muito bem, o próprio Frevo é considerado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco, desde 2012.

Fundada em 1888 em Nazaré da Mata, na Mata Norte pernambucana, a Capa Bode é uma das principais escolas de música instrumental do interior do Estado, já tendo profissionalizado e revelado diversos instrumentistas de sopro. Para o “Sábado no Paço”, trará 25 integrantes, em evento que também pontuará o Dia Estadual de Bandas e Fanfarras, comemorado na sexta, 18 de agosto. Tendo à frente o presidente e regente João Paulo Ferreira da Hora, conhecido como Maestro Minuto, a escola reúne pessoas de todas as idades. O aluno mais novo, Gabriel, tem 13 anos, e o mais velho, Seu Gentil, 57.

Capa Bode se apresenta no Paço do Frevo, para executar programa em homenagem ao ritmo pernambucano

O próprio Maestro Minuto entrou na instituição ainda criança, com 11 anos. Sua missão, diz ele, é manter viva a tradição que compõe o patrimônio, valorizando a cultura sem descaracterizar o que foi construído por mais de um século. A apresentação começa às 16h, na Praça do Frevo, terceiro andar do equipamento cultural. Os ingressos custam a entrada do museu (R$ 10 inteira e R$ 5 meia). Os músicos vão começar o espetáculo executando alguns dobrados, gênero que se originou no passo dobrado das marchas militares, e seguirão com muito Frevo. O Frevo tem no próprio Paço, o seu Centro de Referência em Salvaguarda, reconhecido assim pelo Iphan, mantendo o ritmo vivo, inquieto e pulsante o ano inteiro.

Com o objetivo de manter vivo esse patrimônio, o Paço do Frevo também tem como missão refletir sobre como será o Frevo daqui a mais cem anos. Entre as ações de salvaguarda do equipamento, estão documentação, pesquisa, incentivo, formação e difusão das tantas existências, memórias, histórias e modos de ser e fazer o Frevo. O Paço do Frevo é uma iniciativa da Fundação Roberto Marinho, com realização da Prefeitura do Recife, por meio da Fundação de Cultura da Cidade do Recife e da Secretaria Municipal de Cultura, Já a gestão sob o Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG). Por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, tem o patrocínio master do Instituto Cultural Vale e o patrocínio do Banco Itaú e da White Martins. Conta com o apoio do Grupo Globo, Pernambucanas, Rede e Valgroup. No vídeo abaixo, você confere apresentação da Capa Bode na Quarta Mostra Canavial de Música Instrumental.


Nos links abaixo, mais informações sobre o Paço do Frevo, um dos equipamentos culturais mais amados do Recife.

Leia também
Dia de mergulhar no passo com Maestro Forró no Paço do Frevo
New Orleans e Recife: jazz e frevo
Elefante no Paço do Frevo em janeiro
Eclético, o Paço do Frevo junto a passo com o passinho
Paço do Frevo tem desconto para quem tem Passaporte Recife Vacina
Paço do Frevo tem nova escola
Um “passeio” pela cultura popular no Paço do Frevo
Museus do Recife – incluindo o Paço do Frevo- voltam a receber o público
Paço do Frevo comemora o Dia do Frevo de Bloco
Paço do Frevo tem passo e carimbó
Paço do Frevo tem Carnaval do Bita
Paço do Frevo mobiliza “Fêmeas”
Forró: o incansável maestro popular
Maestro Spok mobiliza Paço do Frevo
Semana do frevo: Spok e arrastão
Paço do Frevo tem nova troça no domingo
Óleo chega ao Paço do Frevo 
Paço do Frevo vai a Olinda
Paço do Frevo: 500 mil visitantes
“O frevo mexe com tudo” no Paço
Paço do Frevo e o Homem da Meia Noite animam o Bairro do Recife no domingo
Elefante no Paço do Frevo em janeiro
Paço do Frevo gratuito no fim do ano
Paço do frevo debate presente e futuro
Paço do Frevo: Cem por cento mulher
Paço do Frevo debate passado e futuro
Vovó Cici no Paço do Frevo
Frevo de Bloco no Bairro do Recife
Paço tem Arrastão de Frevo com Zé Puluca
Paço: frevo, forró e música psicodélica
Guerreiros do Passo “rendem” 5 mil foliões e ampliam trincheira do frevo

SERVIÇO
“Sábado no Paço”
Apresentação da Capa Bode
Sábado (19), às 16h
Na Praça do Frevo (3º andar do museu)
Ingressos: R$ 10 inteira e R$ 5 meia
Endereço do Paço do Frevo – Praça do Arsenal da Marinha, s/n, Bairro do Recife, Recife
Horários sw visitação: Terça a sexta, 10h às 17h | Sábado e domingo, 11h às 18h
Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia) – entrada gratuita às terças-feiras
*Confira aqui a política de gratuidade do museu

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Clara Gouveia e Hugo Muniz / Divulgação

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.