Em Pernambuco, mulheres ganham 11,1 por cento a menos do que os homens, revela pesquisa

 Em Pernambuco, mulheres ganham 11,1 por cento a menos do que os homens, revela pesquisa

Compartilhe nas redes sociais…

Discriminação de gênero, em pleno século 21. Em Pernambuco, as mulheres ganham 11,1% a menos que os homens. É o que revela primeiro Relatório de Transparência Salarial, documento que reúne informações de 1.509 empresas pernambucanas com 100 ou mais funcionários. No país como um todo, as mulheres ganham 19,4% a menos do que os homens.

A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 25 de março, pelos ministérios das Mulheres e do Trabalho e Emprego (MTE). Juntas, as empresas que responderam às informações solicitadas pelo governo federal, possuem 562,9 mil empregados.  A exigência do envio de dados atende à Lei nº 14.611, que dispõe sobre a Igualdade Salarial e Critérios Remuneratórios entre Mulheres e Homens, sancionada pelo presidente Lula em julho de 2023.

A diferença de remuneração entre homens e mulheres varia de acordo com o grande grupo ocupacional. Em Pernambuco, em cargos de dirigentes e gerentes, por exemplo, chega a 26,9%. No recorte por raça, o relatório aponta que as mulheres negras, embora sejam maioria no mercado de trabalho pernambucano, recebem menos do que as mulheres brancas.

Enquanto a remuneração média da mulher negra é de R$ 2.625,55, a da não negra é de R$ 3.424,96. No caso dos homens, os negros recebem em média R$ 3.007,01 e os não negros, R$ 3.796,90. O relatório também contém informações que indicam se as empresas têm políticas efetivas de incentivo à contratação de mulheres. No caso de Pernambuco, o relatório registrou que 47% das empresas possuem planos de cargos e salários; 36,2% adotam políticas para promoção de mulheres a cargos de direção e gerência; 30,7% têm políticas de apoio à contratação de mulheres; e 23,4% adotam incentivos para contratação de mulheres negras.

Apenas 16,3% possuem políticas de incentivo à contratação de mulheres LGBTQIAP+, 21,4% incentivam o ingresso de mulheres com deficiência, e apenas 5,9% têm programas específicos de incentivo à contratação de mulheres vítimas de violência. Poucas empresas ainda adotam políticas como licença maternidade/paternidade estendida (17,2%) e auxílio-creche (18,9%).

Leia também
Pernambuco: Empreendedora, Maria do Carmo da Silva faz história no Sertão do Pajeú
Mulheres  aprendem a empreender
Aproveitamento de sobras de jeans rende prêmio: “moda do futuro”
Moda sustentável na Fenearte
Moda, sustentabilidade e ação social: “Bazar Peça Perdida”
Governo vai financiar 50 por cento de cada salário gerado
Amazon inaugura estrutura gigantesca em Pernambuco
Socorro para empreendedores
Boa nova para microempreendedores
Moda pernambucana no Marco Zero
Mulheres são maioria no microcrédito
Sacolé Din Din dá prêmio “Tamo junto” a empreendedora pernambucana
Um  pedacinho de Paris em Carpina
Hotel Central, Ciça Guimarães, Dona Rosa e Arroz doce
Bora Preservar: “Tour” no Hotel Central
Pink entre cores, aromas e sabores
Annie Cake Shop: algodão doce vira sorvete
Praça de Alimentação à margem do Açude de Apipucos
A Serra Pelada de Sinha é só riqueza
A designer dessa pilha de livros 
Docecleta: a bike que virou empresa
Bom Jesus ganhará o primeiro shopping de empreendedorismo social
Grafite estimula o empreendedorismo
Onda verde: terrários viram colares
Governo anuncia R$ 10 milhões para micro e pequenas empresas
Praia: Crédito para barraqueiros e nenhuma capacitação sobre destino do lixo
Ajuda informal para os informais
Salões de beleza têm financiamentos especiais
Eventos: casas fechadas e crédito 
Praia: Crédito para barraqueiros
Vem dinheiro para quiosques da praia
Fechados na pandemia, salões de beleza têm financiamentos
Banho de mar  e quiosques são liberados
Os novos artistas da pandemia
A arte de fazer arte na pandemia
A capacidade de se reinventar
As roupinhas e máscaras coloridas da família de Francisca
Fabio: Entre a Passa Disco e a Natureza
Recife, mangue e aldeõs guaiás
Artesãs em nova loja: Arte delas

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.