Colônia de férias para autistas tem recorde de inscrições e novo cadastro será realizado

 Colônia de férias para autistas tem recorde de inscrições e novo cadastro será realizado

Compartilhe nas redes sociais…

Nota dez para o Instituto do Autismo. Aliás, nota dez não, nota 100 conferida pelo #OxeRecife, diante do belíssimo trabalho que essa entidade vem fazendo para crianças e adolescentes autistas, os quais – em grande parte – não encontram assistência adequada, e podem terminar muito prejudicados, inclusive na vida adulta.

Em 2023, o IDA está ofertando gratuitamente colônia de férias para esse público tão especial. Foram disponibilizadas mil vagas, com registro de recorde de inscrições. Em menos de seis horas, elas foram fechadas, no dia 5 de janeiro. O IDA avisa, no entanto, que vai abrir novo processo de cadastro pelo Instagram da instituição (@institutodo autismo), para lista de espera. O público alvo inclui pessoas autistas com idade de três a 17 anos.

Colônia de férias para o autismo esgotou inscrições para mil vagas em apenas seis horas, na quinta-feira.

Na grade da colônia de férias do IDA estão atividades de esportes e lazer que conciliam brincadeiras e aprendizado. Entre elas, exercícios de coordenação motora e estimulação cognitiva, além de grade esportiva com aulas de futebol, natação, vôlei, tênis e parede de escalada. Para isso, o IDA disponibilizará total estrutura profissional para um acompanhamento com o melhor nível possível. Na equipe para a iniciativa, psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, nutricionistas, musicoterapeutas, fisioterapeutas e aplicadores aba.

Todos à disposição da criançada. Acolhendo 1.000 famílias, a colônia acontece no período entre 09 e 27 de janeiro, nos turnos manhã (9h às 11h30) e tarde (13h30 às 16h), com grade especial as unidades do IDA em Boa Viagem (Rua Bruno Veloso, 52), Imbiribeira (Rua Gonçalves Magalhães, 699) e Igarassu (AC.BR-10/Norte,1500). A colônia de férias é uma iniciativa muito oportuna.  Pois, como se sabe, os autistas têm dificuldade de se adequar a novas rotinas, tornando difícil o período de férias para os pais. Afirma Kadu Lins, CEO atual do IDA:

“Um dos nossos maiores propósitos é o olhar solidário, responsável e empático para as pessoas com autismo, acolhendo crianças e adolescentes dentro de uma filosofia inclusiva e social. E, considerando a situação delicada que as famílias se encontram no período de férias escolares por conta da quebra da rotina, tomamos a decisão da realização de mais uma colônia de férias totalmente gratuita. E estamos ainda mais felizes e animados desta vez porque conseguimos ampliar a disponibilidade para 1.000 vagas, que serão distribuídas conforme procura nas nossas três unidades”.

Nos links abaixo, você confere mais informações sobre autismo e também sobre outras ações inclusivas.

Leia também
Dicas de diversão para autistas por quem entende do assunto
Colônia de férias para autistas
Casa Azul  para atender autistas em Macaparana vira exemplo a ser seguido
Olhar para as diferenças: Crianças deficientes do Agreste e do Sertão ganham transporte especial
Praia sem barreiras retorna a Boa Viagem no Dia Internacional da Pessoa com deficiência
Relançado, Pernambuco Conduz facilita a vida das pessoas com deficiência
Praia sem Barreiras: 10 mil pessoas deficientes com direito a banho de mar
União Mãe de Anjos em fotografias
Dia “D”: emprego para deficientes
Renata Tarub: dança e inclusão social
Deficientes com vez no desfile do Galo
O carnaval inclusivo do Recife
Carnaval inclusivo na Rua da Moeda
Carnaval inclusivo Recife Antigo
Abertura do carnaval: inclusão, frevo, brega, samba, pífano e música eletrônica
Isso é muito bom: carnaval inclusivo
O frevo inclusivo de Werison
O ser humano encantado do frevo 
Música para Surdos: é o som da pele
Os incríveis batuqueiros do silêncio
Carnaval sem barreiras em Boa Viagem
A luta por inclusão e acessibilidade
 Campanha por escola inclusiva
Óculos trilíngues facilitam leitura para cegos
Síndrome de Down: despertando talentos
Cultura inclusiva em curso gratuito
Com o coração se faz uma canção
Síndrome de Down: Expedição 21
Portadores de Down ganham curso de jornalismo em PE
Saga de Bruno em cordel
Festa inclusiva no Parque da Jaqueira
Com respeito construímos a igualdade
Bruno, exemplo a ser seguido
Bruno, exemplo para todos
Encontro na estrada: passeio inclusivo
Caminhada para cadeirantes fez sucesso
Jovens da Apae mostram talentos
Macaxeira tem parque inclusivo
REC Férias inclusivo na Zona Norte

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Fausto Júnior / IDA / Divulgação

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.