Centro de Criação Galpão das Artes faz bazar solidário para reforçar programa educativo

Pensem em uma instituição para trabalhar. Não parou nem mesmo durante a pandemia, quando arrecadou recursos para distribuição de cestas básicas às famílias dos seus alunos e também a artistas de circos mambembes do interior, que amargaram muitas dificuldades devido ao isolamento social. Localizado em Limoeiro – a 77 quilômetros do Recife – o Centro de Criação Galpão das Artes está encerrando 2022 com resultados a mostrar. Distribuiu 1.143 livros e 670 cestas básicas, e circulou por oito cidades de Pernambuco, com seu grupo de teatro, alcançando 4.956 espectadores.

Mas não foi só isso. Além de conquistas e premiações em anos anteriores, em 2022 o Galpão conquistou o Prêmio Roberto de França Pernalonga de Teatro, na categoria Espetáculo Adulto, com a peça “O peru do cão coxo”. O prêmio foi concedido pela Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE). Também venceu a terceira edição do Prêmio Graça Beltrão – Giral (Desenvolvimento Humano e Local), de Glória de Goitá, município conhecido como a capital estadual do mamulengo. O Galpão tem parceria com o Museu do Mamulengo de Glória do Goitá, mantendo apresentações constantes desse brinquedo popular em sua sede, em Limoeiro (ver mais informações nos links abaixo).

Galpão das Artes faz resgate social e cultural em Limoeiro e realiza bazar para garantir programa de arte educação

Em 2022, a premiação abordou “Educação: novos jeitos, tempos e lugares”, com o objetivo de premiar os melhores textos de estudantes e professores de instituições públicas ou organizações da sociedade civil. O Galpão, como se sabe, trabalha o resgate cultural e social de jovens e até de adultos, no município de Limoeiro, através da valorização da cultura popular do Nordeste. De parabéns, portanto, o seu criador e diretor, Fabio André. Nesse sábado (3/12), o Galpão das Artes faz seu quarto bazar, em prol do Programa Arte e Educação, na sede do próprio Centro, que fica na Rua Vigário Joaquim Pinto, 465, Limoeiro.

Aproveite! Os precinhos são bons (a partir de R$ 3)  e você ainda colabora com uma causa social. A renda alcançada será destinada à continuidade das ações daquela iniciativa até dezembro deste ano. O Programa Arte Educação atende a 25 famílias, incluindo um coletivo de crianças. Elas são assistidas com práticas que vão da confecção de brinquedos populares ao incentivo à leitura e à escrita.  Entre as doações que serão comercializadas no Galpão das Artes encontram-se: vestidos, calçados, saias, blusas, acessórios e brinquedos,  que foram cedidos pela comunidade, por amigos e admiradores do trabalho desenvolvido no Galpão.

Leia também
Parceria entre Galpão das Artes e Museu do Mamulengo rende frutos
Galpão das Artes ganha livro
Galpão das Artes e outras instituições ganham condecoração Paulo Freire
Histórias  para voar chegam ao Recife
Cultura Popular:  Galpão das Artes e Museu do Mamulengo firmam parceria
Começam as visitas guiadas ao menor museu do mundo
Galpão das Artes traz de volta o teatro de lambe-lambe
Galpão das Artes ganha prêmio, melhora a sede e ajuda famílias carentes
Pandemia: Galpão das Artes faz live para ajudar circos em crise no interior
Galpão das Artes faz a festa em Limoeiro
Galpão das Artes faz concurso de desenho
“Se eu soubesse escrever”
Galpão das Artes e brinquedo popular
O menor museu do mundo
Não perca “O Peru do Cão Coxo”
Teatro: Baile no Recife e o Peru no interior
Mestre Titinha ganha documentário
A trágica morte de Mestre Saúba
Mamulengos contam a própria história
Mamulengo Risadinha é o primeiro grupo infantil do teatro de bonecos
“Vaquinha” para presépio de mamulengo em Glória do Goitá
Mais mamulengo menos Barbie
O adeus de Zé de Vina
Em meio a tanta tristeza só mesmo um mamulengo para nos fazer sorrir
Zé de Vina, mestre mamulengueiro ganha homenagem em Glória do Goitá
Mamulengueiros tradicionais se rendem ao mundo virtual
Bonecos fazem a festa em Casa Forte
 Dia do Artesão: Viva Miro dos Bonecos
Resgate do mamulengo pernambucano
Fotógrafos documentam mamulengos
“Para tocar o coração das pessoas”
A festa mágica dos bonecos
Poço das Artes: Música e Mamulengos
Zona Norte tem  Bossa Nova, samba, jazz e mamulengo
Mamulengo, fado, choro e economia criativa
Tacaruna: Exposição de “bonecos gigantes de Olinda” que, no entanto, são do Recife
Bonecos gigantes: Não confunda alhos com bugalhos
Bonecos gigantes: Crise de identidade
A festa do trio de bonecos gigantes
Bora Pernambucar chega ao fim com encontro de bonecos gigantes
Zé Pereira festeja cem anos no Recife
A Zé Pereira, com festa e com afeto
Mão Molenga no Ricardo Brennand
Sesc prorroga expô do Mão Molenga
Mão Molenga é um sucesso
O Mané Gostoso de Saúba
Galpão das Artes faz a festa em Limoeiro

Olinda entra na festa dos bonecos
Aos 62, boneca Barbie vira verde e é feita com plástico reciclado
Livro: Pernambuco  é campeão em manifestações culturais registradas pelo Iphan

Serviço
Evento: Bazar do Galpão das Artes em prol do Programa Arte e Educação da entidade
Onde: Rua Vigário Joaquim Pinto, 464, Limoeiro, Agreste de Pernambuco
Quando: Sábado, 3 de dezembro
Horário: 8h30m ao meio dia

Texto e fotos: Letícia Lins/ #OxeRecife

Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.