Centro Cultural Cais do Sertão: Quinteto Violado e Luiz Gonzaga

Já funcionando apesar da pandemia – mas com todas as precauções sanitárias necessárias – o Centro Cultural Cais do Sertão tem um bom motivo para você ficar em casa, na quarta-feira, 2 de dezembro. É que o convidado da faixa semanal Conexão Cais é Marcelo Melo, membro fundador e integrante do Quinteto Violado, que está completando 50 anos no mercado fonográfico. Através da live no Instagram@caisdosertão, o músico abordará a importância e o legado de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião.

Referência na música pernambucana desde a década de 1970, o Quinteto Violado coleciona prêmios, discos e histórias para contar. E são curiosidades que dão o mote de mais uma edição do Conexão Cais, que, dessa vez, está sob o comando do músico-educador Diogo do Monte. O músico Marcelo Melo relembra detalhes do processo criativo das composições do conjunto musical, as parcerias inusitadas e toda a trajetória no mercado, além de saudar o centenário de Luiz Gonzaga, cuja memória é preservada pelo Cais do Sertão.

Marcelo Melo (c), do Quinteto Violado, falará sobre a trajetória do grupo e sobre a herança deixada por Luiz Gonzaga.

“Do acervo ao projeto arquitetônico, todo o museu foi pensado para reproduzir o Sertão composto e cantado por Gonzagão. Neste mês, dedicamos programação online para exaltar o centenário do artista, o seu legado na música e a influência na individuação musical dos artistas da terra”, comenta Diogo.

Todo o acervo museal e o projeto arquitetônico, ao qual foi digno de prêmios internacionais em 2019, podem ser contemplados por turistas e visitantes nos seguintes horários de funcionamento: quintas e sextas-feiras, das 11 às 17h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h. O Centro Cultural Cais do Sertão é um equipamento gerido pela Secretaria de Turismo e Lazer e Empetur.

Leia também:
Dia da Criança no Cais do Sertão
Cais do Sertão mostra arte de J.Borges
Fechado, Cais do Sertão movimenta programação virtual
Lampião e seu cangaço fashion e social
Massacre de Angicos em palco ao ar livre
Duas costureiras e dois maridos: um cangaceiro e um gay
Filme gratuito na Academia Pernambucana de Letras
Cantadores: Bolsonaro é a marca do passado
Livro conta lendas do Sertão
Memórias afetivas, praia do Sertão, rendas de bilro e primeiro amor
O Sertão no Coração de Pedra de Carol
No Sertão, na trilha de Lampião
O bode dançarino do Sertão
É sempre tempo de reisado no Sertão
Missa do Vaqueiro: do Sertão ao Cais
Os misteriosos tabaqueiros do Sertão
Caretas, caiporas e tabaqueiros

SERVIÇO
Conexão Cais com Marcelo Melo (Quinteto Violado)

Onde: IG @caisdosertao
Quando: Quarta, 02/12
Horário: 15h
Visitação do museu: quintas e sextas-feiras, das 11 às 17h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada)
Endereço: Av Alfredo Lisboa, Armazém 10, Bairro do Recife

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Cais do Sertão / Divulgação

Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.