“Cantautor no Teatro Santa Isabel, com o show “Linhagens: Zeh Rocha, 50 Anos Musicais”, no sábado

 “Cantautor no Teatro Santa Isabel, com o show “Linhagens: Zeh Rocha, 50 Anos Musicais”, no sábado

Compartilhe nas redes sociais…

O sábado  com certeza é de Zeh Rocha, que conheço desde os tempos do curso de jornalismo, na Universidade Católica (Unicap), naquela época o único que existia no Recife. Éramos todos jovens, com muitos projetos e sonhos. No caso de Zeh, sempre com o violão ao lado. Agora, o “cantautor” e compositor está completando meio século de estrada  e comemora em grande estilo, com o show “Linhagens: Zeh Rocha, 50 Anos Musicais”, espetáculo que acontece a partir das 20h do dia 16 de março, no Teatro Santa Isabel.  Figura queridíssima no Recife, ele merece casa cheia.

Definido como “um artista atemporal” que “se faz presente de maneira renovada a cada época”, Zeh marca presença com suas canções no repertório de artistas locais e nacionais, como Lenine, Elba Ramalho,  Maciel Melo, Geraldo Maia, Geraldinho Lins. E ainda: Boca Livre, Grupo Flor de Cactus, Trio Asas da América, Céu da Boca, Quenga de Coco. Também tem como parceiros Juliano Holanda, Bráulio Tavares, Jessier Quirino, entre outros. No currículo, CDs como “Festejos”; “Loas, luas e lendas” e “Tear”. E ainda o DVD “Transfinito”. Recentemente foi homenageado na Câmara Municipal do Recife pela sua contribuição à música popular brasileira.

Para o show do Teatro Santa Isabel, ele canta acompanhado por  Eugênio (percussão), Alex Mono (guitarra),  Eliano Macedo (baixo),  Márcio Oliveira (trompete), Renato Bandeira (guitarra semiacústica e viola). E ainda Anastácia Rodrigues (cantora). A direção artística e musical do espetáculo é do próprio Zeh Rocha, com produção executiva de Jeanne Duarte. O figurino é de Magna Coeli (Refazenda). Fernando Kehrle e Alex Mono assinam a cenografia e a direção de palco respectivamente. Entre as entidades que deram apoio à iniciativa, estão a Cepe, Bar Teatro Mamulengo, Loja Refazenda, Astral Veículos, Sindicatos dos Bancários e o dos Metroviários; e o próprio TSI.

Veja, abaixo, a convocação do artista e nos links do Leia também, mas informações sobre a cena musical pernambucana

Leia também
Zeh Rocha é homenageado na próxima edição do Sarau Boa Vista, no Largo de Santa Cruz
Casa de Dulcineia tem encontro “Vem cantar” com microfone aberto e Zeh Rocha como convidado
Pabllo Moreno faz show gratuito no Teatro do Parque
Conheça a cantora Dora Martins, 17 anos que lança seu primeiro álbum
Pabllo Moreno e a Gestação da Terra
Pabllo Moreno, do baião ao blues
Dia Internacional da Mulher: conheça a cantora Dora Martins, 17, que lança o primeiro álbum
Noite promete: Cantores Almério e Martins no Teatro Guararapes
Martins brilha no rio sob o sol
Almério, Claudionor, Nonô, Nena Queiroga e Caboclinhos
Almério desempenha na Bahia
Desempenha, Almério, você vai longe
Almério e Silvério no Marco Zero
Almério é um absurdo
Música: Martins brilha no rio sob o sol
Arthur Philipe trocou a carreira camerística pela música popular
Geraldo Maia no Teatro do Parque
O Pirata José, de Bia e Alceu
Cesta de música: MPB,blacke lgbtqi+
Auto da Compadecida vira ópera
Música no Palácio atrai bikes e andantes
Maestro Spok é homenageado
Pernambucano divide palco com tabla de ZakirHuassain em Los Angeles
Diva Menner no Baião de Dois
Blues Jeans: Negro em cada canto mostra presença afro nas Américas
Capiba, gênio da música, ganha espetáculo em oito ritmos
Pátio de São Pedro: Dia de sextar com Josildo Sá
Forrozeiro bom e no samba de latada, Josildo Sá levanta a poeira no Tacaruna
Josildo Sá canta em todos os ritmos
Josildo Sá e Silvério Pessoa, o encontro do carnavial com a caatinga
Geraldo Maia canta Chico Buarque no Poço das Artes
Geraldo Maia canta e encanta no Poço das Artes
Geraldo Maia comemora aniversário : Pavão Misterioso e Lamento sertanejo
Poço das Artes: Geraldo Maia canta o Nordeste e Portugal
Os 60 anos de Geraldo Maia no Poço da Panela: “A minha história sou eu”
Geraldo Maia: voz e violão no Poço
Poço das Artes: NoelRosa por Walmir Chagas esgota reservas e tem sessão extra no domingo
Geraldo Maia canta e encanta

“Tapioca com Shark” no Poço das Artes
Poço das Artes: jazz, mpb, música portuguesa
Orquestra Pernambucana de Clarinetes anima Poço
Blues no Poço da Panela
Contracantos e contraventos no Poço
Chorinho e jazz “nordestino” no Poço
Maísa e dois rodrigos: álgebra musical

Serviço
Show “Linhagens Zeh Rocha -50 anos Musicais” e relançamento do livro  de poesias “Circunavegasons”
Quando: sábado, 13 de março
Horário: 19h (relançamento do livro) e 20h (show)
Onde: Teatro Santa Isabel, Praça da República, …., Santo Antônio, Recife
Ingressos antecipados: (81-993344135).
Preços: R$60 (inteira) e R$ 30 (meia)

Texto: Letícia Lins  / #OxeRecife
Foto: Divulgação

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.