Bairro da Madalena, na Zona Norte, torna-se o único do Recife a ter duas praças da infância

Mais uma praça da infância no Recife, a sétima implantada na capital pernambucana, dessa vez na Madalena, Zona Norte da cidade. O bairro é o único da capital a contar, agora, com  duas praças da infância, modelo – aliás – que vem se transformando em case de sucesso, pois a meninada adora. Inaugurada no final de semana, ela resulta de intervenção paisagística na antes degradada Praça Eça de Queiroz, localizada na  esquina da Rua Visconde de Albuquerque com a Desembargador Salazar.

A nova praça custou R$ 890 mil aos cofres públicos. O valor inclui infraestrutura, brinquedos e demais componentes. As obras foram executadas pela Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb).  A Praça da Infância da Madalena tem área de 2.035,75 m². O projeto a potencializa como lugar de brincadeira para as crianças e ponto de encontro e lazer para os demais públicos, requalificando um espaço já apropriado pela comunidade.

Bairro da Madalena tornou-se o primeiro do Recife a contar com duas praças da infância. Cidade tem sete.

Entre os brinquedos instalados estão toras em madeira, casa silo, balanço, gira gira inclusivo, pula pula embutido, escorrego e muro escalada. “Temos que entregar espaços públicos de qualidade na cidade inteira e a Praça da Infância é um símbolo disso. Estamos espalhando esses equipamentos no Recife com um conceito construtivo inédito, desde a parte paisagística, até a iluminação e brinquedos. Vemos as pessoas cada vez mais caminhando, utilizando, brincando e, principalmente, convivendo nos espaços públicos, que é o mais importante”, ressaltou o prefeito João Campos (PSB), durante a inauguração.

A Madalena passou a ser o único bairro do Recife a contar com duas praças da Infância, pois antes da Eça de Queiroz, já havia sido inaugurada, uma outra, no Compaz Miguel Arraes, localizado na Avenida Caxangá, também na Madalena. A nova praça fica pertinho do mercado público do bairro. Os outros  beneficiados foram:  Encruzilhada ( o primeiro) Também já contam com praças da infância: San Martin; no Ibura; a comunidade Entra Apulso, em Boa Viagem; e Tejipió. Também já estão em obras as unidades do Córrego do Morcego, Jardim América e Parque Treze de Maio.

Nos links abaixo, você confere informações sobre praças da Infância, praças na Madalena e em outros bairros do Recife.

Leia também
Sexta praça da infância é em Tejipió
O Recife ganha a quarta Praça da Infância
O Recife ganha a terceira Praça da Infância, dessa vez em San Martin
Tá Aprumado Praças entrega mais uma área revitalizada
Prefeito inaugura segunda Praça da Infância
Recife ganha sua primeira praça da Infância
Comunidade Entra Apulso vai ganhar praça
Praça  da Árvore é a primeira com jatos d´água saindo do piso no Recife
O Sertão urbano do Recife no Benfica
Praça cada vez pior na Madalena
Reforma na Praça Solange Pinto, no entorno do Mercado da Madalena
Mercado da Madalena e Praça Solange Pinto exigem mais cuidado
Recife, terra de ninguém: Praça ganha um chiqueiro e ninguém faz nada
Praças viram terra de ninguém no Recife
A calçada é de quem, na Madalena?
Festival Cachaça na Praça  na Eça de Queiroz
Eça praça é  mesmo nossa
Vamos lá? Eça praça é mesmo nossa
…………………..
Tá aprumado praças entrega mais uma, no Alto José do Pinho
Decadência na Praça da Independência
Depois da omissão desastrosa na gestão anterior, Prefeitura lança programa “Tá aprumado Praças”
Praça Miguel de Cervantes, na Ilha do Leite, sucumbe ao breu e à insegurança
Praça Miguel de Cervantes ganha calçada nova e sinalização horizontal
Parques e praças serão os locais mais frequentados na pós pandemia
Praça Tiradentes é exceção da regra
Cadê o gramado da Praça do Arsenal?
Decadência na Praça da Independência
Praça Maciel Pinheiro pede socorro
Histórica, Praça Maciel Pinheiro vive a decadência e o abandono
Praça Maciel Pinheiro: falta grama e sobra lixo
Praça Maciel Pinheiro pede socorro
Sessão Recife Nostalgia: a Praça Maciel Pinheiro de Henry Fonda e Tia Teté
Histórica, Praça Maciel Pinheiro vai de mal a pior
Praça Dom Vital parece um ninho de rato
Praça Dom Vital em petição de miséria
Praça Dom Vital fica pronta esse mês
Nova paisagem em São José
Sessão Recife Nostalgia: Quando a Praça do Derby era um hipódromo
Mobilização nas redes sociais contra abandono das praças do Recife
Projetada por Burle Marx, Praça do Largo da Paz vive a sujeira e o abandono
Praça do Arsenal de fonte luminosa
Cadê o gramado da Praça do Arsenal?
Jardins históricos. Cadê o comitê gestor:
Praça da Várzea revitalizada porém descaracterizada
Praça da Várzea passa por reforma depois de longo tempo abandonada
Jardins históricos detonados
O Sertão urbano do Recife no Benfica
Praça cada vez pior na Madalena
Reforma na Praça Solange Pinto, no entorno do Mercado da Madalena
Decadência na Praça da Independência
 Capiba merece coisa melhor do que uma praça abandonada
Praça Nelson Ferreira não é mais assim. Quer saber como ela ficou?
Praça José Vilela não é mais assim. Sofreu um atentado estético

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Helia Scheppa / PCR / Divulgação

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.