Arte Urbana: Novo mega mural na Avenida Conde da Boa Vista homenageia Aurinha do Coco

 Arte Urbana: Novo mega mural na Avenida Conde da Boa Vista homenageia Aurinha do Coco

Compartilhe nas redes sociais…

A presença da arte urbana cada dia cresce mais no Recife. Temos agora um mega mural   no centro da cidade. Dessa vez homenageando  importante figura da cultura popular de Pernambuco: Aurinha do Coco, que encantou-se em 2021. O novo painel – “Raízes Mestras do Coco” –  cobre treze andares na lateral do Edifício Rostand, que fica na Avenida Conde da Boa Vista, número 569 daquela movimentada via. O trabalho tem a assinatura das artistas  Inah e Bubu. E a diferença em relação aos outros painéis espalhados na cidade é que este foi produzido com pigmentos naturais.

 A artista visual Inah também é Técnica Agroecologia, e é adepta desde 2017 do método conhecido como “geotinta”, que mistura pigmentos minerais e naturais para usar em obras de arte e causar o mínimo de impacto ambiental.de 2017. A técnica de geotinta também foi usada nesse trabalho de Inah, após ter colhido barro em várias tonalidades em áreas diversas do Grande Recife.  Esse é um dos motivos pelos quais o painel de Inah não tem cores berrantes como os trabalhos dos demais grafiteiros.  Por usar pigmentos naturais, a artista abusa de tons pastéis que lembram as cores da terra. Mais conhecida por Bubu, Bruna Alpoim é pernambucana, residente do Pina, bairro da zona sul do Recife. Escritora urbana, muralista, artista visual, que expressa suas ideias por meio das letras, criando uma tipografia única, passando sempre uma ideia reflexiva, política e artística.

Inah e Bubu assinam o mais novo mega mural do Centro da Cidade em homenagem a Aurinha do Coco.

“Toda a parte escrita da pintura é de responsabilidade dela, e é de grande importância deixar registrada nossa homenagem aos outros grandes nomes de mestres e Mestras do Coco de Roda de Pernambuco.”, ressalta Inah. O trabalho da dupla tem apoio da Galeria Marco Zero e da Secretaria Executiva de Inovação Urbana do Recife, através de Edital de Credenciamento para Realização de Intervenções Artísticas em Empenas Cegas. Até o momento, 24 projetos que retratam o tema “Recife Cidade da Música” foram classificados, dos quais cinco foram concluídos. E um está em andamento.

O valor pago pelos serviços prestados é de R$ 75 mil, correspondente ao tamanho padrão da empena de 200 (duzentos) a 400 (quatrocentos) metros quadrados – ficando sob a responsabilidade do proponente credenciado a totalidade dos custos referentes ao planejamento e a execução  das intervenções artísticas em empenas cegas (fachadas sem aberturas) de edifícios de visibilidade pública no Recife. A grafitagem  com certeza deixa a cidade mais alegre, embora a situação do centro da capital pernambucana deixe muito a desejar.

No mega mural sobre Aurinha do Coco, Inah deixou com Bubu a responsabilidade por todas as inscrições

Leia também
Olha! Recife: Circuito afro, arte urbana, cidade da música e passeio de barco no Rio Capibaribe
Com previsão de entrega só e 2024, Ponte Princesa Isabel ganha intervenção com arte urbana
Bairro de Santo Antônio ganha mural de arte urbana
Arte urbana volta a marcar presença no centro do Recife
Demanda em curso de arte urbana nas alturas é tão grande que Prefeitura repete a dose 
Grafiteiros ganham curso para aprender a trabalhar nas alturas sem risco de acidente
Rua do Riachuelo: Edifício Almirante Barroso ganha megamural com a temática afro do maracatu
Colorindo o Recife: Morro da Conceição se transforma em galeria de arte a céu aberto
Arte urbana quebra aridez de estacionamento do Plaza Shopping
Rafa Mattos: Plante amor, colha o bem
No Dia do Ciclista, Rafa Mattos, do Plante amor, colha o bem faz painel em bicicletário do Plaza
Arte urbana: Projeto Colorindo o Recife deixa as ruas mais alegres no centro
Guarda Municipal interrompe ação de grafiteiros
Arte urbana: Depois de incidente com guarda municipal, passe livre para grafiteiros
 Aurora  das estrelas em escola invisível para moradores da Aurora
Calma gente, o caranguejo gigante não saiu da Aurora
Caranguejo gigante voltou ao seu lugar
Prefeitura abre edital convocando artistas
Intervenção urbana com festa de luzes e cores
Grafite estimula empreendedorismo
Grafitagem na pista de skate da praia
Grafitagem contra o vandalismo
Grafitagem inibe pichadores no Recife
Vamos de arte urbana no Olha! Recife
Colorido degradê na Ponte do Pina
Rafa Mattos: plante amor, colha o bem
Espaço R.U.A vira Rua dos Amores
Arte urbana e economia criativa no R.U.A
Que tal turismo nos morros coloridos?
Mais Vida nos Morros na Iputinga
O arejado Programa Mais Vida nos Morros se amplia
UR-10 tem Mais Vida nos Morros
Mais Vida nos Morros: Lagoa Encantada em evento internacional
Mutirão mega no Mais Vida nos Morros
Mais Vida nos Morros ganha prêmio
CurioCidades: o Recife turístico e afetivo de 40 fotógrafos
Nova fase para o Mais Vida nos Morros
Barco, caminhada e Mais Vida Teimosa
Centro do Recife precisa de mais vida
Laboratório da Paz transforma morros
Alto Sustentável completa cinco anos
Alto José Bonifácio está mais colorido
Morros começam a ganhar hortas
Troque uma muda por uma ideia
Mais Vida nos morros do Vasco
Que tal turismo nos morros coloridos?
ONU de olho no Mais Vida nos Morros
Túlio Ponzi e o Mais Vida nos Morros
A paisagem colorida do Córrego do Jenipapo
Mais Vida nos Morros se amplia
Praça alegre colorida na Mário Melo 
A rua também é nossa
Culinária sustentável: Iguarias com cascas de banana, bagaço de coco
O lixo que virou lixeira
A democrática mais vida teimosa
Centro precisa de “Mais vida”

Serviço
Mural urbano “Raízes Mestras do Coco”, por Ianah e Bubu
Onde: Avenida Conde da Boa Vista, nº569 – Boa Vista, Recife. – Edifício em que se localiza a Drogaria São Paulo, quadra ao lado do Shopping Boa Vista.

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Uenne / PCR

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.