Armazém do Campo: Feira da Reforma Agrária vai acontecer todos os sábados no Centro do Recife

 Armazém do Campo: Feira da Reforma Agrária vai acontecer todos os sábados no Centro do  Recife

Compartilhe nas redes sociais…

Depois de transformar-se em ponto de encontro  e festa – principalmente dos setores de esquerda – o Armazém do Campo realiza nesse momento a Feira de Reforma Agrária de Pernambuco, com venda de produtos oriundos de acampamentos e assentamentos do MST. A iniciativa marca os quatro anos da quitanda, que funciona na Avenida Martins de Barros, no Centro, de frente para o Rio Capibaribe. A feira passa a acontecer todos os sábados, somando-se a outras que ocorrem no Recife, para venda de produtos sem resíduos tóxicos.

Entre os produtos oferecidos estão: frutas, verduras, mel, legumes, carnes, raízes, artesanatos, tudo vindo de várias regiões do Estado. Durante a pandemia, o Armazém do Campo prestou grande solidariedade às populações de rua, que ficaram ainda mais vulneráveis com o isolamento social, distribuindo alimentos e marmitas no Centro da cidade. A Feira do MST ocorrerá todos os sábados, com direito a comidinhas típicas, café da manhã, podendo rolar até um sambinha.

Segundo Jaime Amorim, da Coordenação do MST, a feira é a primeira de outras, permanentes, com o objetivo de “permitir que as pessoas da cidade possam adquirir e comprar produtos da reforma agrária, alimentos saudáveis para o povo brasileiro”. No vídeo abaixo, você confere o que diz o líder do MST. Além do foco na comercialização de produtos, o MST tem, também, se dedicado ao plantio de árvores, reflorestando áreas devastadas, marcando posição em defesa do meio ambiente no país.

Leia também
Extrema direita dissemina fake news culpando MST pela destruição do relógio doado por Dom João
MST mobiliza assentamentos e sociedade para levar mesa de natal farta aos famintos
Grupos de extrema direita invadem a sede do centro de treinamento do MST: mito e suástica
Lula chega ao Nordeste, visita políticos e vai ao MST
Grupos de extrema direita invadem sede de centro de treinamento do MST: mito e suástica
Além de Pernambuco, MST elege cinco deputados
MST prepara a Marcha dos Excluídos
Das 100 milhões de árvores prometidas MST planta 2 milhões
MST: Da ocupação de terras ao plantio de 100 milhões de árvores
Milícia privada, MST e ação solidária
Trilhas da Democracia com o MST
Lula  chega ao Nordeste, encontra-se com políticos e vai ao MST
Encontro Quintais do Capibaribe explora hortas comunitárias
Prêmio  para quintais agroecológicos
Campanha “Tenho sede” rende frutos
Crise hídrica: “Tenho sede e essa sede pode me matar”, adverte Gilberto Gil
Caetés, onde lula nasceu e “tinha lombrigas” ganha cisternas e água purificada com uso de sol
Dia do Agricultor: Agricultura com “gosto de sangue”?
Trilhas da Democracia com o MST
MST: Da ocupação de terras ao plantio de 100 milhões de árvores
O levante dos camponeses e a triste memória da ditadura em Pernambuco
Entre a cidania e o retrocesso: “Vacina no braço, comida no prato” 
Sobre feiras agroecológicas e defensivos agrícolas:
Mais alimentos saudáveis na mesa dos pernambucanos: 121 feiras  agroecológicas
Pernambuco tem o maior movimentos de feiras orgânicas do Nordeste
Faça a feira sem veneno
Com tantos venenos liberados no Brasil, cuidado com o que você come
O Brasil está virando o rei do veneno
Fome, tortura, veneno e maniqueísmo
Agricultura, veneno e genocídio
A fome no Brasil é uma mentira

A fome no Brasil é uma mentira?
A mentira da fome e a realidade no lixão do Sertão que comoveu o Brasil
 Casa Forte: Atrapalho em feira orgânica
Para tocar o coração das pessoas
Casa Forte sem feira paralela
Reforço para pequenos produtores
Hortas orgânicas crescem nas escolas
Refazenda lança Coleção Cor de Agrião em feirade produtos orgânicos
Festivas, feirinhas estão de volta
Culinária sustentável: Iguarias com casca de banana

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Acervo #OxeRecife/ MST
Vídeo: MST Divulgação

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.