Anfiteatro do Sítio da Trindade ganha mural sobre a cultura popular do Recife

Pouco utilizado – só tem muito movimento durante a Semana Santa, quando ali é encenado o espetáculo “Paixão de Cristo de Casa Amarela” – o anfiteatro do Sítio da Trindade acaba de ganhar, pelo menos, um novo colorido. E que vem se somar às intervenções com arte urbana que marcam atualmente ruas e prédios do Recife.

É que o teatro ao ar livre foi revitalizado e suas paredes ostentam painel intitulado “Recife, Matriz da Cultura Popular”, criado pelo artista Gustavo Lopes. A obra celebra a rica cultura pernambucana, retratando manifestações tradicionais como La Ursa, o passista de frevo, o bumba meu boi, a ciranda de roda e o pastoril, além de destacar o brega funk e o hip-hop, exaltando a cultura das periferias e dos morros.

Elementos da cultura popular ganham homenagem no Sítio da Trindade: do caboclo de lança ao hip-hop

A revitalização foi feita pelo Programa Tá Aprumado, da Prefeitura do Recife. E resulta de parceria entre a Secretaria Executiva de Inovação Urbana (que promoveu melhorias no piso e nas arquibancadas); a Secretaria de Cultura e a Fundação de Cultura Cidade do Recife.  A ação também tem apoio de Tintas Coral e Cimento Forte.

O espaço presta, ainda, homenagem a Miguel Arraes, que, durante sua primeira gestão como prefeito do Recife em 1960, criou o Movimento de Cultura Popular (MCP), integrando Educação e Cultura, com uma dinâmica transformadora, baseada no fortalecimento da cidadania, das manifestações populares tradicionais, na formação inspirada na realidade vivida. O MCP reunia um grupo de jovens idealistas que, depois, ficariam famosos, como o educador Paulo Freire, e os  artistas Abelardo da Hora e Francisco Brennand.

A arquibancada do anfiteatro do Sítio da Trindade ganha novas cores também.

O Sítio da Trindade é um território histórico, onde no século 17 funcionou o Arraial Novo do Bom Jesus, construído para enfrentar os invasores holandeses. Nos anos 60 do século passado, abrigou o Movimento de Cultura Popular (MCP), durante a gestão do então Prefeito do Recife, Miguel Arraes, motivo pelo qual o anfiteatro presta homenagem ao também ex-governador. Arraes (1916-2005) foi governador de Pernambuco por três vezes. O Sítio abriga, ainda, o Memorial da Democracia, que conta a história pelo lado de lideranças que lutaram contra as ditaduras, incluindo a de 1964. Durante o período junino, ele se transforma no mais tradicional arraial do Recife.

Nos links abaixo, você tem mais informações sobre o Sítio da Trindade e também  sobre arte urbana no Recife.

Leia também
O que será esse pacote vermelho em frente ao Memorial da Democracia no Sítio da Trindade?
Bora Preservar: a tripla importância histórica do Sítio da Trindade
Pioneiro no Brasil, Memorial da Democracia mostra acervo de atrocidades cometidas na ditadura
Sítio da Trindade: Memorial da Democracia, único do Brasil, ganha reforço e expande serviços
Chalé do Sítio da Trindade, em Casa Amarela, muda de cor e vai abrigar Memorial da Verdade
Memorial da Democracia, no Sítio da Trindade, reverencia Paulo Freire
Memorial da Democracia abriga exposição “A Rádio que Paulo Freire sonhou”
Caminhadas Domingueiras:  Percurso entre os dois arraiais do século 17 que fizeram história em Pernambuco
Sessão Recife Nostalgia: Sítio Trindade, história, festa, verde e abandono
Projeto Olha! Recife tem passeio no domingo sobre o golpe militar
Desencadeada em Pernambuco há 40 anos, campanha diretas já será lembrada no Recife
A curiosa história do espião duplo que agiu no Brasil na pré ditadura de 1964
Nome de ex Presidente militar em prédio do Exército gera ação do MPF
Espetáculo revive os anos de chumbo da famigerada ditadura militar no Brasil
Sobre arte urbana
Poço da Panela ganha galeria de arte ao ar livre
Edifício Líbano, no Centro, ganha megamural: “O som nasce semente”
Arte urbana: Mega mural na rua Princesa Isabel mostra cores do frevo
Olha! Recife: Circuito afro, arte urbana, cidade da música e passeio de barco no Rio Capibaribe
Com previsão de entrega só e 2024, Ponte Princesa Isabel ganha intervenção com arte urbana
Galeria urbana: Janete Costa, artesãos e QR Code em Boa Viagem
Bairro de Santo Antônio ganha mural de arte urbana
Arte urbana volta a marcar presença no centro do Recife
Demanda em curso de arte urbana nas alturas é tão grande que Prefeitura repete a dose 
Grafiteiros ganham curso para aprender a trabalhar nas alturas sem risco de acidente
Rua do Riachuelo: Edifício Almirante Barroso ganha megamural com a temática afro do maracatu
Colorindo o Recife: Morro da Conceição se transforma em galeria de arte a céu aberto
Arte urbana quebra aridez de estacionamento do Plaza Shopping
Rafa Mattos: Plante amor, colha o bem
No Dia do Ciclista, Rafa Mattos, do Plante amor, colha o bem faz painel em bicicletário do Plaza
Arte urbana: Projeto Colorindo o Recife deixa as ruas mais alegres no centro
Guarda Municipal interrompe ação de grafiteiros
Arte urbana: Depois de incidente com guarda municipal, passe livre para grafiteiros
 Aurora  das estrelas em escola invisível para moradores da Aurora
Calma gente, o caranguejo gigante não saiu da Aurora
Caranguejo gigante voltou ao seu lugar
Prefeitura abre edital convocando artistas
Intervenção urbana com festa de luzes e cores
Grafite estimula empreendedorismo
Grafitagem na pista de skate da praia
Grafitagem contra o vandalismo
Grafitagem inibe pichadores no Recife
Vamos de arte urbana no Olha! Recife
Colorido degradê na Ponte do Pina
Rafa Mattos: plante amor, colha o bem
Espaço R.U.A vira Rua dos Amores
Arte urbana e economia criativa no R.U.A
Que tal turismo nos morros coloridos?
Mais Vida nos Morros na Iputinga
O arejado Programa Mais Vida nos Morros se amplia
UR-10 tem Mais Vida nos Morros
Mais Vida nos Morros: Lagoa Encantada em evento internacional
Mutirão mega no Mais Vida nos Morros
Mais Vida nos Morros ganha prêmio
CurioCidades: o Recife turístico e afetivo de 40 fotógrafos
Nova fase para o Mais Vida nos Morros
Barco, caminhada e Mais Vida Teimosa
Centro do Recife precisa de mais vida
Laboratório da Paz transforma morros
Alto Sustentável completa cinco anos
Alto José Bonifácio está mais colorido
Morros começam a ganhar hortas
Troque uma muda por uma ideia
Mais Vida nos morros do Vasco
Que tal turismo nos morros coloridos?
ONU de olho no Mais Vida nos Morros
Túlio Ponzi e o Mais Vida nos Morros
A paisagem colorida do Córrego do Jenipapo
Mais Vida nos Morros se amplia
Praça alegre colorida na Mário Melo 
A rua também é nossa
Culinária sustentável: Iguarias com cascas de banana, bagaço de coco
O lixo que virou lixeira
A democrática mais vida teimosa
Centro precisa de “Mais vida”

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Uenni /PCR

Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.