Alegoria gigante do Galo é aplaudida por milhares e balsa no Capibaribe foi a novidade

 Alegoria gigante do Galo é aplaudida por milhares e balsa no Capibaribe foi a novidade

Compartilhe nas redes sociais…

Já virou tradição. Todos os anos, o ritual se repete. Milhares de pessoas lotam a Ponte Duarte Coelho, para ver a alegoria gigante do Galo da Madrugada ficar de pé. Na noite de quarta-feira, não foi diferente. A ponte estava lotada, e os aplausos e gritos ecoavam a cada passo para cima e, depois, quando a escultura fez movimento de rotação, para ficar de frente para a Avenida Guararapes. Mas em 2024, a subida do chamado Galo Gigante da Paz foi ainda mais animada. Teve orquestra de frevo, passistas, caboclinhos. Até o Prefeito João Campos (PSB), claro, não perdeu oportunidade de dar o ar da graça nem de prestigiar o artista Leopoldo Nóbrega que, a cada ano se supera na confecção do imenso galináceo, que tem 28 metros de altura e pesa “somente” oito toneladas.

Chamou a atenção, também, a balsa colocada no Rio Capibaribe, junto à Rua do Sol,  defronte do prédio dos correios. Na balsa, apresentavam-se orquestra de frevo (liderada pelo Maestro Forró) e grupos culturais como passistas e caboclinhos. A balsa fica no mesmo local só até o sábado (10/2), sendo recolhida após o desfile do Galo da Madrugada. Sinceramente, devia lá permanecer durante toda a festa, saudando o Galo da Paz, e porque nos outros dias de carnaval, vários blocos passam por ali em direção ao Recife Antigo. A balsa virou uma festa. Catamarãs e outras embarcações, admiravam as apresentações a partir do Rio. Na margem do Capibaribe na Rua da Aurora, milhares de pessoas assistiam às apresentações sentadas no gramado. Bonito de se ver. Gostei.

População tradicionalmente acompanha o levantar do “Galo”, mas em 2024 a festa foi maior

“A gente estava nesse mesmo local há um ano. Da outra vez foi na quinta-feira, não na quarta. A gente viu aquele momento da subida do Galo, e foi uma verdadeira emoção, porque não existia essa tradição de ver o galo subindo”. Engana-se o socialista. A tradição de ver o Galo subir é antiga entre os recifenses que, todos os anos, lotam a ponte, para comemorar a subida. Mas com festa, realmente foi a primeira vez. Tomara que ela se repita em  2025, 2026, 2027 e sempre. “Neste ano, pela primeira vez, na quarta-feira, e a gente trazendo uma orquestra flutuante, agremiações passando aqui de forma volante, as pessoas reunidas. Prometemos que iríamos organizar e organizamos”, comentou o prefeito João Campos.

A alegoria é assinada pelo artista plástico, designer e consultor pernambucano Leopoldo Nóbrega com produção executiva de Germana Xavier. Sustentabilidade, reverência aos povos originários e cocriação da alegoria também são pontos basilares do processo, que convida o brincante a fazer do Carnaval um momento de reflexão, quando a folia também pode ceder espaço para o combate a todos os tipos de violência e preconceito. Além da preocupação social  – convocou idosos, povos originários (pankararus) e artesãs sertanejas – o artista marcou o trabalho pela sustentabilidade, com adoção do upcycling. Este ano, mais de 90% do material que veste a estrutura é fruto de descarte de materiais e reaproveitamento de resíduos tecnológicos, como dois mil metros de lonas de materiais publicitários, além de 10 mil CDs e DVDs, frutos de doação.

O corpo encantado do galo, por sua vez, ganha um body branco em uma releitura de renascença cenográfica realizada manualmente em conduítes e inspirada na produção de Pesqueira. Na altura do coração do Gigante, uma réplica de sombrinha de frevo. As asas do galináceo mais famoso da folia trazem ‘tatuagens’ do símbolo pela paz. Sobre os ‘ombros’, a indumentária de “sua majestade” reverencia os povos indígenas e seus raros mantos tupinambás, vestimentas feitas em Arte Plumária, cujo exemplar mais famoso foi subtraído e levado para a Dinamarca desde o século 17 e será devolvido ao Brasil em 2024. Foram empregadas 1000 ‘penas’ feitas das lonas plásticas de 1,10 m X 40 cm na técnica Arte Plumária Upcycle.

Leia também
Olha! Recife tem edição especial de carnaval Balsa Frevo D’ Água em clima de folia
Alegoria do Galo está linda, imponente e politicamente correta. Mas o entorno…
“Poleiro” da alegoria gigante do Galo, Ponte Duarte Coelho perde cobre para vândalos
Corrida do Galo atrai 2 mil atletas
Alegoria gigante: Galo da Paz, cheio de mensagens e significados
Começam inscrições para acesso ao camarote do Galo de pessoas com deficiência
Vistoria no percurso do Galo da Madrugada vê riscos no descalabro da fiação aérea no centro
Depois do Galo Ancestral, que tal Leopoldo Nóbrega para idealizar os carros alegóricos do bloco?
Qual o Galo mais bonito e o mais feio?
Alegoria do Galo e sustentabilidade
Galo tem 14 filhos no Brasil e no exterior
O Galo e suas alegorias
Carnaval do Recife: Grande festa,falta de transparência e os números duvidosos do Galo
…………………
Antônio Nóbrega é homenageado pela Escola de Samba Porto da Pedra na Sapucaí
Lia, a Rainha da Ciranda, será homenageada em duas escolas de samba em 2024, no RJ e em SP
Carnaval 2024 no Recife  terá dois grandes homenageados: Lia da Ciranda e Chico Science
“Armorial 50” mostra trajetória do movimento cultural lançado em 1970 por Ariano Suassuna
oxe
Dançarino, Rei Momo já tentara o título seis vezes
Fim de semana tem Amantes de Glória e Aurora dos Carnavais
Alegoria gigante: Galo da paz, cheio de mensagens e significados
Vistoria no percurso do Galo da Madrugada vê riscos no descalabro da fiação aérea no centro
Claudionor Germano, 90 carnavais. Espetáculo homenageia cantor de frevos
Concurso de passistas no Pátio de São Pedro
Caboclinhos e índios no Pátio de São Pedro
Vejam quem são os melhores abre-alas da folia
De olho no carnaval, Terça Negra começa série de edições especiais no Pátio de São Pedro
Pátio de São Pedro sai do marasmo e tem encontro de blocos
Olha! Recife programa doze passeios sobre carnaval
Blocos líricos movimentam o Pátio de São Pedro. No Pina, encontro de maracatus
João Campos e Raquel Lyra fazem reunião sobre segurança no carnaval. Mas…
Carnaval com mais um dia tem inédito “Tambores pela Paz”
Veja quem são os finalistas do concurso para Rei Momo e Rainha do Carnaval 2024
Olha! Recife em ritmo de carnaval e inclui aula de frevo com os Guerreiros do Passo
Aplausos para a cirandeira Lia de Itamaracá e as quatro homenagens no carnaval do Brasil
Vistoria no percurso do Galo da Madrugada vê riscos no descalabro da fiação aérea
Carnaval 2024 do Recife terá mais um dia e 3 mil atrações, 200 a mais do que no ano passado
Aplausos para a Cirandeira Lia de Itamaracá e as quatro homenagens no carnaval do Brasil
Camarote inclusivo no desfile do Galo da Madrugada
Informações sobre carnavais passados:
Carnaval do Recife: grande festa, falta de transparência e números duvidosos do Galo
No Recife e em Olinda, carnaval não acabou
Incrível folia termina deixando saudades e gostinho de quero mais. Viva o carnaval
Depois do Galo Ancestral, que tal Leopoldo Nóbrega para idealizar os carros alegóricos do bloco?
Qual o Galo mais bonito e o mais feio?
Alegoria do Galo e sustentabilidade
Galo tem 14 filhos no Brasil e no exterior
O Galo e suas alegorias
Carnaval do Recife: Grande festa,falta de transparência e os números duvidosos do Galo
Concurso de passista sno Pátio de São Pedro
Caboclinhos e índios no Pátio de São Pedro
Vejam quem são os melhores abre-alas da folia
De olho no carnaval, Terça Negra começa série de edições especiais no Pátio de São Pedro
Pátio de São Pedro sai do marasmo e tem encontro de blocos
Olha! Recife programa doze passeios sobre carnaval
Blocos líricos movimentam o Pátio de São Pedro. No Pina, encontro de maracatus
João Campos e Raquel Lyra fazem reunião sobre segurança no carnaval. Mas…
Carnaval com mais um dia tem inédito “Tambores pela Paz”
Veja quem são os finalistas do concurso para Rei Momo e Rainha do Carnaval 2024
Olha! Recife em ritmo de carnaval e inclui aula de frevo com os Guerreiros do Passo
Aplausos para a cirandeira Lia de Itamaracá e as quatro homenagens no carnaval do Brasil
Vistoria no percurso do Galo da Madrugada vê riscos no descalabro da fiação aérea
Descalabro na fiação e nas conexões
Carnaval 2024 do Recife terá mais um dia e 3 mil atrações, 200 a mais do que no ano passado
Aplausos para a Cirandeira Lia de Itamaracá e as quatro homenagens no carnaval do Brasil
Camarote inclusivo no desfile do Galo da Madrugada
Carnaval do Recife: grande festa, falta de transparência e números duvidosos do Galo
No Recife e em Olinda, carnaval não acabou
Incrível folia termina deixando saudades e gostinho de quero mais. Viva o carnaval do Recife
Exército (de 1,1 mil  pessoas) atua na limpeza do Recife  nos polos de carnaval
Setor que só faz crescer, entra na onda do carnaval e fantasias para pets fazem o maior sucesso
Bairro do Recife volta ao passado com bocos líricos
Noite de samba no Marco Zero
Maracatu rural, maracatu nação, frevo, ursos,bonecos e até blocos líricos para crianças
Carnaval organizado e desorganizado, espontâneo como a festa tem que ser
Nóis sofre mais nóis goza não bota a cara na rua em 2023
Depois do Galo Preto Ancestral, que tal Leopoldo Nóbrega para idealizar os carros alegóricos do Galo?
Dia de reverenciar a cultura negra com o Galo Ancestral,Ubuntu, Tumaraca
Veja onde comprar produtos carnavalescos de bom gosto no meio do foco da folia
Dia de “caboclinhos” e “tribos de índios” nas ruas do Recife
Bloco ironiza atendimento na rede pública de saúde
Doutores da Alegria: Bloco do Miolo Mole faz show e depois ganha as ruas em 16 de fevereiro
Poço da Panela sofre com poluição sonora dos paredões e festas privadas. Cadê a fiscalização?
Carnaval já está nas ruas: maracatus, caboclinhos, afoxés, muito frevo
Camarote inclusivo no Galo da Madrugada
Poço da Panela sofre com  poluição sonora dos paredões e festas privadas. Cadê a fiscalização?
Festa com frevo na Zona Norte
O Grito da Véia, o único bloco carnavalesco sustentável do Planeta agita a Boa Vista
Zona Norte tem Segurando o talo, Pisando na Jaca e Mulher de Bigode
Domingo de prévia do Bloco Mulher de Bigode no Poço
Noites de quarta e quinta com desfile de blocos líricos no Pátio de São Pedro
Terça Negra movimenta hoje o Pátio de São Pedro
Veja o roteiro e o novo horário da Caminhada do Frevo
Aurora dos Carnavais e Coroas de Aço Inox movimentam o domingo no Recife do frevo
Doutores da Alegria: Bloco do Miolinho Mole movimenta hospitais
Carnaval inclusivo: Festa no Praia sem Barreiras e no Balança Rolha, este para autistas
Eu acho  é pouco ganha as ruas logo pela manhã em Olinda
Sábado será movimentado no Recife com “Os Amantes de Glória”
Veja o roteiro e novo horário da tradicional Caminhada do Frevo dosMeninXs de Rua
Caetano Veloso na festa de abertura do carnaval do Recife
Rei Momo e Rainha do Carnaval têm histórico de persistência, superação e amor ao frevo
Carnaval inclusivo: Rei e Rainha do Carnaval da Pessoa com deficiência
“#VolteiRecife”: Depois de dois anos sem sua maior festa popular, capital faz carnaval  eclético
Domingo de prévia do Mulher de Bigode
De salto para o Frevo
Terça Negra faz três edições especiais até o carnaval
Quarta feira de festa no Pátio de São Pedro e na Zona Sul
Frevo comemora dez anos como patrimônio da humanidade
Que tal cair no frevo sem errar o passo?
Um Frevo Guardado, de PC Silva, comemora o retorno do carnaval
Guerreiros do Passo rendem 5 mil foliões e ampliam trincheira do frevo
Já estão abertas as inscrições para concursos carnavalescos
Carnaval vem aí. Habilite seu bloco, troça, maracatu, la ursa, ou seu grupo musical para a festa
Maracatu rural, as mulheres guerreiras
Segunda-feira de chuva sem blocos líricos. Só saudade
Depois dos pastoris, os blocos líricos
Queima da Lapinha:vem aí o carnaval
Centenário Bloco das Flores ganha expô
Não deixe de participar do Baile do Bloco da Saudade
Blocos líricos fazem a festa no Pátio
Pátio tem romantismo dos blocos
Blocos líricos animam o Recife Antigo
Pátio tem romantismo dos blocos líricos
Blocos tomam o Pátio de São Pedro
Aurora dos Carnavais na Rua da Aurora
“Carnaval Cultural” mostra ícones da festa
Blocos líricos vão às ruas no domingo
Os antigos carnavais em fotos
Frevo de bloco no bairro do Recife
O carnaval melhor do meu Brasil
Os antigos carnavais em foto
O “galo mais feio do mundo” virou “galeto”
Qual o Galo mais bonito e o mais feio?
Alegoria do Galo e sustentabilidade
Penas do Galo chegam a 4 metros 
Galo tem 14 filhos no Brasil e no exterior
O Galo e suas alegorias
Camarote inclusivo para o Desfile do Galo
Vândalos derrubam escultura do Galo
Sexta livre no Galo da Madrugada

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Edson Holanda / Divulgação / PCR

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.