Influenza já provocou 65 óbitos em PE

Não está fácil, a situação sanitária em Pernambuco. Além da preocupação com a Covid-19, a epidemia de gripe só se alastra. Desde que se instalou no Estado, no final de 2021, já somam 8.337 casos de influenza A em Pernambuco, com 65 óbitos.  Do total de registros, até o momento, 799 (9,6%) apresentaram Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag).

Dos 799,  790 do subtipo H3N2 e 9 casos não subtipados, segundo exames realizados no Laboratório Central de Pernambuco. Os pacientes  que não resistiram à Influenza eram residentes  na capital, na Região Metropolitana e na Zona da Mata: Recife, Palmares, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata, Escada, Goiana, Olinda, Sirinhaém, Timbaúba, Tracunhaém, Abreu e Lima, Condado, São Vicente Ferrer, Catende, Camaragibe, Aliança, Igarassu, Cabo de Santo Agostinho e Moreno.

As idades dos pacientes variam entre 1 e 98 anos. Os pacientes apresentavam comorbidades e possuíam fatores de risco para complicação por influenza, como diabetes, doença cardiovascular, doença renal crônica, hipertensão arterial e sobrepeso.

Leia  também
“Estamos vivendo uma epidemia de Influenza em meio a uma pandemia da Covid 19”
Teleatendimento para Covid e Influenza

Ômicron chega a Pernambuco
Vacina é mais vantagem: Sorteio para quem se vacinar
“Estamos vivendo uma epidemia de Influenza em meio a uma pandemia da Covid 19”
Teleatendimento para Covid e Influenza
Influenza ataca 6.392 em Pernambuco
Hospital da Restauração: Pacientes no corredor e ao relento
Ômicron ainda não marca presença em Pernambuco. Mas não dá para relaxar
Pernambuco não exigirá prescrição médica para vacinação de crianças
Teleatendimento para Covid e Influenza
Aglomeração ou segregação?

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Acervo #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.