Uma árvore plantada para cada livro

Tudo pela natureza! Veja que ideia bacana e não custa nada que outras empresas possam imitá-la. Com mais de 70 escolas espalhadas pelo país, o Centro de Formação Minds Idiomas, lançou um programa intitulado “Planting the Future”. Pelo programa, lançado em 2020, uma árvore é plantada a cada material didático vendido.  Resultado: 20 mil livros comercializados, 20 mil mudas plantadas, em um projeto de reflorestamento. Mas não é em Pernambuco não. Infelizmente. É em Bonito, a 300 quilômetros de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul. Bom para o Brasil.

Para Leiza Oliveira (foto superior), CEO da Rede e natural de Bonito, a iniciativa tem significado que vai além da preservação ambiental: gratidão. “É como se cada árvore plantada fosse a vida de um aluno transformado pela Minds e como o inglês abriu portas na vida dessas pessoas. Nós temos o compromisso de retribuir para a terra todas as nossas conquistas”, afirma ela. Para Renato Garcia, Diretor Publicitário do Centro de Formação Minds Idiomas , o projeto vai  realmente além. “Nossos cursos têm um material didático rico e atual, cada muda plantada aqui tem o nome do aluno que adquiriu seu kit Minds. Somos a rede de idiomas que mais certifica alunos no país. A educação é nossa missão e estas mudas se transformam em uma floresta e é assim que vemos o projeto!”.

Bonito, aliás, é um dos grandes destinos do ecoturismo no Brasil. Está no meio de um bioma rico e especial, em que a vegetação mistura espécies do Cerrado, Mata Atlântica e Pantanal. É conhecido por suas águas transparentes, pela exuberância da fauna e da flora, com centenas de espécies de aves, mamíferos, répteis, peixes. Porém entre 2020 e 2021, o turismo foi bastante afetado pela pandemia, pelas consequências das mudanças do clima  e ainda pela desastrosa condução na política ambiental do país. De acordo com a Global Forest Watch, mais de 4 milhões de hectares foram devastados pelo planeta em 2020. Um aumento de 19% em comparação a 2019. O Brasil lidera este ranking.

O país também sofreu (e sofre) ação de queimadas. De acordo com o INPE (Instituto Nacional de Pesquisa), entre 1 de janeiro e 31 de maio de 2021, foram registrados 15.492 focos de incêndios. No Pantanal, o número de queimadas ainda permanece baixo no início de junho, mas a preocupação é grande. Isto porque a seca deste ano no bioma é mais severa e generalizada que a de 2020, que influenciou diretamente o recorde histórico de incêndios no Pantanal naquele ano. No ano passado, o fogo destruiu 30% do Pantanal, com mais de 22 mil focos de incêndio no bioma, número superior à soma dos três anos anteriores. Isso sem falar na ação da motosserra insana. Arboricídio, infelizmente, tem em todo lugar. #ParemDeDerrubarÁrvores

Nos links abaixo, você pode conferir outras ações de plantio em várias partes do país, por ongs, órgãos oficiais e grandes corporações.

Leia também
Mata Atlântica vai ganhar 30 mil mudas
Ação Refloresta já plantou 6 mil mudas
Reflorestamento com recursos de compensação ambiental em PE
Mata Atlântica ganha 300 mil árvores até 2022 na Paraíba
Cepan: 2 milhões de árvores plantadas
Degradado, Sertão do Araripe vai ganhar ação de reflorestamento em 2021
Reflorestamento: Carpina e Paudalho ganham 2 mil mudas
Carpina ganha árvores da Mata Atlântica para futuro ecoparque
Corra para reflorestar
Mata Atlântica, o bioma mais ameaçado do Brasil
Corporação regenera Mata Atlântica e salva mico-leão preto
Mata Atlântica vai ganhar um milhão de árvores no Brasil. Promessa da Nestlé
Semana do Meio Ambiente: Petrolina ganha 7 mil mudas nativas da caatinga
Caatinga ganha 312 mil árvores nativas
Semana do Meio Ambiente: Petrolina ganha 7 mil mudas nativas da caatinga
Caatinga, bioma único, comemora oito anos de Estação
Semana do Meio Ambiente tem plantio de 3 mil mudas
No dia da Caatinga, nada como conhecer melhor o Sertão de Pernambuco
Coca-Cola planta 100 mil árvores. Promessa era 600 mil
Coca-Cola planta 600 mil árvores. Que bom se fosse no Recife do arboricídio
Cepan: Dois milhões de árvores plantadas
Movida planta um milhão de árvores
Mata Atlântica ganha viveiro para produção anual de 100.000 mudas
Cabo ganha 7.450 árvores até 2022
Cerrado ganha corredor ecológico
Esso decide plantar 20 mil árvores para proteger mico-leão-dourado
Legado das Águas: A festa da natureza
Mata Atlântica: Pernambuco fez o dever de casa
Por um milhão de árvores na Amazônia
Recife ficará mais verde até 2021
Parem de derrubar árvores (171)
Emergência climática: Recife mais verde é balela. Parem de derrubar árvores
O Recife tem quantas árvores?
Parem de derrubar árvores (237). Quarteirão pelado na Madalena
Parem de derrubar árvores (238). Golpe de misericórdia na Madalena
Recife ficará mais verde até 2021
Parem de derrubar árvores (171)
“Uma explosão de vida entre as rochas”

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Minds / Divulgação e Site da Prefeitura de Bonito

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.