Parem de derrubar árvores (312)

Que tristeza. Essa árvore sofre, viu. Já não é a primeira vez que a encontro neste estado, mutilada, quase sem condições de realizar a fotossíntese. Já sofreu várias “podas”, se é que assim pode ser chamada essa ação que a deixa pelada, sem galhos, sem folhas, sem nada. Ela fica na Rua Menezes Drumond, no bairro da Madalena.

Para o #OxeRecife, isso não passa de uma tentativa – e feia – de arboricídio. Mas a planta sobrevive bravamente aos ataques e vai levando. Pode ser que o inverno contribua para que ele volte a brotar. Vamos esperar para ver o que acontece a mais essa vítima da motosserra insana. Sinceramente, assim, não sei onde o Recife da emergência climática vai parar. É só o que a gente vê na rua. Árvores mutiladas, erradicadas, jogadas na calçada como um pedaço de pau. Seria bom que, na Semana do  Meio Ambiente, as pessoas refletissem mais sobre o tamanho dos danos desses atos.

Veja, no links abaixo, outros casos de arboricídio no antes bucólico bairro da Madalena, onde no passado funcionavam engenhos e, posteriormente, casas com grandes quintais, cada dia mais raros e ocupados pela especulação imobiliária.

Leia também
Parem de derrubar árvores (307)
Parem de derrubar árvores (238). Golpe de misericórdia na Madalena
Parem de derrubar árvores (237). Quarteirão “pelado” na Madalena
Parem de derrubar árvores. A vingança da natureza
Parem de derrubar árvores (284)
Parem de derrubar árvores (281)
Parem de derrubar árvores (252)
Parem de derrubar árvores (46)
Parem de derrubar árvores (52)
Parem de derrubar árvores (67)
Parem de derrubar árvores (154) 
Parem de derrubar árvores (156)
Parem de derrubar  árvores (188)
Parem de derrubar árvores (197)
Parem de derrubar árvores (206)
Mercado da Madalena e Praça Solange Pinto exigem mais cuidado
A “reforma” no Mercado da Madalena
Mercado da Madalena, nova obra. Novo problema?
O Mercado da Madalena melhorou?
Bagunça no Mercado da Madalena
Praça excluída da reforma do Mercado da Madalena
A polêmica obra concluída. Concluída?
Praça cada vez pior no na Madalena
Em defesa de nossas praças
Ricardo Brennand, Frans Post, Eckhout, Mercado da Madalena e pandemia
Mangueira padece: furadeira e veneno
Contra a árvore e contra o cidadão
Emergência climática: Recife mais verde é balela
Parque Capibaribe ganha 300 mil euros
O Recife tem quantas  árvores?
Parem de derrubar árvores: a natureza é mãe e precisa de nós
Não matem nossas árvores
“Genocídio” oficial de nossas árvores é cada vez maior
O Recife da paisagem mutilada
Recife árido: emergência climática
Emergência climática no currículo
Escolas combatem mudanças climáticas
Os verdes gramados de Salvador
APP ajuda a monitorar árvores no Recife
Mudas substituem toquinhos
Arboricídio mobiliza Câmara Municipal
Arboricídio vira caixa preta
Compensação pelo arboricídio
Compensação pela selva de concreto
Verdade ou fake: 50.000 novas árvores?
Recife: 4.000 novas árvores em 2018?
“Abaixo o arboricídio insano”
Arborização do Recife em discussão
Parem de derrubar árvores: a natureza é mãe e precisa de nós
Recife ficará mais verde até 2021
Vem aí a Maratona Verde com 10.000 árvores para o Recife do arboricídio
Maratona Verde já começou
TRT vai compensar árvores derrubadas
Parem de derrubar árvores (32)

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.