Mata Atlântica ganha um milhão de árvores nativas

Tem tanta gente reflorestando a Mata Atlântica, mas essas iniciativas, não sei porque motivo, passam longe de Pernambuco. Agora é uma marca de cereal infantil da Nestlé (Mucilon), que promete cumprir uma meta ambiciosa: o plantio de um milhão de árvores até o final de 2021, naquele que é um dos biomas incluídos entre os que estão em situação de maior risco no Planeta. Mas a ação, já em desenvolvimento no Brasil, ocorre só na região Sul da Bahia. Infelizmente não é no nosso estado.

Na verdade, a iniciativa integra um projeto maior, anunciado em 2020, quando a empresa informou que estava começando o plantio de 3 milhões de mudas na América Latina,  1 milhão das quais para repor perdas sofridas pela Mata Atlântica no nosso país, a qual marca presença em 17 estados. Como se sabe, não restam nem oito por cento da área original do bioma, motivo pelo qual são válidas todas as tentativas de reposição do que foi devastado. A Mata Atlântica é, “somente”,  o segundo bioma mais ameaçando do mundo (só perdendo para as florestas de Madagascar, na  África).

Mas a ação anunciada pela Nestlé  está restrita à Bahia no Brasil. Em 2020, a campanha era  Mucilon: Cuidando do Planeta para o Seu Filho”. E estimava que 500 mil mudas fossem plantadas no ano passado, em parceria com instituições internacionais, como a One Tree Planted.  A lista de espécies contempla mudas de pombeira, jatobá, ingá, embaúba, caroba branca, araribá, boleira, entre outras. A iniciativa visa, também, promover o desenvolvimento local, com a geração de empregos na cadeia de restauração, que vão desde a coleta e beneficiamento de sementes, passando pela produção de mudas (foto) e pelo plantio.

A empresa busca participação da população na campanha, com um apelo curioso. Mulheres grávidas podem dar às mudas  de espécies (como ipê roxo, jatobá, sapucaia, palmito juçara, etc ) o mesmo nome que escolheram para os filhos que estão gestando. O intuito é envolver a comunidade em torno de um mesmo legado, um legado mais verde, para as próximas gerações. Para também dedicar uma árvore a uma criança,  e ver como a campanha funciona, basta acessar o site:  http://www.nestle.com.br/dediqueumaarvoremucilon.  

Ou seja, cada uma das mudas é batizada com nomes de bebês que chegaram (em 2020) ou chegarão ao mundo em 2021. Para divulgar ações sustentáveis e assinalar o seu primeiro centenário no Brasil, a Nestlé está lançando a série Nestlé Stories, campanha idealizada pela empresa DPZ&T, que terá onze capítulos e que vão ao ar no YouTube.  A campanha destaca diferentes marcas do anunciante . E o primeiro episódio é justamente sobre a campanha da Mucilon. Chamado de Sementes do Futuro, ele faz um  paralelo  entre a tentativa de repovoar a Mata Atlântica com a maternidade,  já que maio é o Mês das Mães.  “Nosso objetivo é aliar a missão da marca, de nutrir e cuidar das crianças, com um cuidado também com o mundo onde vão crescer. No Brasil, a proteção e conservação de riquezas naturais, como é o caso do ecossistema da Mata Atlântica, são a base para isso”, afirma Ionah Kochen, Head de Nutrição Infantil da Nestlé.

“Um bebê e a semente de uma árvore têm em comum o fato de serem símbolo de um futuro melhor. Quando o presente é incerto, como hoje, projetar o amanhã traz confiança e abre novas perspectivas de mudança, e essa é  a mensagem da  Mucilon que inaugura a série de episódios Nestlé Stories para celebrar os 100 anos da Nestlé no Brasil”, afirma Fabio Mozeli, diretor de criação da agência DPZ&T, que assina a campanha que comemora o centenário da empresa no país. Nos links abaixo, você pode conferir outros plantios de árvores, realizados por grandes corporações e outras iniciativas ambientais da Nestlé. O número de mudas até agora plantadas na Mata Atlântica, no Sul da Bahia, não foi informado, apesar de por nós solicitado. E o #OxeRecife gostaria muiiiiiiiito de saber, pois tem muita gente anunciando feitos ambientais bem menores do que os de fato executados. Esperamos, no entanto, que este não seja o caso.

Leia  também
Mata Atlântica ganha um milhão de árvores no Brasil: Promessa da Nestlé
Nestlé diz ter evitado emissão de gases que equivalem a 1,2 milhões de carros
Quatro milhões de canudos a menos no mercado
Nestlé quer embalagem biodegradável
 Leite Ninho: as vacas de brinquinho que mede a felicidade no pasto
Campanha contra plástico rende prêmio
Carpina ganha árvores da Mata Atlântica para futuro Ecoparque
Caatinga ganha 312 mil árvores nativas
Degradado, Sertão do Araripe vai ganhar ações de reflorestamento em 2021
Em uma semana, Mata Atlântica ganha 14 mil árvores da Levi´s e da Farm
Coca-Cola planta 100 mil árvores. Promessa era 600 mil
Coca-Cola planta 600 mil árvores. Que bom se fosse no Recife do arboricídio
Cepan: Dois milhões de árvores plantadas
Movida planta um milhão de árvores
Mata Atlântica ganha viveiro para produção anual de 100.000 mudas
Cabo ganha 7.450 árvores até 2022
Cerrado ganha corredor ecológico
Esso decide plantar 20 mil árvores para proteger mico-leão-dourado
Legado das Águas: A festa da natureza
Mata Atlântica: Pernambuco fez o dever de casa
Por um milhão de árvores na Amazônia
Recife ficará mais verde até 2021
Parem de derrubar árvores (171)
Emergência climática: Recife mais verde é balela. Parem de derrubar árvores
O Recife tem quantas árvores?
Parem de derrubar árvores (237). Quarteirão pelado na Madalena
Parem de derrubar árvores (238). Golpe de misericórdia na Madalena
Recife ficará mais verde até 2021
Parem de derrubar árvores (171)

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Nestlé / Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.