Centro de Artesanato de Pernambuco ganha livraria (da Cepe) Tarcísio Pereira

Fundador da Livro 7  (centro de resistência cultural e política durante os anos 70 e 80 do século passado) e ultimamente respondendo pela Superintendência de Marketing e Vendas da Companhia Editora de Pernambuco, Tarcísio Pereira será homenageado na quarta livraria fixa que a Cepe inaugura, na sexta-feira (12/03). A loja ganhará o nome do livreiro. Ele encantou-se em janeiro último depois de lutar por 60 dias contra as complicações decorrentes da Covid-19. Nesse 11 de março estaria completando 74 anos, se tivesse sobrevivido ao estrago provocado pela pandemia. Além de ter fundado aquela que, um dia, seria considerada a maior livraria do Brasil, Tarcísio animava o carnaval com a anárquica Troça Carnavalesca Independente Nóis sofre mas nóis goza, que se concentrava até 2020 na Rua 7 de Setembro, movimentado o Sábado de Zé Pereira no Bairro da Boa Vista.

A nova loja funcionará no interior do Centro de Artesanato de Pernambuco, no Bairro do Recife, que fica  no Marco Zero, e que é uma referência de economia criativa no Estado. A inauguração acontece sem festa. Curiosamente, a loja terá 21 metros quadrados, apenas um a mais do que a área da Livro 7 original, que começou funcionando em uma pequena sala da galeria comercial do Edifício Amaraji, também na Rua Sete de Setembro, no bairro da Boa Vista. O Marco Zero é um dos principais cartões postais do Recife, e o Centro de Artesanato é muito visitado por pessoas de outros estados e até do exterior. A instalação de um ponto de vendas no local turístico é estratégica.

Estratégica para divulgação dos valores da terra. Até porque a Cepe tem como uma das diretrizes o lançamento de títulos que dialogam com a história e a cultura de Pernambuco, embora esteja sempre  aberta, também, à publicação de livros de outras regiões. Para o presidente da Cepe, jornalista Ricardo Leitão, a  livraria representa um grande esforço da editora para ampliar o seu objetivo de promover o livro e a leitura, mesmo em um momento de forte retração econômica e do mercado livreiro. “Além disso, para nós, a nova loja da Cepe tem um significado muito especial porque presta homenagem ao livreiro Tarcísio Pereira.

Acreditamos que dar o nome de Tarcísio Pereira a uma livraria é uma homenagem à altura de sua história”, afirma Leitão. Aliás, nesses tempos de isolamento social, tenho devorado livros que eu já li (e estou relendo) e outros que só li agora, com mais tempo dentro de casa. E entre estes, estão vários volumes da maravilhosa Coleção Terra Pernambucana, da Cepe.  Os livros – principalmente aqueles que falam do Pernambuco de antigamente – são um deleite, uma  deliciosa viagem ao passado. A inauguração da nova livraria ocorre sem convidados, para respeitar o isolamento social imposto pela pandemia.  Além da nova loja, a Cepe Editora conta com outras três livrarias.

As lojas físicas funcionam no Museu do Estado de Pernambuco (Mepe), no Centro Cultural Mercado Eufrásio Barbosa (Olinda), na própria sede (no bairro de Santo Amaro), além da loja virtual.  Atualmente a editora conta com um catálogo com mais de 400 títulos. Cinquenta lançamentos estão previstos para 2021, o que faz da Cepe uma das editoras mais produtivas do país.

Leia também:
Sessão Recife Nostalgia: Quando a Livro 7 era a maior livraria do Brasil
Missa para o “anjo azul do livro”
Nóis sofre mas nois goza: camiseta para colecionadores com oito infinito
Cida Pedrosa quer Rua Sete de Setembro como Rua Livreiro Tarcísio Pereira
Missa para o Anjo Azul do Livro
Nóis sofre… mais nois goza
Nóis sofre mais nóis goza é só folia
Nóis Sofre Mais Nóis Goza
Azul e rosa na folia dos laranjais
Menino veste azul e menina veste rosa?
Nóis sofre ironiza a ratoeira 
Frevo com Beethoven no Nóis Sofre 
Violino no Nóis Sofre Mais Nóis Goza

Serviço
O quê: Inauguração da nova livraria da Cepe Editora

Quando: 12.03, sexta-feira
Horário: 10h
Onde: Centro de Artesanato de Pernambuco (Avenida Alfredo Lisboa, s/n, Bairro do Recife, ao lado do Marco Zero).

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação / Cepe e SEI

Compartilhe

Um comentário

  1. Oportuna lembrança deste excelente livreiro Tarcísio Pereira. Conheci Tarcísio desde os primeiros dias da inauguração da Livro 7 e Bar, primeiro endereço da 7de Setembro. Parabéns Letícia Lins pela divulgação deste evento. Quanto aos Baobás da grande Recife Letícia temos novidades?

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.