O outro lado da pandemia: violência doméstica cresce 53 por cento em PE

Como se não bastasse a tristeza imposta pelo coronavírus – hospitais lotados, parentes chorando seus mortos – a pandemia não consegue disfarçar uma outra tragédia, talvez agravada pelo isolamento social: o aumento da violência doméstica, incluindo a sexual contra crianças e adolescentes. Nota técnica recentemente divulgada pela Secretaria Executiva de Políticas para a Criança e Juventude de Pernambuco mostra que esse crescimento foi de 53 por cento entre março e abril de 2020, comparando-se a igual período de 2019. Justamente os meses da quarentena. Um assunto a mais para se preocupar.

“Atualmente, o mundo tem acompanhando de forma entristecida o avanço considerável da Pandemia da Covid-19 e isso tem gerado grande impacto na economia e serviços de saúde”, diz a nota. E acrescenta: “Pensando nessa ótica nem nos damos conta que a pandemia da Covid-19 tem contribuído ainda com o número de pessoa sem situação de vulnerabilidade social, violência doméstica e social, tornando esse período ainda mais desafiador no contesto da garantia de direitos”. O mesmo documento acusa o desmonte de políticas sociais, e o corte de até 40 por cento nas verbas que a elas deveriam ser destinadas pelo governo federal.

Nesse contexto, a Rede de Enfrentamento às Violências Sexuais contra Crianças e Adolescentes decidiu desencadear a campanha Cadê Meus Direitos? O desmonte da assistência social favorece o abuso contra a criança e o adolescente. A campanha tem início nessa quintta-feira (7/4). Normalmente.  E é alusiva ao 18 de Maio –  Dia Nacional do Enfrentamento às Violências Sexuais de Crianças e Adolescentes, quando normalmente há manifestações públicas em defesa das crianças. Com a pandemia e proibição de aglomerações, tudo ocorrerá de forma virtual, com lives. As transmissões ocorrerão uma vez por semana, com debates, assim como informações de como prevenir e denunciar as diversas violações cometidas contra as crianças e adolescentes. Além disso, foram programadas formações para profissionais da  área social, A primeira live acontece no dia (7), às 19h, no Instagram @redeenfrentamentopee que contará com a participação da cientista social, Terapeuta holística Adriana Duarte e o psicólogo, gerente de políticas para a Criança na SDSCJ e Coordenação Colegiada Macdouglas de Oliveira.

Leia também:
Pandemia: a corrente do bem
Cufa-PE vai às favelas contra o coronavírus
Ricardo Brennand, Frans Post, Eckhout, Mercado da Madalena e pandemia
Trem do bem: desinfecção e doação
Coronavírus: 3.298 casos, 282 óbitos
Recife recebe EPIs. Infectados são 2.908
Sem praia nem parque até 30 de abril 
Maior hospital de campanha do Recife contra a Covid-19
O alerta da pandemia: “Estou com fome”
Quem pagou por exame de Covid-19 pode ter dinheiro de volta
Comércio fica fechado até 30 de abril
Corona: vaidade, mesquinharia e doação
Cannibal contra o coronavírus
Pandemia: Jardim Secreto faz vaquinha para ajudar Caiara
Rede de solidariedade só faz aumentar
Coronavírus e a rede de solidariedade
Corona: Vem álcool 70 por cento por aí
Pandemia: Conselho Regional de Química produz álcool
Pandemia: Hospital de campanha tem entrega antecipada
Pandemia: coronavoucher vira coronarrisco
Pandemia: pensar no coletivo é preciso
Pandemia: Prefeitura contrata médicos
Pandemia: Essa bagunça vai acabar
Profissionais de saúde infectados são 227 em PE
Coronavírus, praia e nascer do sol
Covid-19 espalha-se por 39 municípios
Coronavírus: Cadê a distância necessária?
Corona: Cuidado com o pão nosso
Coronavírus: ronda policial fiscaliza parques
Noronha entra em quarentena
Coronavírus: praias e parques fechados no final de semana
Prorrogado pagamento de ISS no Recife
Pandemia: Prefeitura revê contratos
Pandemia: Lar do Nenen precisa de ajuda
Pandemia: Plaza Shopping muda marca
Fecham a partir de sábado: shopping centers, bares
Aglomerações só com dez pessoas? Decreto não vale para a CEF 
Pandemia: máscaras ecológicas
Coronavírus: União e prefeitura brigam por ventiladores
Coronavírus e o espírito solidário
Grupo Moura: das baterias à fabricação de máscaras contra o coronavírus
Coronavírus já matou três em PE
Bia: Remédio contra o confinamento
Cientistas contestam Bolsonaro
Voltar à normalidade, como? “Gripezinha”, resfriadinho ou genocídio?
Pandemia mexe até com os bichinhos
Magiluth busca estratégia de sobrevivência
Após reclamações, cestas básicas para 90 mil alunos
Pandemia: pensar no coletivo é preciso
Novos leitos, 35 casos e repartições com atendimento remoto
PE, coronavírus: 33 casos e três curados
Sem festa, mas com cachê garantido
Pernambuco tem a primeira cura do coronavírus
Comércio, serviço e construção vão parar
Governo de Pernambuco inicia embarque de turistas de navio retido
Fecham a partir de sábado: shopping centers, bares, salões de beleza, etc
Cultura roída pelo coronavírus
Câmara quer suspender cortes de água e luz
Questionada a merenda do coronavírus
Coronavírus traz fantasma da fome
Pandemia: Igreja em quarentena
Aulas suspensas a partir de 18/3
Coronavírus: sete casos em Pernambuco e povo sem direito a futebol em campo
Recife quase parando devido ao corona
Brasil, Recife, pandemia e eventos
Corona vírus, fantasia e polícia
Colabore com o Fazendo Acontecer
Nóis sofre mais… nóis goza
Nóis sofre mais nóis goza é só folia
Ciclofaixa de lazer está suspensa

Serviço:
O
 quê: Campanha Cadê Meus Direitos?
Quando: De 7 a 28 de maio, em lives da Rede de Enfrentamento às Violências Sexuais de Crianças e Adolescentes
Onde: Instagram@redeenfrentamentope

Programação das Lives:
Acompanhe as Lives pelo Instagram Oficial da REDE
Data: 07/05
Horário: 19h
Tema: Lançamento da Campanha do 18 de Maio
Participantes: Macdouglas Oliveira – Gerente da Criança e do adolescente na SDSCJ e Coordenação da Rede de Enfrentamento e
Data: 18/05
Horário: 10h
Tema: Violência doméstica e sexual no contexto da covid-19
Participantes: Adriana Duarte – Coordenação do Coletivo Mulher Vida e coordenação da Rede de Enfrentamento; Hyldiane Lima – Coordenação do Centro das Mulheres do Cabo e coordenação da Rede de Enfrentamento
Data: 21 de maio
Horário: 19h
Tema: O abuso e exploração sexual em tempos de quarentena
Participantes: Macdouglas Oliveira – Gerente da Criança e do adolescente na SDSCJ e Coordenação da Rede de Enfrentamento; Cinthia Sarinho – Articuladora do Canal Futura/Ong Acarí
Data 28/05
Horário: 19h
Tema: Rede de Proteção no período de quarentena
Participantes: Joelson Rodrigues – Secretaria Estadual de Assistência Social
Andre Torres – Fórum Nacional de Conselheiros Tutelares

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.