Dois pedidos para Conceição

Procissão de Nossa Senhora da Conceição está se deslocando do Forte do Brum, para o Santuário a ela dedicado, que fica no Morro da Conceição, na Zona Norte.  O Morro é o mais famoso do Recife. E a Igreja Católica o elevou  à condição de Santuário. Todos os anos, logo cedo, subo a ladeira para  reverenciar a Santa, da qual toda minha família é devota, e a quem  seus integrantes se apegam na hora da dificuldade e também da felicidade.

E ela é tão importante, que minha mãe e todas as tias pelo lado materno casaram no dia 8 de dezembro. Esse ano, pela primeira vez em tantos, fiquei em casa. Precisava poupar meu joelho, que ficou meio avariado por ter pisado em falso em uma das calçadas assassinas do Recife, na semana passada.

Tinha estacionado  perto da sede do Ibama, e fui andando para ver o show de Lenine no Parque Santana. Nem vi. Voltei para casa, a fim de botar gelo no joelho, que felizmente não fraturou dessa vez. Culpo a má iluminação e a buraqueira na calçada. Vi pelo menos três pessoas tropeçando no meu caminho, por conta de buracos. E olha que estou enxergando super bem, depois de cirurgia nos olhos.

Então, já que é a tradição, vou fazer dois pedidos à Santa. Um, de perdão, por não ter ido  lá hoje. O  outro é para que ela ilumine as autoridades do Recife para que elas zelem  melhor pela cidade e pelos que nela  residem. E também pelas calçadas, por parques e jardins, pelas árvores.  E  que não deixem lixo acumulado nas ruas. E que não desperdicem dinheiro público, deixando tantas obras inacabadas. Entre os devotos que estiveram na romaria estava o Governador Paulo Câmara (PSB), que também enviou um recado para a Santa. “Vim pedir dias melhores”.

Leia também:

O exemplo do Morro da Conceição
O “apito da titia” faz festa e barulho no Morro da Conceição
Santuário se veste de azul e branco
O doce “Fininho” de Nossa Senhora da Conceição
Dia de prestar contas a Nossa Senhora da Conceição
Fé, saúde e cidadania na Festa do Morro

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Roberto Pereira / Divulgação / SEI

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.