Igreja dá exemplo de cidadania

Observem essa foto da Avenida Boa Viagem, na manhã desse domingo. Vocês acreditam que, poucos minutos antes, haviam passado aí quatro trios elétricos e uma multidão de milhares de pessoas? Elas deram um belo exemplo de civilidade, pois passada a manifestação, o asfalto ficou impecável. Limpíssimo.  Ou seja, é possível fazer um grande evento sem emporcalhar as ruas. Cadê o lixo? Sumiu? Não. Simplesmente foi recolhido, ao longo da caminhada, pelos próprios manifestantes.

Quem não se lembra do famigerado Recifolia, que acontecia na Avenida Boa Viagem? Era um dos eventos mais predatórios que já vi. Além da poluição sonora, deixava a orla tomada de entulhos: latas de cerveja, garrafas, embalagens Pet, tudo era deixado na areia da praia. E também no asfalto, onde a situação era ainda pior. Uma vez vi um dos trios elétricos despejando dejetos que escorriam diretamente do banheiro para as ruas. Um horror.

Evento organizado pela Igreja Católica leva milhares de pessoas à avenida Boa Viagem, mas deixa asfaltado super limpo.

Pois nesse domingo, todo mundo teve uma prova de que é possível, sim, fazer um grande evento sem sujar as ruas. O nome disso é cidadania. E foi exatamente o que observei, durante a 11ª edição da Caminhada Sim à Vida, organizada pela Igreja Católica, que aconteceu à beira-mar. A caminhada é contra o aborto. Mas aqui não estou discutindo isso. Respeito tanto as convicções morais e religiosas de quem é contra a interrupção da gravidez, quanto as razões de foro íntimo que podem levar uma mulher – muitas vezes vítima de violência sexual – a tomar atitude tão drástica quanto essa.

Discussão sobre assunto tão polêmico à parte, tenho mais é que exaltar o primor de limpeza e organização da Caminhada. E pelo que vi, não foi difícil fazer isso. Simples, muito simples. Grande parte dos manifestantes portavam sacos de lixo, e iam recolhendo tudo que viam pelo chão. Nas laterais dos trios elétricos também havia sacos plásticos gigantes de lixo.  Pela legislação, os organizadores de eventos em áreas públicas devem deixar as ruas do jeito que encontraram. Mas quase ninguém cumpre. No caso da Caminhada, já é uma tradição, que venho observando há anos. Parabéns pela cidadania. A Igreja Católica deveria  repassar essa “tecnologia” para  instituições privadas que fazem eventos de rua e para a própria Prefeitura que, em matéria de limpeza ainda tem muito o que aprender.

Leia também:

“Praia limpa” para Boa Viagem e  Pina
“Recife Mais cultura” em Boa Viagem
Boa Viagem com a cor do PSB
Caminho das pedras em Boa Viagem
Cães na praia: ninguém cumpre a lei

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.