São João no Tacaruna tem arraial instagramável “by” Leopoldo Nóbrega

No mês de junho, o Recife ficará privado de sua segunda maior festa popular: o São João, que na nossa capital  só perde para o carnaval, em animação. Porém o Prefeito do Recife, João Campos (PSB) já anunciou que o recifense não ficará sem o forró, o baião e o xaxado em áreas públicas. É que os festejos foram adiados para o mês de julho, devido aos temporais que quase acabam com a cidade no final de maio. O Recife terá duas semanas de folia junina, entre os dias 1 e 15 do próximo mês. Enquanto julho não vem, o  jeito é se divertir com o que se tem.  E os centros de compras estão no clima. O Plaza Shopping, por exemplo, convidou artistas para shows de forró, já realizados. Outros centros de compras como o Tacaruna e o Shopping Recife capricharam na decoração, para o São João não passar em branco. Sobre o Recife a gente fala mais tarde.

Como foram dois anos sem arraiais de rua  – devido a pandemia – o Tacaruna decidiu comemor o retorno dos festejos da cidade de Caruaru, que se orgulha de fazer “o maior São João do mundo”. Para assinalar a retomada da festa, o Tacaruna homenageia a terra de Vitalino, em 2022. A inspiração é o Alto do Moura, onde vivem os artesãos mais famosos de Caruaru. Para trazer ao público uma memória afetiva da festa na Capital do Forró, o Shopping Tacaruna montou espaço instagramável, com cenografia assinada pelo artista plástico, designer e cenógrafo Leopoldo Nóbrega. A ação acontece de 10 a 30 de junho, no Espaço Cultural, localizado no segundo pavimento. O “arraial” pode ser visitado gratuitamente, no horário de funcionamento do mall. O espaço traz uma memória visual do comércio de artesanato da Feira de Caruaru e das casinhas típicas do Alto do Moura, com presença e elementos que marcam a cultura nordestina em geral, e de Caruaru, em particular.

O espaço, como tudo em que Nóbrega bota a mão, ficou uma graça. Há uma casa dedicada ao artesanato do barro, lembrando exatamente o Polo de Cerâmica do Alto do Moura, na memória dos mestres Vitalino, Nicinha Otília, Terezinha Gonçalves e Manoel Eudócio. Há também uma casa que representa a religiosidade, na figura do São João propriamente dito. “Cada casinha tem um espírito colorido, folclórico e original para que as pessoas possam mergulhar e fotografar como se estivessem no no São João de Caruaru”, destaca Nóbrega. Elementos típicos do período junino estão presentes na cenografia, como as mobílias em palet, objetos antigos rústicos, bandeiras típicas, balões coloridos, chita (como elemento folclórico tradicional), corda, palha, peças de cerâmica e o cordel.

A cenografia criada por Leopoldo Nóbrega remete ao Alto do Moura, um dos locais mais icônicos da capital do forró.

“São elementos clássicos de arte popular, um conglomerado de referências estéticas, dentro dessa harmonia que buscamos trazer para uma festa de São João nas cidades do interior”, ressalta. Para Leopoldo Nóbrega, assinar o Espaço Instagramavel do Shopping Tacaruna no São João 2022 é muito especial, por ser a tão esperada festa de São João pós pandemia. “Estamos envolvidos com essa energia da retomada do São João de Caruaru e trazer essas referências para o público através do Tacaruna é uma grata oportunidade de homenagem”.

Para os que não lembram, Nóbrega tem no currículo obras grandiosas, como “vestir” o Galo Gigante, que fica na Ponte Duarte Coelho, durante os carnavais. No caso do pátio cenográfico do Tacaruna, ele caprichou até nos detalhes. Por exemplo, os rótulos das garrafas presentes na decoração das casas típicas prestam uma homenagem especial a alguns ícones da cultura popular de Pernambuco, através da literatura de cordel. As imagens foram criadas também por Leopoldo Nóbrega. “É uma sutil referência e lembrança poética da presença desses artistas no nosso celeiro cultural”, explica ele. Os homenageados são Onildo Almeida, Azulão, Anderson do Pífano, Fulô de Mandacaru, Trio feminino de forró As Fulô, entre outros.

Leia também
Festas juninas do Recife serão em julho no Recife
Shopping Recife: Conheça a história de Luiz Gonzaga e dos Santos juninos
O poderoso Santo Antônio e sua vingança contra a “vitalina” casamenteira
A língua incorrupta de Santo Antônio
Santo antonio  casamenteiro, soldado, tenente e vereador cassado 
Capelinha de melão,é de São João, é de cravo, é de rosa é de manjericão
Os festejos juninos estão de volta
O São João ambulante da pandemia
Procissão dos Santos Juninos: entre a esperança e a pandemia
Procissão dos Santos Juninos vai descer o Morro só com o andor
O forró virtual da pandemia
Silvério Pessoa e Josildo Sá: o encontro do canavial com a caatinga
Banda Sinfônica lembra Jackson do Pandeiro com Josildo Sá no Santa Isabel
Danado de Bom no Santa Isabel
São João tem novos arraiais no Recife
Josildo Sá: forró, frevo e romantismo
Procissão dos Santos Juninos: São João verdadeiro sem precisar de funk nem DJ
Missa do Vaqueiro: do Sertão ao Cais
Almério e Silvério Pessoa no Marco Zero
São João da pandemia e da resistência
São João sem fogos nem quadrilhas
Centenário de Jackson do Pandeiro tem festa na Passa Disco
Procissão dos Santos Juninos: São João verdadeiro sem precisar de funk nem DJ
Procissão dos Santos Juninos
Acorda Povo em Campo Grande
Dia de procissão dos santos juninos
Linda, procissão das bandeiras é sábado
Capelinha de melão é de São João
Santo Antônio: casamenteiro, soldado, tenente e vereador cassado
A língua incorrupta de Santo Antônio
Forró no Sítio, Poço e Pátio de São Pedro
Quadrilha: luxo, brilho e resultados
Ecos do São João no Ibura
Último dia para ver as quadrilhas
Sexta de forró e desfile de bandeiras
Quadrilhas dão show no Sítio Trindade
Quadrilhas: luxo, brilho e resultados
Quadrilhas: do arraial ao palco
Cadê as quadrilhas tradicionais?
Caminhada do Forró e Festa do Fogo animam Bairro do Recife 
Olha! Recife tem ônibus com forró
“Eu amo minha rua”: Premiada via com homenagem a Jackson do Pandeiro
Acesso ao Sítio da Trindade: Estrada do Arraial só tem iluminação de um lado
Pensem, em 1964 já havia fake news: Bacamarteiros viraram “guerrilheiros”
Qual a origem dos bacamarteiros?

Serviço
São João no Shopping Tacaruna
Tema: Caruaru, o maior São João do mundo
Onde: Espaço Cultural, Segundo Pavimento
Quando: Até 30 de junho
Horário: o mesmo de funcionamento do Tacaruna
Quanto: Acesso gratuito
Endereço do Tacaruna: Avenida Agamenon Magalhães, 153, Santo Amaro, Zona Norte do Recife

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.