Doutores da Alegria: Crianças ganham festejos juninos em hospitais do Recife

Quem disse que festa de São João é só no meio da rua? Em 2022, nem isso vai ter arraial oficial em praças, avenidas e parques do Recife, por conta da tragédia provocada pelos temporais do final de maio e começo de junho. Mas nos hospitais, acreditem, vai ter forró sim. E a animação vai ficar por conta da associação Doutores da Alegria, que na segunda-feira (20/6) começa o cortejo São Joãozinho. É que um grupo – formado por sanfoneiro, acompanhado por trio de palhaços – vai percorrer as alas infantis de cinco hospitais públicos até a véspera de São João (23/6). E sabem quem será o sanfoneiro? Ninguém menos que o famoso Dudu do Acordeom. A festa começa, sempre, às 10h.

Se você tem filhos, netos, sobrinhos, parentes ou amigos internados em alas infantis, fique atentado à programação. O primeiro hospital que vai aproveitar o forró dos palhaços é o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), no bairro dos Coelhos, na segunda (20). Na terça (21), é a vez do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC) e do Procape, que ficam no bairro de Santo Amaro; na quarta (22), a festa será no Hospital da Restauração (HR), no Derby, a maior emergência do Nordeste. E por fim, o arrasta-pé anima o Hospital Barão de Lucena, na quinta-feira (23). O HBL fica na Avenida Caxangá, em Iputinga, Zona Oeste do Recife.

O forró vai começar na segunda-feira e se estende até 23 de junho, em cinco hospitais públicos do Recife.

Até 2019, ano anterior à pandemia, o São Joãozinho era comemorado com um cortejo junino e a apresentação de uma peça que reunia todo o elenco dos Doutores da Alegria no Recife. Este ano, por medida de precaução, um trio de palhaços será acompanhado pelo sanfoneiro e convidado especial. E vai circular pelos corredores e enfermarias pediátricas dos hospitais atendendo as crianças, seus acompanhantes e profissionais de saúde de maneira individualizada. “Nos atendimentos que fazemos o ano inteiro, duas vezes por semana, uma dupla de palhaços interage com uma criança por vez. O nosso São Joãozinho também vai ser assim, para curtir mais quietinho, sem aglomeração, mas sem deixar de comemorar essa data tão importante para a nossa cultura”, comenta Arilson Lopes, coordenador artístico da unidade Recife dos Doutores da Alegria. Em cada hospital, os palhaços montaram uma história diferente, todas relacionadas ao universo da festa junina.

No Imip, por exemplo, Dra. Nana (Ana Flávia), Dra. Svenza (Luciana Pontual) e Dr. Wago Ninguém (Wagner Montenegro), que adoram as comidas típicas, serão “As pamonha”. No Oswaldo Cruz e no Procape, Dra. Baju (Juliana de Almeida), Dr. Dud Grud (Eduardo Filho) e Dr. Gonda (Tiago Gondim) serão a “Santa Paciência”, a fogueira e o correio elegante. No Hospital da Restauração, o noivo, Dr. Marmelo (Marcelo Oliveira), vestiu o vestido da noiva, Dra. Nana (Ana Flávia), para escapar do pai dela, Dr. Micolino (Marcelino Dias). E no Barão de Lucena, Dr. Lui (Luciano Pontes) “Santo Antônio” e Dr. Eu_Zébio (Fábio Caio) “São João” vão se deparar com uma santa um pouco estranha: Dra. Monalisa (Greyce Braga), a “santinha do pau oco”. O repertório do arrasta-pé terá uma música inédita, um xote composto por Juliana de Almeida (Dra. Baju), intitulado Não me enxote. Além dessa, algumas músicas de grupos importantes para a cultura popular, como Comadre Fulozinha (Maré), Coco Raízes de Arcoverde (Acorda Criança), músicas de Dudu do Acordeon, convidado do São Joãozinho, e clássicos de nomes como Luiz Gonzaga.

No Brasil, os Doutores da Alegria atuam desde 1991. Eles formam uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos, que leva alegria aos hospitais com seus palhaços, desenvolvendo ações em doze hospitais de São Paulo e Recife. No Rio de Janeiro, com o projeto Plateias Hospitalares, mantém uma programação artística permanente e diversa em sete hospitais. A Escola Doutores da Alegria traz formações diversas para o público em geral e para artistas e, entre suas iniciativas, se destaca o Programa de Formação de Palhaço para Jovens. Para contribuir com a manutenção do trabalho, basta acessar o site www.doutoresdaalegria.org.br ou pelo Facebook (/Doutores). Mais informações em www.doutoresdaalaegria.org.br

Leia também
Doutores da Alegria: Festa virtual
Marsenal tem Doutores da Alegria
Circuito dos baobás na bobociclismo
Saia de bike com os Doutores da  Alegria 
Colabore com os Doutores da Alegria
Doutores da Alegria contam causos 
Os quinze anos dos Doutores da Alegria
O semeador de baobás 
Saia de bike com os Doutores da Alegria
Pandemia com delivery de palhaços
Sertão tem “Palhaçada é coisa séria”
Oxe, Mainha! Cinderela trintou
Vamos morrer de rir com elas? 
As palhaçadas das Violetas da Aurora
Véio Mangaba vira palhaço insone
Palhaças chegam à Amazônia
Palhaças invadem o Recife
Palhaças agitam jardim e cabaré
Jornalista, atriz, palhaça e amiga
“Coroas” aprendem a ser palhaços

Serviço:
Programação São Joãozinho dos Doutores da Alegria
20/6, às 10h – Imip
21/6, às 10h – Hospital Universitário Oswaldo Cruz e Procape
22/6, às 10h – Hospital da Restauração
23/6, às 10h – Hospital Barão de Lucena

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.