Mia Couto no palco com “Deslenhar”

Quem ainda não foi,  precisa ir. Desde abril, o Teatro Miçanga apresenta o espetáculo Deslenhar em espaços alternativos do Recife. A temporada chega ao fim no sábado (18/6), com apresentação às 20h no Teatro Marco Camarotti, que fica em Santo Amaro, zona central do Recife. O espetáculo tem 45 minutos de duração e possui classificação livre. E  é inspirado em texto do grande escritor Mia Couto. Entre outras obras, o moçambicano é autor de Terra Sonâmbula, Mulheres de Cinza, O fio das missangas e Histórias abensonhadas. O acesso será gratuito.

Além da apresentação de despedida, o grupo ainda oferecerá, no mesmo teatro, uma oficina gratuita ao final do projeto, no dia 18 de junho, das 13h às 19h. Para participar, o interessado precisa enviar uma solicitação de inscrição para o e-mail teatromicanga@gmail.com. A oficina artística é aberta para todas as pessoas e vai abordar a improvisação e uso da literatura em cena e terá tradução em libras. Um lembrete: as apresentações acontecem dentro de todos os protocolos sanitários estabelecidos pelo Governo de Pernambuco.

O espetáculo Deslenhar estreou em 2018, e é uma peça inspirada no conto A Fogueira, do escritor moçambicano. Utilizando-se da poesia, música, dança e humor, o espetáculo conta a história da vida de Dona Eterninha e de Seu Perpétuo, personagens que dividem amores, alegrias e tristezas, bem como o confronto com a iminência da morte. A história tem início quando seu Perpétuo percebe a dura necessidade de cavar a cova de sua esposa, ainda viva. A contação se desdobra, com delicadeza, sobre a vida dos personagens. “Na história de Seu Perpétuo, somos transportados para um tempo em que ele era jovem e observamos um homem que, diante de uma vida difícil, inventa histórias e diverte os filhos”, afirma a diretora e também atriz Amanda Pegado.

“É um espetáculo que nos lembra da preciosidade do tempo e de cada momento que vivemos”,  completa.  A temporada possui o incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura – Funcultura PE. O Teatro Missanga foi criado em agosto de 2016. E Deslenhar é o primeiro espetáculo do grupo, que teve a sua estreia em abril de 2018, fez três temporadas, participou de quatro festivais e foi contemplado com a ocupação do Centro Cultural Banco do Nordeste, em Fortaleza. O segundo trabalho do grupo, Tão de Perto, é um espetáculo virtual, nascido durante a pandemia, que estreou na plataforma Zoom, em janeiro de 2021.

Leia também
Teatro Miçanga encena  “Deslenhar”
Oxe, Mainha! Cinderela trintou
Perdoa-me por me traíres no palco do Teatro Barreto Júnior, no Pina
Galpão das Artes traz de volta o Teatro de Lambe-Lambe
Festival de teatro para ver em casa
Rosa dos Ventres no Casarão Magiluth
Teatro: Baile no Recife e Peru no interior
Branca Dias reinaugura teatro
Peça censurada na Caixa Cultural passa de graça no Teatro Apolo
Teatro andarilho na Praça do Arsenal
Teatro de resistência no Bar Mamulengo
Obscena, com Fabiana Pirro, esgota ingressos  e tem sessão extra
“MedusaMusaMulher sobe o morro
#MedusaMusaMulher: Texto de Cida Pedrosa com Fabiana Pirro
Rosa dos Ventres no Casarão Magiluth
Violetas da Aurora em movimento
A resistência das Violetas da Aurora
Jornalista, atriz, palhaça e amiga
Marsenal tem doutores da alegria
Teatro de resistência no Bar Mamulengo
Marsenal: Ocupar, gritar, resistir
Magiluth  busca estratégia de sobrevivência diante da pandemia
Magiluth nada contra maré
Magiluth: Criatividade em meio à pandemia com teatro virtual e individual
Violetas da Aurora em mesa de glosas
As palhaçadas das “Violetas da Aurora”
Bernarda Soledade no Cais do Sertão
Projeto Fábrica discute a violência no Teatro Apolo com #Urbana
Bonecos fazem a festa em Casa Forte
Virada Cultural pelo Teatro do Parque
Educativo, Teatro Móvel chega ao Recife
Teatro de graça em Camaragibe
Fotógrafos documentam mamulengos
Que tal lutar pelo teatro e também pelo Hotel do Parque?
Coletivo Bárbara Idade: teatro gratuito
Teatro de resistência no Bar Mamulengo
Cida Pedrosa e As Filhas de Lilith
Arsenal tem Cabaré do Bozó
Censura a Abrazo gera mutirão
Censura a Abrazo vira caso de justiça
Movimento Marsenal faz movimento de apoio a filme sobre as Margaridas

Serviço
Evento: Deslenhar
Onde: Teatro Marco Camarotti, Rua Treze de Maio, 455, Santo Amaro, Recife
Quando: Sábado, 18/6
Horário: 20h
Quanto: gratuito (chegar uma hora antes)
Essa apresentação conta com intérprete de Libras

Texto:  Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.