Mamulengueiros: Exposição prorrogada e campanha por emenda parlamentar

Foi tão grande a demanda, que o Centro  de Cultura Galpão das Artes decidiu prorrogar a Exposição Memórias do Museu do Mamulengo de Glória do Goitá.  A mostra que seria encerrada em 11 de junho, agora fica em cartaz até o próximo dia 19. Portanto, quem ainda não viu, pode se programar para dar um pulinho até a cidade de Limoeiro, para ver a expô sobre o teatro popular de bonecos, que está uma graça.  Instrutiva e divertida. Limoeiro está a apenas 77 quilômetros do Recife, ao qual é ligado por vias pavimentadas. E o Galpão das Artes fica na Rua Vigário Pinto, no Centro da cidade.

Uma pergunta: Por que o Museu de  Glória do Goitá em Limoeiro? Porque  Glória do Goitá – localizado a 63 quilômetros do Recife – é considerado a capital pernambucana do mamulengo.  Ali há grupos de teatro de bonecos,  sendo a cidade onde se desenvolve o maior esforço para a divulgação, preservação e disseminação dessa arte que tanto diverte o público nas festas populares do interior e até mesmo da capital. Há apoio, também, para artesãos que vivem dessa arte. Tudo graças ao esforço dos próprios artistas, através da Associação Cultural de Mamulengueiros e Artesãos de Glória do Goitá. A Associação está completando 20 anos, cheia de projetos em defesa dos bonecos e bonequeiros. A entidade está até em campanha por recursos em emenda parlamentar participativa, como você vai observar adiante.

Exposição em Limoeiro sobre Museu do Mamulengo de Glória do Goitá é um sucesso e foi prorrogada.

A Associação e o  Galpão das Artes fizeram uma parceria para divulgação do teatro popular de bonecos,  desde o ano passado. Pelo acordo, o Galpão mantém em caráter permanente uma tenda no espaço que mantém em Limoeiro. Tudo para apresentação de grupos que trabalham a versão mais popular do teatro de fantoches.  A exposição é o primeiro fruto dessa união. No último dia da expô, haverá uma visita guiada com a presença do Reitor da Universidade Federal de Pernambuco, Alfredo Gomes e do museólogo Givanildo Ferreira.

Tanto o trabalho realizado em Limoeiro quanto em Glória, em defesa da arte popular merece registro e elogios. E conta sempre com espaço aqui no #OxeRecife, até porque a titular desse Blog é uma apaixonada pelos mamulengos desde os tempos de criança.  Colabore você, também, com essa manifestação popular. É que a Associação está participando da votação de Emendas Participativas 2022, do Deputado Túlio Gadelha (Rede Sustentabilidade), com o Projeto “20 anos da Associação Cultural dos Mamulengueiros e Artesãos de Glória do Goitá”.  Para votar, basta se inscrever em https://tuliogadelha.com.br/emendas-parlamentares/. Após a inscrição, é só votar no projeto e validar o voto via whatsapp. A votação vai até o dia 19/06. Caso você queira saber mais o projeto da Associação, ele está disponível em hattps://tuliogadelha.com.br/emendas-parlamentares/projeto/gloriadogoita-mamulengo-museu/.

A Associação  Cultural de Glória do Goitá está lutando pela emenda participativa e conta com seu apoio para ter acesso a uma verba de R$ 300 mil com a qual pretende realizar os projetos previstos para fomentar setor tão importante e vivo da nossa cultura popular. Vamos lá?

Leia também
Parceria entre Museu do Mamulengo e Galpão das Artes rende primeiro fruto
Galpão das Artes ganha livro
Galpão das Artes e outras instituições ganham condecoração Paulo Freire
Histórias  para voar chegam ao Recife
Cultura Popular:  Galpão das Artes e Museu do Mamulengo firmam parceria
Começam as visitas guiadas ao menor museu do mundo
Galpão das Artes traz de volta o teatro de lambe-lambe
Galpão das Artes ganha prêmio, melhora a sede e ajuda famílias carentes
Pandemia: Galpão das Artes faz live para ajudar circos em crise no interior
Galpão das Artes faz a festa em Limoeiro
Galpão das Artes faz concurso de desenho
“Se eu soubesse escrever”
Galpão das Artes e brinquedo popular
O menor museu do mundo
Não perca “O Peru do Cão Coxo”
Teatro: Baile no Recife e o Peru no interior
Mestre Titinha ganha documentário
A trágica morte de Mestre Saúba
Mamulengos contam a própria história
Mamulengo Risadinha é o primeiro grupo infantil do teatro de bonecos
“Vaquinha” para presépio de mamulengo em Glória do Goitá
Mais mamulengo menos Barbie
Cultura popular: Galpão das Artes e Museu do Mamulengo firmam parceria
O adeus de Zé de Vina
Em meio a tanta tristeza só mesmo um mamulengo para nos fazer sorrir
Zé de Vina, mestre mamulengueiro ganha homenagem em Glória do Goitá
Mamulengueiros tradicionais se rendem ao mundo virtual
Bonecos fazem a festa em Casa Forte
 Dia do Artesão: Viva Miro dos Bonecos
Resgate do mamulengo pernambucano
Fotógrafos documentam mamulengos
“Para tocar o coração das pessoas”
A festa mágica dos bonecos
Poço das Artes: Música e Mamulengos
Zona Norte tem  Bossa Nova, samba, jazz e mamulengo
Mamulengo, fado, choro e economia criativa
Tacaruna: Exposição de “bonecos gigantes de Olinda” que, no entanto, são do Recife
Bonecos gigantes: Não confunda alhos com bugalhos
Bonecos gigantes: Crise de identidade
A festa do trio de bonecos gigantes
Bora Pernambucar chega ao fim com encontro de bonecos gigantes
Zé Pereira festeja cem anos no Recife
A Zé Pereira, com festa e com afeto
Mão Molenga no Ricardo Brennand
Sesc prorroga expô do Mão Molenga
Mão Molenga é um sucesso
O Mané Gostoso de Saúba
Galpão das Artes e brinquedo popular
Galpão das Artes faz a festa em Limoeiro

Olinda entra na festa dos bonecos
Aos 62, boneca Barbie vira verde e é feita com plástico reciclado
Livro: Pernambuco  é campeão em manifestações culturais registradas pelo Iphan

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.