Um pedacinho de Paris em Carpina

Uma mulher ousada. Assim é a Myllena Guerra. Enquanto muita gente está fechando as portas – por conta da pandemia – ela decidiu  fazer o caminho inverso, mesmo sem a crise sanitária ter chegado ao fim. E está trazendo um pedacinho da França para a cidade de Carpina. Com uma Torre Eiffel de dez metros de altura para chamar a atenção para sua recém criada marca, a pernambucana está inaugurando a Confeitaria Paris. É o primeiro passo rumo à realização de um sonho antigo, que é o de ter uma rede com presença em  várias capitais do país.

A Confeitaria Paris será inaugurada  no sábado (31/07), recebendo os clientes entre meio dia e 19h30m. A Confeitaria Paris fica na Avenida Agamenon Magalhães, 70, no bairro de São José, em Carpina. O município se localiza a 53 quilômetros do Recife (pouco mais de meia hora de carro). Myllena Guerra, 39, é uma experiente profissional da área, muito conhecida na cidade, onde iniciou a carreira fazendo doces por encomenda. Por esse motivo, escolheu Carpina para dar partida à nova trajetória. A unidade  exigiu  R$ 400 mil em investimentos, gerando doze empregos diretos e quinze indiretos, segundo informa a confeiteira, que é famosa na Zona da Mata.

Além da Torre Eiffel – o mais conhecido monumento de Paris – a loja tem ambientação inspirada nas grandes e famosas pâtisseries da França, conta com decoração “instagramável” e locais especiais, sofisticados e românticos para registros fotográficos.

menu, como não poderia ser diferente, é especializado em doces típicos franceses, como o éclair, umas das sobremesas mais conhecidas da culinária francesa, preparada com massa, recheio cremoso e cobertura endurecida. Outra opção é  a tarte au citron, de sabor cítrico. A torta é assada no forno e recheada com creme à base de limão siciliano e merengue maçaricado. Os cafés especiais também são um diferencial que estão no menu. Carpina  não  tem casa especializada para servir a bebida.

Outro destaque da doceria são as taças recheadas, tão em moda atualmente.  A doceria ainda vai servir salgados como croissants, crepes e massas folhadas. E terá o serviço pet friendly.  Mas os totós ficam na  área externa do local. Inspiração na cozinha e na arquitetura francesa não chega a ser novidade no Brasil. No início do século, tanto os cafés quanto os restaurantes e até mesmo a arquitetura do Recife copiavam  Paris. O assunto já rendeu vários trabalhos acadêmicos e há até um livro sobre o assunto, como é o caso de À Francesa –  A Belle Époque do comer e do beber no Recife (de Frederico de Oliveira Toscano, Editora Cepe).

Leia também
Livro revisita a presença francesa na gastronomia do Recife nos anos 1900
O piano da nova geração francesa
Sessão Recife Nostalgia: Os cafés da cidade imitava Paris
Comida e Tradição no Museu do Estado
Gastronomia junina é no Hotel Central e no Plaza Shopping
Hotel Central, Ciça Guimarães, Dona Rosa e Arroz doce
Bora Preservar: “Tour” no Hotel Central
Pink entre cores, aromas e sabores
Praça de Alimentação à margem do Açude de Apipucos

SERVIÇO:
O quê: Inauguração da Doceria Paris
Data:  sábado 31 de julho
Onde: Avenida Agamenon Magalhães, 70, São José, Carpina, Zona da Mata
Horário: a partir do meio dia

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.