Gatinho em busca de pais adotivos

Vez por outra, chegam mensagens aqui no #OxeRecife, solicitando publicação sobre demanda de pais adotivos para gatinhos perdidos. Ou abandonados.

Não gostamos de ver animais silvestres desgarrados ou retirados do seu habitat. E também lamentamos que animais domésticos, que deveriam ter um lar, estejam à procura de lugar acolhedor para ficar. Tomara que encontrem.

O último apelo agora é de Luiz Alankardec da Silva Júnior. Ele encontrou um gatinho na Avenida Caxangá, Zona Oeste do Recife. Por pouco o bichinho não foi atropelado. Recolheu o animal, levou para casa. Alimentou, matou a sede do bichano, medicou (remédio para ácaros, pulgas e carrapatos).

Esse bichano  estava perdido no interior e foi resgatado por um agricultor que o levou para casa. Era um mourisco.

Mas não pode ficar com o animalzinho , uma fêmea, ao que parece. “Já tenho quatro gatos e não há mais espaço. Vocês poderiam me indicar um abrigo ou alguém que possa ficar com ela?”, indaga, em e-mail enviado pelo formulário de contato do #OxeRecife. Infelizmente as pessoas enviam mensagens, mas não anexam as fotos dos bichinhos. Tem gente que gosta de gato preto, outros preferem os brancos, outros os marrons.

Então, com a foto, fica mais fácil arranjar um dono. A foto superior do post é apenas ilustrativa. O nome do gato é Verdinho, apesar de ser preto. Como a gatinha de Kardec, ele foi resgatado no meio do movimentando trânsito da Avenida Norte, na Zona Norte do Recife. Por pouco não morreu atropelado. Hoje mora em Boa Viagem com a “família” adotiva. Foi resgatado por meu genro, Carlos Augusto Costa. E é amigão dos netos Maria Letícia e Carlinhos.

Nos links abaixo, você pode conferir informações sobre animais domésticos e alguns silvestres, que foram resgatados.

Leia também:
Casarão secular ameaçado na Rua do Aragão e 50 gatos abandonados
Massacre de gatos no Mercado da Encruzilhada
Castração gratuita para pets no Recife
Gatos e totós ganham novos serviços
Startup resgata 2 mil gatos de rua
Gatinhos urbanos e pontos de desova
Gato mourisco confundido com bichano é socorrido pela Cprh
Bênção para animais em Casa Forte
Feira e adoção de pets no Espinheiro
Adoção virtual para totós e bichanos
Parque da Macaxeira abre para pets
Intercity aceita hóspedes com totós
Campanha “Vizinho Legal” está nas ruas
Feirão de adoção de totós na sexta
Dia das mães com saúde para os totós
Na praia, procurando Bituca
Final feliz para cão sem dono e peregrino
Ternura, flanelinha e cadela acidentada
Dê ao seu totó um cãonettone no Natal
Proteja seu pet na noite da virada
Campanha Vizinho Legal está nas ruas
Casa Amarela tem campanha Ecococô
Exposição: Inscreva logo o seu totó
Forrocão no Espaço Carambolativo
Cães e praia: “Ninguém faz cumprir a lei”
“O saquinho é só enfeite”
Cadê a saúde pública? E as placas indicativas?
Parque da Macaxeira abre para pets
Dia de São Francisco: bênção para os irmãozinhos
Temendo gavião, aposentada entrega papagaio de estimação
Trabalho de parto: Cesariana para sagui
Carinho com timbu, primo do canguru
De bicicleta com a jiboia amiga
Pandemia e a festa dos  bichos

Letícia Lins / #OxeRecifeTexto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Juliana Lins / Acervo #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.