Parem de derrubar árvores (301)

Menos uma. No final de semana, recebi via WhatsApp um vídeo mostrando a ação da motosserra insana no bairro do Rosarinho, na Zona Norte do Recife.  Indaguei logo o endereço à pessoa que acusava mais uma degola, fato cada vez mais corriqueiro em nossa cidade e que parece não ter mudado em nada com a gestão que assumiu em janeiro.

A mais recente vítima de arboricídio ficava na Rua Amaro Coutinho, situada bem  perto da Avenida Norte e ao lado da Praça do Rosarinho. No sábado passei lá e os restos mortais ainda estavam no local, com muito pó de serra espalhado pelo chão. A  árvore fica na calçada do número 143 da via.

O arboricídio não dá trégua no Recife. Mata-se as árvores, o destocamento demora e a reposição não acontece…

Não encontrei nenhum morador no local que pudesse informar se havia risco de queda ou se a árvore estava atacada por pragas. Diz a Autarquia de Limpeza Urbana e Manutenção do Recife (Emlurb) que só são erradicadas árvores que oferecem riscos aos pedestres ou a imóveis.

O problema é que a reposição nunca ocorre na mesma velocidade com que as árvores são derrubadas. Até o momento,  a Prefeitura ainda não anunciou qual a sua política de arborização da gestão João Campos (PSB) para a cidade. Porque se for igual à da passada, coitado do Recife e mais ainda de sua população que enfrenta desconforto térmico cada vez maior.

Aí está, no vídeo, a ação da motosserra insana:

Leia também:
Parem de derrubar árvores (283)
Parem de derrubar árvores (8)
Parem de derrubar árvores (165)
Parem de derrubar árvores (193)
Mangueira padece: furadeira e veneno
Maldade contra a arvore e contra o cidadão

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife
Vídeo do leitor

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.