Festival de teatro para ver em casa

Pense em um povo amante de teatro e trabalhador. Nem mesmo a pandemia faz essa turma parar. A plateia agradece. Nós, que formamos os espectadores, estamos sem direito a assistir algum espetáculo ao vivo, devido à necessidade de isolamento social. Mas o mundo virtual está aí para nos ajudar a aguentar ficar o tempo todo em casa. E com diversão, melhor ainda. A partir dessa quinta-feira (25/03) começa o Festival Estudantil de Teatro e Dança, que completa a maioridade em 2021. O público será brindado por sete espetáculos, que serão apresentados, no canal do YouTube do evento (https://bit.ly/3qXMu0e).

Portanto, agende-se. Os espetáculos serão em dois finais de semana (25 a 28 de março e 02 a 04 de abril). São cinco peças de Pernambuco e duas participações especiais (uma de São Paulo e outra do Mato Grosso). Entre elas,  O Auto da CompadecidaUbu, o Rei do Gado e Ganga meu Ganga (foto acima). Após todas as apresentações, também haverá um bate-papo com os realizadores e/ou atores de cada espetáculo no Instagram (@feted.pe).  Além das encenações, o Feted também traz duas atividades formativas: um Workshop sobre Iluminação Cênica e um Webinar sobre a História dos festivais estudantis no Brasil. As inscrições estão abertas e possuem vagas limitadas. Porém o acesso às encenações é livre. Basta acessar o link do festival no YouTube.

Famosa personagem de Monteiro Lobato ganha vida no espetáculo “Memórias de Emília”. no Festival.

O Festival Estudantil de Teatro e Dança conta com recursos da Lei Aldir Blanc, através da Fundarpe, Secult, Governo de Pernambuco e Governo Federal. Ao longo dos 18 anos do Festival, seu produtor e idealizador, Pedro Portugal, assumiu a missão de dar oportunidade para novos talentos e também criar novos públicos. De lá pra cá muita gente já passou pelo festival . E teve quem conseguisse se firmar na cena teatral pernambucana, como o Grupo Magiluth, Trupe Ensaia Aqui e Acolá, Grupo Teatral Ariano Suassuna e a Trupe Mulungu Teatro de Bonecos e Atores.

Considerado um clássico das artes cênicas, o Auto da Compadecida também está na programação do Festival.

O jornalista, ator e teatrólogo Leidson Ferraz apresenta, nos dias 27 e 28 de março, das 14h30 às 17h30, o webinar Estudantes no Teatro: conexões históricas da cena nacional à pernambucana, sobre a formação dos primeiros grupos de teatro no país, com visibilidade nacional, compostos por estudantes, a exemplo do Teatro do Estudante do Brasil (TEB), idealizado pelo diplomata Paschoal Carlos Magno (Paschoal, para os que não lembram foi grande incentivador das artes cênicas, inclusive ao Drama da Paixão,espetáculo sacro encenado em Fazenda Nova). Ao final do encontro, os inscritos receberão um certificado de participação.

O workshop Revelando a Luz Cênica  será ministrado pelo diretor e iluminador Eron Villar, no dia 03 de abril, das 14h às 17h, e abordará conceitos básicos da iluminação cênica teatral como luz, textura, movimento, expressão e cor, aplicados à prática teatral. Também serão apresentados os equipamentos mais usuais nos teatros e espaços cênicos. Os eventos serão transmitidos a vivo, através do Google Meet. As inscrições podem ser feitas, de maneira gratuita, até a véspera do início da atividade pelos links https://www.even3.com.br/fetedpalestra/ e https://www.even3.com.br/fetedluzcenica/.

SERVIÇO
O quê: Festival Estudantil de Teatro e Dança
Quando:
25 de março a 04 de abril
Onde: Espetáculos serão exibidos no Youtube: https://bit.ly/3qXMu0e
Inscrição Webinar: https://www.even3.com.br/fetedpalestra/
Inscrição Workshop: https://www.even3.com.br/fetedluzcenica/

Programação
25 a 28 de março
Auto da Compadecida – Grupo Cênicas Cia. de Repertório
Quando: 25/03 (Quinta-feira), Horário: 20h
Ubu, o Rei do Gado – Escola Municipal de Arte João Pernambuco
Quando: 26/03 (Sexta-Feira), Horário: 20h
Webinar: “Estudantes no Teatro: conexões históricas da cena nacional à pernambucana”
Quando: 27 e 28/03 (Sábado e Domingo), Horário: 14h30 às 17h30
Memórias de Emília (Infantil) -Grupo Ená Iomerê, do Colégio Diocesano de Caruaru
Quando: 27/03, Horário: 16h
Vazio – Companhia Retalhos da Memória, de Sorocaba (SP)
Quando: 28/03 (Domingo), Horário: 20h

02 a 04 de abril
Retrato de Família – Grupo Cênicas Cia. de Repertório
Quando: 02/04 (Sexta-Feira), Horário: 20h
Oficina “Revelando a Luz Cênica”
Quando: 03/04 (Sábado), Horário: 14h às 17h
Ganga Meu Ganga, O Rei
Quando: 03/04 (Sábado), Horário: 20h
Migraaaantes ou Tem Gente Demais nessa merda de barco – Fulcro Abstração Grupo de Teatro (IFMT – Campus Alta Floresta)
Quando: 04/04 (Domingo), Horário: 20h

Leia também:
Magiluth: Criatividade em meio à pandemia
Magiluth busca “estratégia de sobrevivência” em meio à pandemia
Casarão Magiluth fecha com shows para reabrir depois
Boa Vista ganha casarão cultural
Rosa dos Ventres no Casarão Magiluth
Brasil, Recife, pandemia e eventos
Sem festa e com cachê garantido
Pandemia tem delivery de palhaços
Clube das Pás: Das festas à pandemia
Pandemia: Socorro para os artesãos e venda virtual
Bia: Remédio contra o confinamento
Sem festa, mas com cachê garantido
Augusto César nas Pás: Vou escalar todo seu corpo
Clube das Pás: festa de dança virtual
Pandemia: As estátuas mascaradas contra o coronavírus nas ruas do Recife
Quartas de dança começa hoje
Cobogó das Artes solta os vampiros em Lua de Sangue

Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.