Centro: As “palafitas” do asfalto

Há umas situações, no Recife, que não há como entender. Como é que se permite “quiosques” como estes, em plena Rua da Palma, no Bairro de Santo Antônio?  Esses barracos, que mais parecem palafitas em pleno asfalto, contribuem apenas para aumentar a decadência do nosso centro. .

Pior, essa situação não é de hoje. O #OxeRecife já a mostrou em 2019, após um passeio com  o Caminhadas Domingueiras, um dos grupos que costumam explorar a pé a história e os “encantos” da  cidade que tem tanta beleza, porém pouco valorizada por sucessivos gestores.  Infelizmente. Esse outro quiosque (Rua Matias de Albuquerque) também foi alvo de crítica, aqui no #OxeRecife, em 2019.

A gente sabe que a sobrevivência de algumas pessoas depende do que vendem nos “imóveis” desse “favelão”. Mas cabe à Prefeitura disciplinar esse tipo de atividade, evitar um comércio tão desordenado no centro e também barrar atentados estéticos como o da foto. Se a moda pega… o que será de vias como as ruas como a Nova e a Imperatriz? Pobre centro, cada dia pior…

Antes  tidas como o comércio sofisticado do centro – nos bairros de Santo Antônio e Boa Vista – ambas se apresentam com um número cada vez menor de lojas em funcionamento. E a situação tende a piorar. São paisagens como essa que vocês estão vendo que afastam as pessoas do centro, cujos atrativos se reduzem a cada dia. Depois, ainda tem quem reclame da concorrência dos shopping centers… Desse jeito, não há comércio de rua de respeito que resista…

Leia também:
Rua da Palma: Quiosque ou barraco?
Sessão Recife Nostalgia:  a Viana Leal
Sessão Recife Nostalgia: Armazéns do Caboclo
Sessão Recife Nostalgia: Os cafés da cidade que imitava Paris
Centro do Recife precisa de “Mais Vida”
Vamos salvar o centro do Recife?
Você está feliz com o Recife?
Art Déco: Miami ou Recife?
Recife leva banho de Salvador no quesito limpeza 
São José e Santo Antônio ganham livro
O ferro na arquitetura do Recife 
Descarte correto de lixo tem manual
Praça Dom Vital em petição de miséria
Praça Dom Vital parece ninho de rato
Bairro de São José: o Haiti não é aqui
Cinema Glória: Art Nouveau e decadência 
Caindo sobrado onde nasceu Nabuco
Cine Glória agora e Lin- Lin
O belo e detonado bairro de São José
Confusas, placas são recuperadas 
Praça colorida na Mário Melo
Praça Tiradentes é exceção da regra
Cadê o gramado da Praça do Arsenal?
Desolação na Praça Osvaldo Cruz
Bagunça no Mercado da Madelena
Praça Maciel Pinheiro pede socorro
Histórica, Praça Maciel Pinheiro vive decadência e abandono
Praça Dezessete está abandonada
Em dois anos, lojas fechadas aumentam 140 por cento na Imperatriz
#RecifeEmergênciaClimática 9 (Imperatriz)
Detonadas as margens do Capibaribe 
Que saudade da Rua Nova

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.